Sacrifice

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Sacrifice é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Lavos destrói o mundo.


Sacrifice, é um jogo pouco conhecido, onde você pode lutar contra vários monstros usando purpurina, explosões, plantas gigantes e até vacas voadoras. Nesse jogo você também pode, se preferir, chamar gente para brigar no seu lugar.

Charnel, brincando com uma boneca vodu.

História[editar]

Esse jogo, conta a história de um emo que estava muito deprimido porque fez muita merda no seu passado e resolve pedir ajuda a 5 deuses malucos, enquanto conta tudo o que fez para Mithras, um velho feio qualquer. Para conseguir vencer seu passado negro (ou cor-de-rosa quem sabe...) ele tem que usar todos os seus poderes para vencer das missões dos deuses. Porém, ele quase não luta; quem luta mesmo, são os monstrinhos que ele chama para brigarem em seu lugar.

Os Deuses[editar]

Existem 5 deuses ao todo. Persephone (ou Rainha Elisabete), James, Statos, Pyro e Charnel.

Persephone[editar]

Persephone é o codinome secreto da Rainha Elisabeth, que entra nesse jogo apenas para fazer propaganda da Inglaterra. Ela te dará poderes de plantas, monstrinhos da floresta, purpurinas que curam e criaturas da natureza se você a escolher. É a principal inimiga de Charnel, e é a única deusa mulher(naturalmente falando. Você irá entnder quando ler sobre Pyro.)

James[editar]

James é o deus minhoca, caipira e cabra macho do jogo. Com ele não tem frescura. Mulher pra ele é prazer e homem pra ele é morto. Ele é o deus da terra e do feijão. Dizem que ele conseguiu seus poderes graças ao seu amigo chuck norris, e desde aquele dia, vem usando sua força pra acabar com os viadinhos; em especial, Pyro, que é seu pior inimigo.

Stratos[editar]

Stratos não existe. É apenas um balão de ar.

Pyro[editar]

Pyro é o deus dos gays, senhor dos viadinhos, e divindade do calor e do suor ( esse aí adora um suor ) É um gay gordo que explora sexualmente, seus empregados. Se você escolher ele, ele te dará muitas coisinhas gays com foguinhos e lampadas que fazem o inimigo suar ( e como diria Pyro: e que suor...) Ele ama James mas quer se vingar dele por ele ser hétero.

Charnel[editar]

Charnel é uma boneca de voodoo africana cor de rosa que adora morte. Tem como hobbie cuidar das unhas para que fiquem grandes e assustadoras. Se você escolher "isso" você ganha demônios voodoo, monstros africanos, bichos das trevas, bichos rosas e bichos meio termo entre trevas e rosa (emo)



A Campanha[editar]

O objetivo da campanha é vencer de Marduk, um diabinho que quer destruir o mundo. Para isso você tem que escolher quais magiquinhas você quer ter e quais monstrinhos você quer poder criar.

Monstrinhos da Persephone[editar]

Os monstrinhos da Persephone, como citados anteriormente são bichinhos verdes e da natureza, como besouros sônicos, dragõezinhos fofinhos, arco íris, e soldadinhos protetores da floresta.

Monstrões do James[editar]

James não faz monstrinho não, que é coisa de boiola. Ele faz monstrão que põe medo até no BOPE. Seus monstros são de pedra. Ele não tem nenhuma frescurinha de foguinho ou gelinho, ele quebra tudo mesmo.

Coisinhas do Stratos[editar]

Porra, tu é chato... Eu já não falei que Stratos não existe, caralho...

Parceiros Sexuais de Pyro[editar]

Pyro só tem trabalhadores homens todos suados, e a sua disposição para fazer tudo que ele quiser. E dizem que ele faz de tudo e explora (no mau sentido) seus homens. Ele também faz foguinhos e maquininhas de fogo.

Macumbas de Charnel[editar]

Charnel tem uma coleção de bonecas voodoo que ele pode te emprestar se você quiser. Desde besourinhos voodoo até demônios e africanos fedidos que jogam moscas e podridão em seus rivais.