Samwise Gamgee

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Samwise Gamgee mais conhecido apenas pelo nome de Sam é o ex-amante de Frodo e ex-marido de Rosinha (não a do Chico Bento, por favor...) da trilogia de livros e filmes O Senhor dos Anéis. Ele era conhecido por ser o fiel escudeiro de Frodo, tanto que com o passar do tempo dá até a impressão de quem realmente é o protagonista das trilogia é ele, mas no fim das contas ele não passava de um jardineiro que cu zinhava nas horas vagas e por pura piedade do autor, por não se tratar dos mesmos criadores de Game of Thrones, teve um final tranquilo...

Biografia[editar]

Sam abismado por conseguir ser tão paga-pau de seu patrão Frodo...

A Sociedade do Anal[editar]

O que pessoas normais, como eu e você, provavelmente, sabem a respeito dele é que Sam é filho do Feitor, que pode ser o nome dele, pode ser o título dele, mas é basicamente isso... Já os fãs obcecados pela série sabem quando ele nasceu, como ele nasceu (se foi dupla penetração, anal giratório...), qual a cor favorita dele e mais um monte de baboseira... Mas isso não vem a calhar, mas sim o que realmente há de importante sobre ele, ou seja: nada... Obrigado por ler esse artigo, até a próxima, não esqueça de deixar seu like e compartilhar...

Desde o início em que foi apresentado o personagem o carinha já babava o ovo de seu patrão Frodo, motivo que talvez não tenha sido mostrado por conta da sociedade conservadora da época em que o livro foi escrito... A relação de patrão e servente entre Frodo e Sam era por parte do serviço de jardinagem de Gamgee, e que num belo dia xeretou a vida de seu chefe, descobrindo que ele teria de ir para a puta que pariu queimar o anel. Sentido ciúmes de saber que alguém iria queimar o anel de seu amado sem ser ele, Sam implora para Gandalf em deixa-lo ir com seu chefe em sua jornada periculosa, que aceitou a proposta, talvez porque odiasse o guri e quisesse vê-lo morrer de uma vez...

Já a sua participação na jornada é praticamente inútil no primeiro livro. Desde o começo dela o coitado já era pouco creditado, e quando a Sociedade foi fundada então mal foi lembrado algo de útil para ser feito por parte dele. Foi só nas últimas páginas do livro que o obeso resolve fazer algo de interessante e, enquanto Boromir levava naquele lugar que você está pensando uma ruma de flechas e geral correndo e matando orcs, Sam foge com seu patrão em uma barquinho igual os do Minecraft para Mordor, num quase suicídio...

As Duas Torres Gêmeas[editar]

É no segundo livro que o balofo finalmente ganha destaque, pois desta forma ele está enfim sozinho e com mais intimidade com seu patrão/amante Frodo (sim, eles serão taxados de amantes até o final deste artigo). Mas quando isso de fato acontece as coisas vão de mal a pior para os dois. Primeiro que eles se perdem no pântano por pura burrice, segundo encontram a peste do Gollum, trazendo a ira de Sam, e por fim quando finalmente chegam em Mordor, após uma longa enrolação típica de Tolkien e que as missões de Skyrim jamais conseguiriam chegar a tal nível, uma puta duma aranha gigante ataca os dois ao mesmo tempo que Gollum pira da cabeça e vai pra cima de Sam, tornando o leso do Frodo uma vítima perfeita, e é atacado, já que somente Sam parece ter cérebro entre os dois.

Desse modo, numa das cenas mais mentirosas e impossíveis, após quase que matar a aranha Laracna, Sam inicia sua jornada como cavaleiro em busca do corpo atordoado de Frodo graças ao veneno da aranha, e também graças a demência de Sam, desmentindo o que foi dito a respeito de que somente Sam era inteligente entre os dois, pois o leso largou o corpo do parça no meio da caverna por achar que ele estava morto, mas no caso não estava e, para piorar a situação, foi levado por um bando de orcs para sabe-se lá onde...

O Retorno do Gay[editar]

No terceiro capítulo da novela das sete: U Véi Dus Anais, Sam aparece pela primeira vez correndo uma Corrida Naruto em busca de Frodo, que é encontrado, após muitas perseguições, correrias e brigas, pelado e com seus pertences furtados pelas gangues do Rio de Janeiro... Por um tempo parecia que Sam iria se tornar o fodão e destruir aquela porra de anel sozinho, mas no caso ele acaba devolvendo para seu dono, que já estava viciado de tanto cheirar pó de anel e começava a sofrer de crises de abstinência...

Depois de se juntar ao seu patrão, a mesmice de sempre volta a atacar, e elementos começam a se repetir um quadrilhão de vezes, então tudo será descrito rapidamente para seu cérebro não explodir: Sam reclama da falta de comida, Sam reclama da falta d'água, Sam queixa de seus pés doerem, Sam foge de orcs com Frodo nas costas, Sam sobe a montanha da perdição, Sam leva uma pedrada na fuça de Gollum, Sam reacorda numa cama ao lado de Gandalf e Frodo (suspeitas foram levantadas...), Sam voltada depois de um milênio para o Condado fodido por Saruman, Sam luta bravamente e expulsa o velho de lá, que é morto antes disso acontecer...

Depois de toda essa jornada cansativa, nada melhor do que Sam descansar por um bom tempo, e é isso o que acontece... Sam casa-se com Rosinha Villa, uma hobbit de tão secundária, talvez seja até mesmo quaternária de tão desconhecida, nem tem como fazer piada com ela, como é o proposito dessa enciclopédia... Depois que seu amado Frodo parte para a casa da desgraça com seu vovô Bilbo entre outros aloprados, Sam torna-se prefeito do Condado infinitas vezes que sua longevidade "hobbitiana" lhe permite, até perde a paciência desse encargo e foge de uma vez por todas até os Portos Cinzentos, onde Frodo o deixou para se juntar a ele também, mas o autor não deixa claro se isso alguma vez aconteceu...

Ver Também[editar]


v d e h
Universo Tolkieniano
LOTR.png