Samba

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Jamelão Mangueira.jpg

"QUEM VAI-VAI VER A MANGUEIRA ENTRAR?"
"Quem não gosta de samba, bom sujeito não é: ou é emo, ou funkeiro, ou paulista, ou mané!"

Este artigo é sobre Carnaval. Pode também ser sobre uma escola-torcida, mas se você não é do samba, não vandalize. Seja engraçado e não apenas idiota, ou Sólon Tadeu vai atrás de você!


Cquote1.svg Você quis dizer: Barulho Cquote1.svg
Google sobre Samba
Cquote1.svg Na União Soviética, o samba dança VOCÊ!! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre Samba
Cquote1.svg Dohh!! Cquote2.svg
Homer Simpson sobre Samba
Cquote1.svg Adooooooooro ver a Mangueira entrando! Cquote2.svg
Clodovil Hernandes sobre Samba
Cquote1.svg "Bom te ver!" Cquote2.svg
Eri Johnson sobre Samba
Cquote1.svg Já ralei muito a buceta nessa porra Cquote2.svg
Dercy Gonçalves sobre Samba
Cquote1.svg Pagode é o caralho! Meu negócio é samba, porra!!! Cquote2.svg
Zé Pequeno sobre Samba
Cquote1.svg Why? Cquote2.svg
Exterminador do Futuro sobre Samba
Cquote1.svg Isso é coisa do Capeta, o negócio é METAL!!! Cquote2.svg
Headbanger sobre Samba
Cquote1.svg Eu tenho medo... Cquote2.svg
Regina Duarte sobre Samba
Cquote1.svg Você traiu o movimento Punk véio! Cquote2.svg
Dado Dolabella sobre Samba
Cquote1.svg Isso non deverria eczistir Cquote2.svg
Padre Quevedo sobre Samba
Cquote1.svg Pi pi pi pi pi pi pi pi Cquote2.svg
Chaves do Oito sobre Samba
Cquote1.svg Vagabundos! Vagabundos! Vagabundos! Cquote2.svg
Gilberto Kassab sobre Samba
Cquote1.svg Você está demitido Cquote2.svg
Roberto Justus sobre um empregado, ao saber que ele gosta de samba
Cquote1.svg Santo fedor descontrolado Batman Cquote2.svg
Robin sobre Samba
Cquote1.svg Ela sambava como uma deusa recém chegada do Olimpo. Seus movimentos sensuais acariciavam cada partícula de minha libido, fazendo com que a eclosão de meus desejos mais selvagens fosse inevitável. Cquote2.svg
Nelson Rodrigues sobre Sua mãe sambando
Cquote1.svg Vamos acabar com o samba / Madame não gosta que ninguém sambe Cquote2.svg
Tom Jobim sobre Samba
Cquote1.svg Á-Bê-Cê / Á-Bê-Cê / Toda criança / Vai lê e escrevê Cquote2.svg
Pelé Cantando Samba
Cquote1.svg O samba é a doença e eu sou a cura Cquote2.svg
Marion "Cobra" Cobretti sobre Samba
Cquote1.svg Sambinha ichipérrito, cerrivejia gelada, joguinho do Mengão, mulatona gochitosona rebolano... não quero maigi nada nesse univérrisso! Cquote2.svg
Carioca sobre Samba
Cquote1.svg Aí meu: carinaval bombando na balada, tipo assim, umas três mil e quinhênhítas pessoas é tudo de bom Cquote2.svg
Paulista sobre Samba
Cquote1.svg É uma cilada Bino! Cquote2.svg
Pedro sobre Sambistas que se aproximavam
Cquote1.svg Eu estava buscando minha família no estacionamento, quem ouviu o samba foi uma terceira pessoa!! Cquote2.svg
Alexandre Nardoni, Pai da Isabela sobre Sambistas que se aproximavam
Cquote1.svg -1,-2,-3,... Cquote2.svg
Chuck Norris sobre Sambistas

Presidente da República e Ministros discutem soluções para a crise mundial.

O samba é um ritmo criado nos pagodes chineses por monges fudistas, levado à Finlândia, e de lá trazido ao Brasil, enquanto os nerds criavam um sistema de transmissão de arquivos do Windows para o Linux, depois de ter muita dor de cabeça com o sistema, usaram a dança para aliviar os neurônios.

Foram trazidos por cientistas destes países para implantar um ritmo que só americanos e europeus gostam, através de um sistema de lavagem cerebral. Em outras palavras, o samba é, de fato, produto estrangeiro: a prova disso é que em copas do mundo a seleção brasileira vive a disseminar em suas reuniões em ônibus a já dita lavagem cerebral que sofreram durante todo um século, a de que brasileiro lembra logo samba. Tudo isso esquecendo-se de que neste país existem milhares de ritmos, às vezes muito mais relacionados com a identidade nacional.

A verdadeira história[editar]

O Samba nasceu em meados do século LIX d.CN (59 depois de Chuck Norris) quando um simpático casal proprietário de uma popular estalagem para viajantes nômades na Lapônia Setentrional resolveu implantar um novo método de manutenção da limpeza em seu estabelecimento.

Cquote1.svg Friëngànbärth björk tïmo töwnsën, raspïcürcö gròwsbköph Cquote2.svg
(A gente é pobre mas é limpinho, disse a dona aflita).

Observaram que seus clientes, que chegavam com os pés sujos e enlameados, apenas davam uma "esfregadinha" no capacho que colocaram na porta da estalagem, entrando com os pés ainda todos envoltos em detritos e provocando ataques histéricos na pobre tia surda que limpava o chão.

Turista ao som de um samba contagiante, maravilha-se com a paisagem local.

Então o dono da estalagem teve uma ideia, e disse:

Cquote1.svg Daäshk klëirn vöhrn! Cquote2.svg
(Tive uma ideia!)

Resolveu lançar uma promoção: a cada esfregada que o cliente desse no capacho antes de adentrar o recinto, ganhava um brinde surpresa. Registros precisos mostram que iam de Pirocópteros a Pega-varetas e, por isso, a promoção tornou-se um sucesso imediato.

Foi quando um navio Viking atracou no porto que o samba começou a ser concebido. Ocorreu que o cara que batia o tambor para ditar o ritmo dos remadores resolveu ir até a estalagem para tentar vender a nova bebida que trouxera de sua ultima expedição. Tratava-se de uma bebida incolor, vinda da fermentação da cana-de-açúcar e misturada com uma fruta local extremamente ácida. Com um barril no ombro direito e seu inseparável tambor no esquerdo, caminhou até a estalagem para tentar a sorte.

Ao passar pela janela, a dona da estalagem acertou-o em cheio com uma bela quantidade de fuligem vinda da lareira que estava limpando. Tossindo, o homem limpou os pés e ainda todo coberto de fuligem sentou-se em uma cadeira para verificar se seu tão amado tambor não sofrera qualquer dano.

Graças a Thor, nada de mais grave aconteceu. O tambor estava perfeito.

Cquote1.svg Vind snel èn mäkkelijk adres Thör Cquote2.svg
(Graças a Thor, o tambor está perfeito) disse aliviado.

Carnaval: nem mesmo o presidente Bush resiste aos encantos da mais famosa, luxuosa e espetacular festa do mundo (Ou não).


Foi quando avistou na porta um cliente que acabara de aderir à promoção. Era Bjørnstjerne Jøntex, um de seus remadores. Gritou:

Cquote1.svg Jaarabonnementen zijn slechts voorbehouden Bjørn Cquote2.svg
(apresse-se Bjørn, venha se sentar aqui comigo).
Cquote1.svg Zijn Bokmål, gegevens zullen door ons op juistheid worden phironkkoptein Cquote2.svg
(Espere Bokmål, quero ganhar um pirocóptero).
Cquote1.svg Daarnaast vindt u in alfabetische miterwer lotyirf gtyraster qaq dfgurien ghzartban luityrok fhoszarte wert huityhderta klinlertwrz duterbwerl fuitz lkast newr gwatzerta kzialper triatnow kasfreuw castzermon dawluitkzss ewquatter krall durtewh-juil frawter rubrieken gerangschikt een overzicht van de fabrikadiensten die zij leveren Cquote2.svg
(Tudo bem).

"O carnaval é a festa mais amada por todos os povos do mundo. Todos no planeta sentem muita tristeza por não serem brasileiros". Ban-Ki-Moon, novo Secretário-geral da ONU


Só que o remador começou a demorar demais. Impaciente, o cara do tambor começou a gritar:

Cquote1.svg aanvraag, aanvraag, aanvraag Cquote2.svg
(rápido, rápido, rápido)

...e começou a golpear o tambor em ritmo acelerado. O remador, acostumado a seguir o tal ritmo, começou a esfregar os pés com maior velocidade e dar pequenos pulinhos para aumentar a eficiência. A dona da estalagem não gostou da ideia e jogou fuligem nele também para que ele tossisse e parasse com aquilo.

Lady GaGa na festa mais amada do Brasil!

Entretanto, ao invés de tossir e parar, o remador começou a gritar e dar mais pulinhos, fazendo com que o dono da estalagem fosse obrigado a chamar a segurança. Fazia-o soprando um apito, bem alto. Mas o segurança não ouvia, tamanha era a barulheira que o tambor produzia naquele ambiente.

Todos no local gostaram da ideia e juntaram-se ao remador, repetindo seus movimentos com o objetivo de faturar vários pirocópteros para as crianças de suas aldeias. Aqueles que não conseguiam entrar no ritmo recebiam instruções daqueles que já conseguiram. A dona da estalagem jogou fuligem em todos, mas ninguém se importou. Todos gritavam:

Cquote1.svg alalaan no! alalaan no! alalan no! Cquote2.svg
(velha maluca! velha maluca! velha maluca!)

Crianças e adultos brincam o Carnaval.

Após experimentar a nova bebida, outros tocadores de tambor se juntaram à festa, tocando sempre a mesma batida, no mesmo ritmo. Algumas mulheres começaram a sentir muito calor e tiraram suas roupas. A dona jogou mais fuligem ainda para tentar esconder a nudez delas.Uma delas por causa da bebida começou a ter uma convulsão se sacudindo freneticamente. Que ela permanecia em pé ,ao verem auqela convulsão começaram a imitar seus movimentos bizarros e frenéticos.

Todos dançavam com o dedo indicador para o alto, pois era o gesto local que simbolizava o esquecimento momentâneo aos bons costumes, normas, corrupção na política, religião, enfim, todos os interesses essenciais daquela sociedade. Nasceu de uma só vez o samba, a primeira escola de samba, a primeira bateria, a primeira marchinha, o primeiro carnaval, o primeiro bloco de carnaval e os primeiros foliões.

As portas daquele local foram fechadas a mando do prefeito local, com todos dentro. Foi então ateado fogo no estabelecimento matando todos aqueles que ali estavam.

Cquote1.svg Aemiddeling in bij het zoeken naar leveranciers Cquote2.svg
(Nenhum lugar do mundo merece uma cena dessas), argumentou o sábio prefeito

Entretanto, Jaques Cousteau foi testemunha ocular deste fato e, quando descobriu a Bahia, a primeira coisa que fez foi implementar esta festa justificando que: Cquote1.svg Part des acteurs de la scène jazz actuelle Cquote2.svg
(nesta terra, vale tudo)

Ver também[editar]

Estilos Musicais
Arband.jpg
CHIMBINHATHEMASTER.gif

Arrocha | Axé | Axé sueco | Blues | Bossa Nova | Brega | Brostep | Bubblegum dance | Celtic punk | Country | Crossover thrash | Cumbia | Dance Music | Dark Psy | Deathcore | Deathstep | Disco | Dubstep | Emocore | Emogore | Eurobeat | Eurodance | Fado | Flashback | Forró | Forró russo | Frevo | Funk | Funk carioca | Full On | Glitch Hop | Gospel | Grindcore | Hardbass | Hardcore | Hip hop | House | Indie | Jazz | J-Rock | J-Pop | K-Pop | Kizomba | Kuduro | Lambada | Lambada escandinava | Lo-fi | Mallsoft | Mambo | Mangue Beat | Maracatu | Metal | Música celta | Música de elevador | Música clássica | Música industrial | Música pop | Música pimba | Música psicodélica | Moombahton | MPB | New age | Pagode | Pagode norueguês | Pagode japonês | Punk | Pop punk | Psy | Psytrance | Rap | R&B | Reggae | Reggae finlandês | Reggae nazista | Reggae penitenciário | Riddim Dubstep |Rock | Samba | Salsa | Satanejo | Sertanejo | Sertanejo romântico | Sertanejo universitário | Swingueira | Tango | Techno | Tecnobrega | Trance | Trap | Vaporwave