Síndrome de Roberto Carlos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Dios1.png Importante! A Igreja Universal quer sua atenção!

Deus quer que este artigo seja ampliado.
Aqueles que o fizerem, serão ajudados pelos seus tentáculos. Os que ignorarem, irão para o inferno pra sempre.
Não seja herege e obedeça a verdade única e divina!


Cquote1.png Você quis dizer: Foda-se, já tenho dinheiro Cquote2.png
Google sobre Síndrome de Roberto Carlos
Cquote1.png Experimente também: Tomar vergonha na cara Cquote2.png
Sugestão do Google para Síndrome de Roberto Carlos
Cquote1.png São tantas emoções... Cquote2.png
Roberto Carlos sobre as próprias músicas

A Síndrome de Down Roberto Carlos é uma doença neurológica que afeta o cérebro do indivíduo musicista que perdeu sua criatividade e/ou genialidade precocemente. Conhecida também como doença do músico pé-no-saco, quando detectada cedo pode evitar vários problemas como o bullying e a dilatação anal.

História e manifestação[editar]

Desde o início dos tempos, quando o King Kong ainda era um jovem miquinho, pensava-se que esta praga era por conta de micro-organismos, parasitas ou preguiça. Mas notou-se com o tempo que trata-se de um defeito genético descoberto por teu pai e sua equipe de putas que inclui tua mãe em estudos feitos na Universidade de Caxias do Sul.

Quando o gene recessivo "r" se manifesta por qualquer motivo, o cérebro do charlatão compositor passa a funcionar em um loop infinito, compondo músicas completamente iguais com pequenas mudanças que não fazem diferença nenhuma. Daí o nome Síndrome de Roberto Carlos, pois o mesmo faz todas as músicas exatamente iguais, mudando apenas o nome da mulher, a palavra "amor" por "paixão" e vice e versa.

Sintomas[editar]

Os sintomas começam com uma leve demência e enriquecimento rápido. Também podemos concluir que é possível que aconteça uma repentina necrose na perna do indivíduo que o leve a ter que amputar a mesma. Com o tempo ele passa a fazer músicas parecidas de mais em suas letras, logo depois ele começa a incluir elementos harmônicos e melódicos de uma mesma música em todas as outras e por fim ele faz músicas exatamente iguais com pequenas mudanças que não são nenhuma novidade para ninguém.

Curando a Síndrome de Roberto Carlos[editar]

Dizem que espancar o indivíduo contando-lhe o motivo faz ele parar de compor ou até parar de respirar. por enquanto é a única cura disponível pois o Governo federal Não quis liberar verba para estudar uma cura menos dolorosa.


Síndromes, autismos, retardos mentais e outras frescuras patológicas da humanidade