Santa Quitéria (Ceará)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Santa Quitéria é um município da Bahia do Ceará, considerado um bairro distante de Sobral e que ninguém se importa.

História[editar]

Santa Quitéria, nada de mais, como é de se esperar.

A cidade surgiu em algum momento do século XVIII, basicamente quando alguns desocupados sobralenses foram expulsos da cidade e enviados para o meio do nada onde seriam obrigados a plantar pitangas.

O lugar foi fundado oficialmente no ano de 1856, originalmente com uma área bem maior, até que outras fazendas decidiram tornar-se municípios próprios, por mais que isso não fizesse sentido, diminuindo gradativamente o território de Santa Quitéria.

Economia[editar]

A principal fonte de renda da cidade é a bolsa esmola que o governo oferece, além de a meia-dúzia de funcionários públicos que passam o dia coçando o saco e são praticamente os magnatas da cidade.

População[editar]

Com mais de 40.000 habitantes, a cidade é basicamente um lugar de gente fofoqueira e também de pirangueiro retardado.

Educação[editar]

Estamos falando de uma cidade com um dos pioes índices escolares do Brasil, e o principal motivo disso é porque os alunos das escolas da cidade são mais conhecidos por tacar pedras em veículos automobilísticos não pertencentes a eles, tentar fazer um parquinho de madeira andar, atacar os coleguinhas com um estilete (fazendo esse item ser proibido depois de uma vítima precisar levar mais de 6 pontos no dedo), tentar fazer um piercing com grampeador, cometer atos sexuais em geral dentro de sala de aula, e várias outras loucuras que você só descobre estudando lá.

Lazer[editar]

Se você for na praça da matriz, em qualquer hora, QUALQUER HORA MESMO, encontrará uma cambada de doido correndo e dando voltas sem parar, embora em outras localidades é possível achar pessoas usando bicicletas e pedalando, principalmente na estrada do presídio, mas a principal fonte de lazer do quiteriense é o hábito de ficar a toa fazendo nada.

Parte da população jovem, estamos falando de praticamente todo e qualquer jovem - se você é de Santa Quitéria já fez isso - se reúnem como um bando de baderneiros na praça da matriz só pra ficar de vadiagem. Outros lugares também são ocupados sempre que há algum evento, qualquer lugar mesmo, o lugar enche mais que estação de ônibus em ponto de pico, e lá, os jovens tocam seu principal instrumento, O TERROR, meeeeu amigo, essa molecada junta acaba fazendo tudo que não presta, menos perder o BV.