Turdus

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Sabiá)
Ir para: navegação, pesquisa
Não Sei
Sabiá que não sabe cantar
Sabiá que não sabe cantar
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Acordados
Classe: Voadores
Ordem: Passarinhos
Família: Tudinho-ta-ae
Gênero: Tudors

Cquote1.png Você quis dizer: No canto é melhor Cquote2.png
Google sobre Turdus
Cquote1.png Majestade! Cquote2.png
Roberta Miranda sobre sabiá

Turdus, gênero de passarinhos mais conhecidos como sabiás, melros e tordos, são um tipo de pássaro tipicamente brasileiro, mas não é tão fácil de vê-lo porque perde território para pragas tipo pardais, que os expulsam e voam apenas em bandos. Ele canta muito bem, mas nem sempre é reconhecido e, perde terreno novamente, pra pássaros ordinários que dão uns piados à toa.


Características[editar]

Esse é bonzinho igual aos outros sabiás mas, engana com essa postura de ovos chutados.

Eles tem penas (sério) ?!?!?!?!?! Possuem a plumagem do peito laranjada, mas antes isso do que rosada (ui). Eles podem se assustar com muitas coisas e parar de cantar, mas isso é até sorte deles, porque diminui o perigo já que o querem para cantar.

Não costumam fazer a variaçãos de andar e cagar, que seria cagar voando, mas algum acidente ocorre vez ou outra.

Esses bichinhos cantam e encantam, mas é difícil eles gostarem de gaiolas e emudecem mais do que aluno novo e tímido se forem engaiolados. Ou seja, se quiser conquiste-o aos poucos da forma que ele costuma conquistar com sedução, mas nada de coisa furrie senão ele vai embora.

Não é que ele seja temperamental, mas gosta de seu habitat, não é a fim de briga e é sentimental, mas não chega a chorar igual emo, tanto é que não canta quando triste ou assustado, fica quietinho, e só canta quando está alegre, para conversar com os demais pássaros, ou para se acasalar. Nesse último ítem ele costuma cantar um hino especial de nome científico: querum pererecun cloacun.

É tão poderoso no canto (inclusive em qualquer canto), que até reproduz o som de outros pássaros, e ainda mescla com o dele fazendo melodia.

O sabiá nunca ouviu a sinfonia de pardais cantando pra ele, porque os pardais seuer emitem um som que se pode chamar de canto, e o sabiá nem pensaria em reproduzir, mas os sabiás são é escurraçados pelos pardais assim que são vistos por eles, já que são os mais territorialistas dos pássaros de pequeno porte conhecidos. Os sabiás são na deles, mas isso não impedem de serem atacados.


Sendo carregado[editar]

Fazendo o ninho já preocupado.

Sabiás também são carregados de lá pra cá sem nenhuma responsa, mas não causam tanto desequilíbrio, já que se saírem das malditas gaiolas fora de seu habitat eles não sobrevivem por muito tempo.

Eles são sensíveis mesmo, mas vêm sobrevivendo à invasão de pardais por exemplo, e o laranjeira, que é nome da espécie principal, está aumentando com muita meteção no acasalamento.

Sabiá-coleira é o que se aproxima de ligar menos em ficar preso.

Alguns criadores ajudam na preservação e repovoamento, mas outros o fazem para sobreviver e causa todos aquele problemas que até cança de citar, mas como os sabiás se recusam a sobreviver em ambientes estranhos, parando de cantar ou mesmo morrendo, isso também tem sido sua salvação.

O jogo duro que o sabiá faz o garante, se quiser ouvir o canto especial dele, tem que ir no lar natural dele, e não fazer bobagem, nem capturá-lo. Desta forma, muitos captores ou compradores até acabam desistindo e deixando ele livre para voar por aí, cantar e cagar... mas, não em qualquer lugar, tipo cabeça, como já dito, quando isso acontece, ou é coisa de pardal, ou de pombo.

Os sabiás não são muito de esvoaçar para o território que não seja deles, mas algumas vezes são arrastados, o que gostam menos ainda. No mais eles curtem um voozinho pelas imediações de seu habitat mesmo, sem ir muito lenge e não são migratórios, já que detestam malas...


Parentescos próximos[editar]

Casalzinho de sabiás brigados por ele ter se metido com uma maritaca.

Um dos pássaros mais próximos do sabiá, são os papagaios, ora, isso nem é difícil de entender: os papaguaios falam e são muito, mas muito tagarelas. Para compensar esse pássaro que não canta e, ao invés disso, fica papagaiando o tempo todo sobre qualquer bobagem que escute, incluindo palavrões, tem o priminho sabiá que é o melhor no cantinho...

Outro parente próximo é um de nome matracão, e pode-se imaginar pelo nome que é mais ou menos o mesmo caso do papagaio. Ainda existe a maritaca, que leva altos lero com os outros dois citados.

Esses são dos três mais conhecidos como não sendo sabiás mas, sendo dos mais próximos deles, os outros é apenas especulação popular. Não que os sabiás liguem tanto para isso de família mas sabe como é: existem coisas que não se pode escolher.

Pela nomenclatura o nome é indígena, claro. O fato é que não sei nada de tupi-guarani, portanto não sei o que sabiá quer dizer exatamente, talvez eu descubra e edite aqui, outra hora, cara pálida.

Galeria do Sabiá[editar]

Espécies[editar]