Rock in a Hard Place

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Lego-beatles-abbey-road.jpg Este artigo se trata de um álbum

E já teve milhares de cópias vendidas! (ou não).

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Rock in a Hard Place é o quadrigésimo sétimo álbum do Aerosmith em que o mesmo apostou 1,5 milhão de dólares que ia dar certo e viu que acabou em merda, é marcado por ter sido o único álbum em que Joe Perry não tocou e que depois o cagão do Brad Whitford também saiu da banda, talvez ele estivesse chateado pois nem mesmo quando Perry saísse ele teria destaque.

Bastidores[editar]

Babel fish.gifTraduzindo: "Roquear em um lugar difícil"
Babel Fish sobre Rock in a Hard Place

Basicamente todos estavam em silêncio e quietos com naftalinas nas mãos, todos sabiam que todos os integrantes e a própria equipe estavam pelados, lisos, sem grana e que quem iria pagar o próximo álbum seria Joey Kramer pois ele tinha uma Ferrari e teria que vendê-la para conseguir mais dinheiro, Steven Prometeu que dessa vez não ia gastar em naftalina. mentiu, obviamente.

No meio do álbum, Brad Whitford dá um piti parecido com o que Joe Perry tinha feito no outro álbum, ele estava comendo suas naftalinas quando a misturou com mentos de menta, Brad começou a gritar quando comeu o mentos e dizendo que a naftalina era uma Merda, jogou um cinzeiro na cabeça de Tom Hamilton e saiu pela porta do quarto de hotel gritando.

Foi assim a saída de Brad Whitford da banda. Ele foi participar de uma banda de rock alternativo quando saiu do aerosmith, a banda distribuía mentos de graça.

E ficou só Steven Tyler, Tom Hamilton e Joey Kramer gravando, eles tinham o guitarrista tapado que substituiu Perry para fazer a guitarra, pois o aerosmith sem guitarras não ia dar certo.

Crítica[editar]

A PIOR NOTA que o Aerosmith já recebeu em todo o seu repertório e histórico musical e que fez Tom Hamilton tentar suicidio comendo uma ratoeira, óbvio que foi tanto estresse que Tom acabou adquirindo amnésia e que ainda estava na gravação do primeiro álbum do Aerosmith.

A Rolling Stone, a mesma revista que disse que o álbum Rocks era uma obra prima e que a banda era Picasso, disse que "A banda caga em um balde as músicas, junta tudo, e põe em um ventilador e acerta toda a merda em nós, nota 1 ESTRELAZINHA E MEIA" Outras músicas e críticos que nunca tinham ouvido o álbum seguiram a mesma linha da Rolling Stone.

"A personificação de merda na música", "Pior do que o Atari", "Sinal do apocalipse", "Um motivo para Joey Krammer se suicidar de tanto prejuízo".

Após tantas críticas e gritos do empresário, acabaram amarrando Steven Tyler e o levando para a reabilitação. Joey terminou o álbum sozinho e foi chamar Joe Perry para ver se ele queria voltar.

Músicas[editar]

Como é de se esperar, nenhuma música desse álbum acabou indo para o guitar hero aerosmith por ter levado 1 estrela e meia de qualidade, por Joey Krammer ter perdido a maior quantidade de dinheiro em sua vida. Bem, você pode escutar o álbum pegando uma lista qualquer lugar, não há "hits" nesse álbum.