Serrana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mazzaropi02.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!


Cquote1.png Você quis dizer: Bairro de Ribeirão Preto Cquote2.png
Google sobre Serrana

Serrana é região administrativa especial de um município ao lado (o qual nem preciso citar o nome pois todos já sabem). A mesmo se destaca pela presença de serras, serras e mais algumas serras e por algumas moradias improvisadas mais ali na beirada.

Cidade ou bairro?[editar]

Vista área da região mais desenvolvida e industrializada de Serrana. A estradinha de terra é a Rodovia Abrão Assed que a liga com Ribeirão Preto

A "cidade" é conhecida no mundo todo por ser a única cidade no mundo aonde os habitantes não se importam com o fato de serem conhecidos como simplesmente um bairro de uma metrópole (aham, sei) imensa. Portanto, podemos até incluir aqui:

Cquote1.png Você quis dizer: Bairro de Ribeirão Preto Cquote2.png
Google sobre Serrana

E ninguém ira se ofender com isso. Na verdade, os habitantes de Serrana, em especial os habitantes da classe baixa (ou seja, 100% dos habitantes), estão tentando utilizar de tal desculpa para pressionar a prefeitura de Ribeirão e a prefeitura de Serrana (isso existe?) a criarem um coletivo de Ribeirão a Serrana ao mesmo preço dos circulares internos de Ribeirão Preto.

Pesquisa do Instituto Nacional de Pesquisas da Escola Publica Local[editar]

Um pesquisa recente aponta que 97% dos habitantes são a favor da inclusão de Serrana como bairro/distrito de Ribeirão e que 102% nem sabiam que Serrana era independe de tal cidade, além de 43% que nem conheciam o nome da própria cidade.

Lembramos que essa pesquisa gerou esse número superior a 100% porque foi feita por uma escola de 4ª série, a única escola presente na cidade, e isso porque obviamente a cidade não conta com o apoio de nenhum instituto de pesquisa sério ou nem mesmo um mais rale como o Datafoda-se.

População[editar]

Serrana conta com uma população de 38.878 habitantes, sendo que 30.250 são ex reclusos de instituições penais, foi fundada em 01/01/1949 e Em Serrana, existem mais homens do que mulheres. Sendo a população composta de 49.88% de mulheres (promiscuas em maior parte) e 50.12% de homens (traficantes e usuarios em sua maioria).Em Serrana, existem mais Analfabetos. Sendo poucos Alfabetizados e por fim o PIB per capita 20.315,85 reais.

Educação[editar]

Na verdade, os habitantes de Serrana nem sabem ler... Com uma educação de qualidade (Analfa de pai e betos de mãe!), Serrana não poderia ser uma cidade de ponta (só se for do cigarro do capeta) pois conta com uma estrutura tão abalada que no maximo conseguiria ser uma favela de Ribeirão Preto!

Turismo[editar]

A cidade conta com um turismo muito forte sendo que 100% dos turistas (em pesquisa realizada pelo mesmo instituto) se dizem moradores da cidade. Essas pessoas, que obviamente trabalham 16 horas por dia na grande metrópole vizinha, não entendem o significado da palavra morador, não entendem que morador é aquele que passa a maior parte do tempo na supracitada cidade.

Pensam que "morador" significa "amor à dor" e associam a sua triste e dolorosa vida de nômades que ficam mudando de cidade todo dia.

Todo esse turismo gera uma receita de R$0,00 ao ano já que a cidade não possui comércios, apenas cabanas e redes improvisadas para pousada.

A cidade conta com os mais variados tipos de atrativos para quem vem conhecer, desde uma praça inacabada a mais diversas bocas de fumo. Faz parte dessa hospitaleira cidade politicos e policiais corruptos, bandidos e pessoas que trabalham em usina.

Mas não se espante se notar que o lugar parece como outro qualquer, pois a maioria dos comércio é uma distribuidora de drogas de faixada.

O grande comercio de entorpecentes e a taxa de promiscuidade é o maior atrativo para o turismo local, onde em meio a grande favela que é Serrana podemos ver livremente jovens e idosos apreciando os mais refinados produtos toxicos produzidos por mãos humanas!