Serginho Orgastic

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Nandando Moura.jpg Este artigo pode te levar para o lado rosa da Força!

E fez aulas de sapateado quando era criança.

Não o leia, exceto se você for macho, mulher ou está pintando as unhas de glitter.

Hitler curtindo um som do Fresno. Serginho Orgastic é emo.

Se você não respeitá-lo(a), um deles chamará o Adolfinho para lhe transformar em purpurina.

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Serginho? Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Serginho Orgastic
Cquote1.svg Você quis dizer: Aloka? Cquote2.svg
Google sobre Serginho Orgastic
Cquote1.svg Já comi. Cquote2.svg
Alexandre Frota sobre Serginho.
Cquote1.svg Nós também. Cquote2.svg
Cadu, Michel e Eliéser sobre citação acima.
Cquote1.svg Adogo ele. Cquote2.svg
Dicésar sobre Serginho.
Cquote1.svg Já mostrei meu peitinho pra ele. Cquote2.svg
Anamara sobre Serginho.
Cquote1.svg Olha no meu olho! O-LHA-NO-MEU-O-LHO!! Cquote2.svg
Lia sobre Serginho.
Cquote1.svg Nunca fomos apresentados. Cquote2.svg
Moda sobre Serginho.
Cquote1.svg Ele tenta ser eu, mas não consegue! Cquote2.svg
Jeffree Star sobre Serginho.

Sérgio Francine Francischini ou para os íntimos Serginho é um boiola funkeiro pegador e falso machão, por isso ele foi um dos favoritos ao prêmio de 1 milhão e meio em barras de ouro que valem mais do que dinheiro... até a entrada de Dourado.

História[editar]

Serginho sendo comido pelo Cadu.

Nascido onde ninguém se importa, Serginho sempre teve uma vida difícil, pois era considerado diferente do restante das crianças. Pudera, mesmo na tenra idade de 4 anos, ele já aparentava ser o resultado de uma cruza entre Clodovil, Marilyn Manson e o Cramunhão.

Caindo de boca no Eliéser.

Já adolescente, ele chegou a ser flagrado pela futura Garota do blog chupando a rola de seus coleguinhas, o que levou a sua expulso do colégio em que estudava.

Após um vida dura, tomando vinho da bunda e levando surra de pau mole pela cabeça, ele conseguiu chegar a vida adulta. Em uma noite, numa boate, ele foi flagrado novamente pela garota do blog num banheiro trepando com um cara. O resultado foi que a máfia chinesa atropelou o Serginho do Rio Grande do Sul e ele foi morar em São Paulo. Lá, ele conheceu muitos miguxos novos e até foi se encontrar com seu miguxo favorito do Orkut, que morava na favela. Ele recebeu dois tiros no nariz e pra azar sobreviveu!

Aos poucos, ele foi reconhecido por seu cuzinho talento e ficou famoso no mundo todo [carece de fontes]. Depois de dar para o Boninho, foi escolhido pra entrar na não tão bosta décima edição do BBB e foi um dos favoritos a ganhar o prêmio, pois emos e gays aumentam o ibope.

Na casa[editar]

Seus principais miguxos na casa foram Lia, com quem olhava nos olhos, Tessália, que também era rival na disputa pelo bilau falante de Michel, e Morango, que por um momento o fez virar homem de volta. Seus miguxos secundários foram os namoradinhos Cadu, Eliéser, Dicésar e Michel, os quais ele adorava ser comido.

Vivia sempre em cima do muro (provavelmente sentado) e nunca tinha opinião própria. Apesar de ser puto, era aliado de Dourado e tinha o respeito do mesmo, pelo menos depois da aparição bizarra de Ben 10 no programa. Ele também passava grande tempo do dia em frente ao espelho fazendo chapinha e se maquiando para arrasar com os bofes da casa.

Depois do BBB[editar]

Serginho mandando ver (ou não).

Se tivesse ganhado o programa, ele:

  • Abriria uma boate gay e convidaria todos os seu miguxos da casa;
  • Casaria-se com Dourado;
  • Abriria um salão de beleza só para ele;
  • Faria uma cirurgia de mudança de sexo;
  • Trabalharia com a Xuxa;
  • Se tornaria um integrante do Nx Zero.

Mas como perdeu, apenas saiu na G Magazine, teve o cu arrombado por Alexandre Frota em um filme e trabalhou como VJ na MTV, o que é o mesmo que ser esquecido pelo público pra sempre.

Depois do pseudo-sucesso, irritou-se quando seus coleguinhas do novo BBB o chamaram de viadinho emo.

Ver também[editar]