Shin Megami Tensei: Digital Devil Saga 2

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Shin Megami Tensei: Digital Devil Saga 2 é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Midna dá mais uma dica para Link.


Shin Megami Tensei: Digital Devil Saga 2
DDS2cover.jpg

jogo apropriado para toda a família

Informações
Desenvolvedor Atlus
Publicador Atlus
Ano 2005
Gênero RPG, viagem cyber-punk na maionese
Plataformas PlayStation 2
Avaliação The Number of The Beast
Idade para jogar Você já viu Claymore? Ou Berserk? Tá, você pode jogar

Cquote1.png Como eu me refiro à essa "coisa"? Cquote2.png
qualquer um sobre Seraph
Cquote1.png Some things are just to be felted, and not to be comprehended. Cquote2.png
Gale mandando pro saco o seu antigo bordão robótico
Cquote1.png Ja! Cquote2.png
Cielo no final de qualquer frase (é, certas coisas não mudam...)
Cquote1.png Piranho vendido! Cquote2.png
Serph, se pudesse falar, sobre a traição de Heat
Cquote1.png Experimente também: Artigo Lisérgico Cquote2.png
Sugestão do Google para Shin Megami Tensei: Digital Devil Saga 2

Shin Megami Tensei: Digital Devil Saga 2 é o segundo e último jogo da série Digital Devil Saga.Ele confunde mais ainda esclarece os acontecimentos e outras babaquices do seu antecessor, como por exemplo, por que a Sera parece sofrer de retardo mental, ou por que aquele gato esquisito aparece do nada em várias custscenes.

Enredo[editar]

Gale puto da vida ao perceber que o Serph nunca vai parar de ser um inútil e que ele terá de ser o líder de novo

Depois de embarcarem no tal portal misterioso da Karma Tower, no final do jogo anterior, Serph e cia. acabam indo parar num lugar mais deserto e árido que o Saara, com pessoas transformadas em estátuas, e um Sol medonho no céu. Eles acabam conhecendo depois um conjunto de favelas subterrâneas, onde conhecem um pirralho muito viado e mais tarde, um maluco que afirma saber o que eles realmente são. Depois de 587686 minutos de cutscenes complicadas e monótonas, quase a lá Xenosaga, vocês decidem invadir um prédio na Karma City pra procurar a Sera. Depois de um tempão procurando, adivinha, ela não está lá, e ainda por cima Heat aparece dizendo que quer mais que você vá pra puta que pariu e começa uma luta de apenas meia hora. Depois o infiliz corre com o rabo entre as pernas e você é obrigado a recomeçar sua busca se aventurando em mais uma dungeon repetitiva e longa típica de MegaTen. Mais tarde você acha a Sera, mas logo depois Heat aparece DE NOVO, e você se "sacrifica" pra mandá-lo num buraco,e...ah , o resto você vê na seção abaixo.

Personagens[editar]

Jogáveis[editar]

  • Sera: dessa vez a protagonista, e jogável depois de um certo ponto, ela na verdade, é a criadora de Junkyard e seus habitantes.Ela era uma pobre garotinha autista que tinha a capacidade de criar seres digitais em um mundo paralelo. Era aprisionada em um laboratório da Karma City, onde o Serph de verdade a usava cruelmente em experimentos, como obrigá-la a ouvir horas seguidas de músicas da Xuxa ao contrário, e ver vídeos do Teletubbies. Mas Sera não sabia de nada disso

, e achava que Serph era o seu príncipe encantado. Até que um dia, ela o vê fazendo carnificina com o seu colega de trabalho Heat (Serph tinha inveja de sua franja FóFfiXxX e impecável), e ainda dando uma risada maligna. Com isso, ela desperta a fúria do Deus-Sol-Çáiber-Digital-Todo-Poderoso e o paraíso que ela tinha criado para suas versões alternativas dos funcionários daquele laboratório se transformou em África Haiti Junkyard, e tiveram que passar a usarem uniformes apertados e incômodos. Depois do incidente, Sera acaba reencarnando como um vírus pornô criado por sua mãe Angel, que cai em Junkyard.

Roland e sua preciosa garrafinha de rum...ou sejá lá o que for
  • Roland: membro de uma gangue rebelde, ficou traumatizado depois que o líder da mesma morreu, e ainda deixou um guri viadinho pra ser cuidado. Então, Roland começou a ficar viciado em cheiramento de...gatinhos não que isso já tá batido gambás e beber, cair e levantar tomando dez garrafas de rum e vodka por dia. Isso até você encontrá-lo desmaiado perto duma lata de lixo, depois de horas de cutscenes intermináveis e exploração num esgoto sem-graça, ele resolve implantar o atma vírus (o que transforma eles em demônios, ô cretino!) em si mesmo e se juntar a sua party. Mas continua um inútil, porque só dá miss durante as batalhas (e até com magia!).


  • Serph: assim como no jogo anterior, continua sendo um mudinho-da-silva sem graça, sem personalidade e bláblábláblá. Após cair no buraco junto com Heat, este vira monstro, Serph fica preso na barriga dele e (!?) aparece um gato falante (!?!?) que dá corda pra mais de 10 minutos de cutscenes viagem na maionese. Com isso, Serph descobre que no passado foi um cientista sádico, e...mesmo assim continua mudo,sem graça e blábláblá até...sofrer uma fusão com Sera e virar uma hermafrodita maluca (não, não estou falando da Lady Gaga).
  • Heat: mais revoltado do que nunca, ele vai para o lado negro da força e decide fazer parceria com uma velha maluca pra tentar catar a Sera. Resultado: além de morrer de forma patética (no colo do Serph delirando e falando viadagem), não conseguiu pegar a Sera.
  • Gale: era um cientista na vida passada, se chamava David e tinha um caso com a Angel. E continua fazendo o papel de líder no lugar do Serph.
  • Cielo: mais viado do que nunca, chega a aparecer quase dançando no kibe do Gale. É o único personagem jogável cujos detalhes da vida passada não é revelada.
  • Argilla: já era uma inútil e chorona antes mesmo de virar uma personagem criada pela Sera. Trabalhava como faxineira, ou enfermeira ou... ah tanto faz.
Rakshasa dançando um axé ao som de É O Tchan enquanto acaba com você!
  • Seraph: resultado da fuuuuusão!HA! entre Serph e Sera. Como o Serph já era mais mulher que a Sera (!?), notar que ele/a é hermafrodita é quase tão difícil quanto fazer o mesmo na Angel.

Não-jogáveis[editar]

  • Fred: garotinho gay, chato e inútil, só serve pra ficar carregando o corpo de um personagem ou outro ( ou melhor, Sera) que desmaia durante as viagens. É também filho do Lupa, mas quem liga?
  • Jenna Angel: a louca que inventou o Atma Vírus e o vírus pornô que se parece com a filha dela (quando ela cai em Junkyard), enfim ela morre nessa segunda parte. Na verdade, TODO MUNDO morre, mas tanto faz, esse jogo nem faz sentido mesmo.


  • Margot Cuvier: além de ser responsável por levar Heat para o Lado Negro da Força, ela pretendia infectar todos com o Atma Vírus, e hipnotizá-los com o canto à lá Miley Cirus angelical de Sera. Ela morre depois (O RLY?).
O cavalo de Fred Krueger e ele lá tinha cavalo? atrás de Serph


Jogabilidade[editar]

Não mudou lá muita coisa do anterior, com a exceção de você poder equipar uns anéis (ui!) meia-boca nos seus personagens, e as dungeons estão mais repetitivas e eternas do que nunca, já que nem as músicas de fundo (uns dance merreca que parece ter saído de boate falida) ajudam lá muito.

a prima da Rukia usando jaleco Não se engane pela expressão afeminada e gentil, esse cara é um sádico!!

Final[editar]

Depois de muita confusão que até De... ah você já sabe, todo mundo morre e acabam indo parar no Sol-Çáiber-Digital-Todo-Poderoso, em uma cena patética onde todo mundo fica de mãos dadas, viram abiguenhos DO NADA e começam a cantar a musiquinha do Barney. Serph e Sera ficam tão emocionados com tanta camaradagem que se fundem em um só e viram Lady GaGa Seraph. Com isso, Seraph e cia. vão rumo ao núcleo do Sol-Çáiber-Digital-Todo-Poderoso para enfrentar o Deus-Sol-Çáiber-Digital-Todo-Poderoso. Depois de um discurso todo clichê do tipo "mas a humanidade ainda tem esperança, temos certeza disso!" e etc. você vence o jogo sem esforço algum ( a menos que você não saiba jogar, né?), tudo isso pra ver um final que faz tanto sentido quanto um comercial japonês de privada (é sério, lá eles levam a caganeira muito a sério...)

Perguntas cretinas que não querem calar[editar]

  • Afinal porque, ao reencarnarem no final do jogo, os personagens estão usando exatamente as MESMAS ROUPAS de quando eram de Junkyard?
  • Se o Roland é pinguço, porque ele não tem a cara vermelha nem fica soltando pérolas como bebê,caíi e levantá ou vou matarrr marr de mil?
  • Por que a Sera é tão retardada?
  • Se o Nirvana (não a banda, cretino!) é como aquela joça que apareceu no final, eu nem quero saber...
  • ah, isso nem foi uma pergunta...
  • Já notaram o ângulo que dão nas pernas da Argilla quando ela vai atirar com o rifle?
  • Sério, POR QUE A SERA É TÃO LESADA!?
  • O Heat é tão lindo *-* quem foi a biba/fangirl dos infernos que escreveu essa porra?
  • Ah é, e o Hito-Shura não aparece nesse jogo, embora role boatos de que se você jogar por 666 horas seguidas, ele sai da TV pra roubar sua alma...

Cquote1.png além de curtir games toscos e desconhecidos, é chapado... Cquote2.png
leitor perdendo tempo com essa bosta sobre autor do artigo

Cquote1.png Pior ainda, é uma chapada! Cquote2.png
alguém tentando desmascarar a identidade do autora