Shadow of the Tomb Raider

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Shadow of the Tomb Raider é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, o Pac-Man come mais alguns fantasmas.


Xana da Tomb Raider
Shadow of the Tomb Raider cover.png

Capa do jogo

Informações
Desenvolvedor Peido Interativo
Cristal Dinâmico
Publicador Quadrado Eunuco
Ano 2018
Gênero Simulador de luta pelos direitos feministas; Simulador de depredação de patrimônio histórico; Simulador de alpinismo
Plataformas PC, PlayStation 4, Xbox One
Avaliação 7/10
Idade para jogar Livre (sem tantos gemidos femininos insinuantes)

Cquote1.png Nada de bunda e nem peitos Cquote2.png
Jogador frustrado de Shadow of the Tomb Raider que não viu Lara Croft sendo sexualizada em nenhum momento do jogo

Shadow of the Tomb Raider é um jogo de simulador de depredação de patrimônio histórico lançado em 2018, desenvolvido pela Peido Interativo e distribuído pela Quadrado Eunuco. É o terceiro jogo do segundo reboot de Tomb Raider que conta a história de uma Lara Croft menos Panicat, e mais sensível e ligeiramente mais feminista e menos objetificada.

É claro que, como sendo um jogo de 2018, não deixou de aderir à moda de sua época e não bastou o preço extorsivo do jogo, também criaram uma Season Pass para dar acesso a uma dezena de DLCs para enganar os trouxas com fases adicionais e nenhuma possibilidade de vestir a Lara Croft em biqúinis.

Jogabilidade[editar]

Sem sex appeal, Shadow of the Raider foca sua jogabilidade apenas em depredação de patrimônio histórico.

O jogo é um excelente simulador de depredação de patrimônio histórico com leves elementos de simulador de alpinismo, portanto você consegue controlar Lara Croft e guiá-la para escalar muros, escalar paredes, escalar casas, escalar beiradas de precipícios, para então ter acesso a ruínas seculares que guardam itens de valor histórico incalculáveis, para que então sejam todos completamente vandalizados. É possível atear fogo nesse patrimônio histórico, fuzilá-lo, explodi-lo com granadas e também usar uma picareta multiuso para indiscriminadamente destruir murais.

Além de destruir objetos de valor histórico incalculável, há ainda alguns objetivos secundários recorrentes na aventura de Lara Croft, como precisar matar indiscriminadamente o maior número de animais ameaçados de extinção, incluindo dendrobates, onça-pintada, lhamas, lobos-guará e quantos outros animais raros cruzarem sua frente. Também é possível visitar vilarejo peruanos pobres e saquear seus moradores roubando suas pequenas relíquias.

Para atingir esses grandes objetivos, muitas vezes Lara enfrentará fiscais do Ibama, agentes da UNESCO, arqueólogos renomados e todo o tipo de gente de boa índole, precisando massacrar seus oponentes da maneira mais violenta possível. Nesses combates Lara pode agir de duas formas, ou usar uma abordagem mais stealth em se sujar de lama, esconder-se em moitas e matar de faquinha por trás, ou encarnar o espírito do Rambo e simplesmente metralhar todo mundo.

Enredo[editar]

Acapulco[editar]

Lara já nem esconde mais a alegria em maltratar os agentes da UNESCO e fiscais do Ibama.

O jogo começa com Lara Croft tirando umas merecidas férias na cidade mexicana de Acapulco. Como se trata do México, claro que todos ali comemoravam o dia dos Mortos, porque parece que essa é a única coisa que os mexicanos sabem fazer. Tudo muda quando ela avista alguns agentes da UNESCO, que ainda continuam usando o apelido de "Trindade", e Lara logo percebe que deve haver um sítio arqueológico nas redondezas para ela destruir. É claro que a primeira coisa que Lara Croft faz é entrar numa caverna repletas de tesouros históricos maias, roubar uma adaga cerimonial e criar um tsunami. Sorte que os agentes da UNESCO a capturam e levam a adaga para um lugar mais apropriado, um museu.

Selva peruana[editar]

Enquanto no primeiro jogo Lara estava num acidente de navio e no segundo jogo um acidente de carro, agora Lara caiu de avião, nos dando a dica de que nunca é seguro viajar junto dessa mulher. Lara estava em busca do lendário Acre, país que acredita ser lar dos maias, mas como ela pegou um voo da Lamia, seu avião acabou caindo por falta de combustível no meio da floresta amazônica. Uma vez no meio da selva, Lara não se intimida, ela começa a fazer o que sabe fazer de melhor e começa uma verdadeira caçada por animais raros ameaçados de extinção, assassinando-o todos de maneira cruel e sanguinário, com tiros de flecha na cabeça de todos.

Kuwaq Yaku[editar]

Eventualmente Lara Croft chega à Kuwaq Yaku, nome que os nativos dão à lendária capital do "Acre". A cidade é retratada com incrível realismo e você se sente realmente se aventurando no Acre ao chegar nessa parte. Palafitas, pessoas mal vestidas, pessoas mal educadas, ausência de saneamento básico, corrupção, ataques de onças, muito lixo, ruínas por toda parte e a possibilidade de saquear livremente. Por lá, Lara Croft conhece Abby, uma lésbica, porque no Brasil isso é o que mais tem, só que ela não tem a menor relevância para a história.

Paititi[editar]

Claro que ao visitar uma loja no meio da selva do Acre, você vai encontrar uma velha que vende uma submetralhadora israelense Uzi.

Aproveitando que estava mesmo no Acre, Lara Croft decide que vai tentar caçar o famoso Tiranossauro Rex, embora tenha se frustrado e não encontrado nenhum, o que a levou pensar que talvez essa história difundida pelo senso comum de que existem dinossauros no Acre seja apenas uma lenda. Ela acaba encontrando é um grande sambódromo chamado no local de "Paititi", uma cidade em que todos se vestem feito sambistas e estão sempre em suas fantasias de carnaval. Lara Croft acaba ficando amiga de uma Rainha da Bateria chamada Unuratu, considerada a melhor sambista da região, o problema é que no meio da escola de samba há um impostor chamado Pedro Dominguez, que é fã de Black Sabbath, Iron Maiden, Sepultura e outros conjuntos igualmente superestimados, e cego por um ódio de carnaval, planeja destruir todos forrozeiros, axezeiros, funkeiros, sambistas e pagodeiros do mundo (ou seja, dizimar o Brasil inteiro) e agora Lara Croft precisa impedir esse maluco, e só conseguirá isso se encontrar um lendário Dreamcast 2 que nunca foi lançado.

Missões de San Juan[editar]

No final do jogo, Lara aceita ter seu rim removido pela chefe do tráfico de órgãos local.

Na busca por esta Caixa Mágica, Lara Croft visita o vilarejo de Boca do Acre, que se encontra completamente dizimada devido à gestão do prefeito anterior. Lara visita uma igreja local e com sua picareta põe abaixo todos seus muros e profana uma antiga tumba sagrada onde põe a prova suas aulas de catequese. Mas Pedro Dominguez rouba a Caixa dela e agora Lara precisa recuperar o lendário artefato.

Para conseguir superar o exército de metaleiros comandado por Dominguez, incluindo também todas bandas de glam rock, Lara Croft faz uma aliança improvável com um monte de funkeiros ao aliar-se com a traficante de órgãos local, então ela começa a subir o morro da Rocinha com seus novos aliados e matando qualquer metaleiro que encontra pela frente até chegar para enfrentar o último chefão que se revela ser na verdade o David Bowie comandando o grupo Twisted Sister, mas esses vilões todos morrem nesse final. Lara Croft, vitoriosa, entende que terá seu rim removido pela líder do tráfico de órgãos, como forma de agradecer a sua ajuda, e assim o jogo acaba.

Personagens[editar]

  • Lara Croft - Ainda a protagonista, de garota sensível e frágil em Tomb Raider (2013) para uma destemida assassina e vândala neste terceiro jogo do reboot. Decidida, Lara está numa jornada incansável em destruir o máximo de patrimônio histórico possível, em matar o máximo de animais ilvestres possível e em saquear o máximo de relíquias de pobres acreanos possível, e ela vai matar a tiros qualquer arqueólogo, fiscal do Ibama, ou agente da UNESCO que se atrever a ficar em sua frente.
  • Jonah Maiava - Um pobre coitado, porque continua sendo o escravoceta particular da Lara sem absolutamente nenhuma perspectiva de sair da friendzone. Até conheceu uma tomboy chamada Abby, visivelmente uma lésbica, por isso nem essa ele conseguiu pegar.
v d e h
Tomb Raider logo.png