Sergio Pérez

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sergio Pérez quando tinha oito anos.

Cquote1.png FILHO DA PUTA! Cquote2.png
Esteban Ocon sobre Sergio Pérez
Sergio Pérez (26 de Janeiro de 1990) é um pseudo-piloto mexicano de Fórmula 1 que, apesar de já estar correndo na categoria desde o começo do ano de 2011, tudo mundo só conheceu nos últimos anos. Isso porque ele nunca conseguia sair do meio do bolo de figurantes que ficam fazendos cagadas lá na zona intermediária em seu início de carreira

História[editar]

Sergio Pérez é conhecido por conta de sus manobras arrojadas.

Sergio Pérez foi parido no ano de 1990, em um pequeno distrito do México, denominado Vila do Chaves. Como a Televisa e o SBT investem fortemente nessa localidade, quando criança, Sergio Pérez ganhava tudo o que queria, sendo que a única coisa que ele tinha que fazer era se entrar no meio dos figurantes que vão comer no Restaurante da Dona Florinda.

Com um bom dinheiro no banco, Sergio Pérez, que era apaixonado por corridas, resolveu comprar um kart, apenas para se divertir na rua. Porém, Sergio Pérez não contava com o poder das estatísticas, e, logo no primeiro teste, acabou sendo atropelado por um caminhão. Isso poderia acabar com a carreira de qualquer um, porém, como Sergio Pérez possui uma massa corporal bastante elevada, ele praticamente não sentiu o impacto, e, em poucos dias, já estava 100% recuperado e pronto para continuar brincando com karts.

Como gostava muito de brincar disso, Sergio Pérez pensou: Por quê eu não posso unir a diversão com o trabalho, e ser um piloto do automobilismo? Com esse pensamento, Sergio Pérez foi procurar por alguma equipe para competir em corridas internacionais. Como tem doido pra tudo nesse mundo, uma equipe desconhecida aceitou contratar Sergio Pérez, desde que ele não quebrasse o kart caríssimo nas corridas. Obviamente, essa era uma missão quase impossível, visto que Sergio Pérez corria pra caralho e sempre arrebentava os seus carros nos obstáculos, como pneus. Porém, como queria muito competir, Sergio Pérez aceitou a proposta.

Como não podia quebrar o kart ou ia pra rua, Sergio Pérez começou a correr extremamente devagar, em uma velocidade incrivelmente medíocre. Obviamente, ele nunca vencia, porém, pelo menos o carro sempre atravessava a linha de chegada, o que já era um bom começo. Por conta desses "belos" desempenhos, Sergio Pérez recebeu uma proposta para correr em algumas categorias que ninguém se importa muito. Como essas categorias são muitas, nem iremos citá-las no artigo. A única coisa que podemos dizer é que, em 2011, ele finalmente conseguiu arrumar uma montadora doida para financiar as suas barbeiragens. Essa montadora é a Sauber.

Na Fórmula 1[editar]

Pilotando a cadeira elétrica da Sauber, Sergio Pérez nunca conseguiu bons resultados em sua carreira. Apesar disso, ele sempre aparecia na televisão... Quando era retardatário, e precisava abrir caminho para os carros da Red Bull Racing passarem. Depois disso foi substituir Hamilton na McLaren, onde ficou provado que o problema não era o carro e sim ele mesmo.

Em algumas corridas, Sergio Pérez também tem o péssimo hábito de ferrar com o próprio carro da maneira mais escrota possível, como por exemplo, quebrando a suspensão ao tentar pegar um atalho pelos caminhos de terra.

Atualmente, está se ferrando na Force India, onde mesmo com um carro que lhe permite ter resultados razoáveis ele continua fazendo cagadas e fudendo a sua e a vida de seu companheiro de equipe [Lance Stroll]], que frequentemente sofre por causa de más decisões que a equipe toma em favor de seu parceiro mexicano, que claramente tem menos talento (ou não).

v d e h
Pilotos da Fórmula 1