Sona

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Música sutra.jpg Faça uma escala de Si menor, por favor...

Este artigo é relacionado à Teoria Musical. Não se assuste com a marcante presença de appoggiaturas ou trinados ao ler este artigo. Mas não esqueça que o Sol é sustenido.

Cquote1.png Você quis dizer: Miku Hatsune? Cquote2.png
Google sobre Sona
Cquote1.png .... Cquote2.png
Sona sobre sua história de vida
Cquote1.png ..... Cquote2.png
Sona sobre esse artigo

SonaSquare.png

Sona, a Mestra das Cordas é uma otaku que toca um teclado de brinquedo da Xuxa para poder se comunicar com os amigos e parentes próximos, e também pra deixar os outros com dor de ouvido. É uma personagem de League of Legends, e pode ser jogada como suporte na rota inferior e mago na rota do meio. Muitos que jogam com ela só jogam por causa de seus peitos, porque é tão fraca que morre com três tapas. Isso, claro, se você conseguir alcançá-la sem perder metade da vida antes. Suas habilidades são como melodias, cada uma de uma corzinha diferente que você percebe pelas auras (que muitos ad carriers não sabem aproveitar). Ela é cega e muda, mas aprendeu a se comunicar por telepatia com seu invocador. Suas falas são coisas relacionadas a teoria musical que você provavelmente não entende (nem eu).

Sona descansando na floresta.

História[editar]

Sona fazendo música com o seu varal gigante. Se você for um punheteiro (que eu sei que é), com certeza você não percebeu porque estava com os olhos fixos em outra coisa.

Sona não se lembra de seus pais verdadeiros. Quando bebê, foi encontrada abandonada na porta de uma casa, aninhada em um cestinho com um instrumento estranho e muito antigo que mais parecia um varal. Já crescida, foi uma criança exemplar, sempre quieta (claro, ela é muda!) e obediente. Porém, teve uma hora em que seus cuidadores decidiram que não queriam mais ficar com ela, pois ela pegava seu varalzão e tocava umas melodias estranhas que estranhamente deixavam o ambiente colorido.

Não era nada bom para a reputação de uma família ter uma criança viciada em LSD em casa, mas o que eles não sabiam era que essas melodias estranhas que deixavam tudo coloridinho eram a forma que Sona tinha de se comunicar, já que era muda. Podia reproduzir qualquer som, desde o rugido dos dinossauros até os orgasmos da sua mãe. Só que seus cuidadores eram completos imbecis e venderam o instrumento, mas ele sempre acabava voltando para sua casa ou ressurgia do nada.

Até que uma mulher chamada Lesada Cuvelho Lestara Buvelle a adotou e pagou muito caro pelo instrumento dela. Depois de um tempo, Sona descobriu o seu dom de falar qualquer merda que quisesse e emitir qualquer som da Terra graças àquele dito varal, chamado de etwahl (que significa varal em um idioma que ninguém conhece). Então, ela começou a se dedicar mais, estudar a personalidade humana, os sentimentos e como tudo funcionava. As notas que escrevia tocavam o coração e o cu de quem as ouvia; Sona logo era capaz de manipular as emoções humanas como quem brincava de Deus. Foi então para League of Legends tocar suas musiquinhas, e desde então é conhecida por ser uma das campeãs de magia mais chatinhas que tem por lá, mesmo sendo bem fraquinha.

Jogabilidade[editar]

É isso o que você queria ver, não é?

É o famoso aperta qualquer botão e deixa rolar. Suas habilidades não possuem um alvo específico (com exceção da ultimate), geralmente afetando um ou dois adversários, minions ou ela e seu aliado, no caso da cura e da velocidade de movimento. Ela só não fica spammando porque gasta bastante mana.

Você pode jogar com ela na rota inferior, como suporte, ou na rota do meio, como mago. Alguns jogadores de ad carrier não gostam muito de uma Sona como suporte porque ela sempre acaba roubando kills "sem querer" graças ao fato de não haver como ela escolher um alvo. Você pode pokear seu adversário (ou seja, ficar dando hits nele) para irritá-lo e obrigá-lo a jogar recuado.

Habilidades[editar]

Tecla Habilidade Imagem Sobre
Passiva Power Chord
Sona Passive Charged.png
Após conjurar três habilidades, Sona decide botar pra foder geral e seu próximo ataque normal ganha um efeito especial de acordo com a última habilidade conjurada: Hino do Valor (staccato) - causa hemorragia nos ouvidos do adversário, dando 40% de dano a mais; Ária da Perseverança (diminuendo) - faz o inimigo brochar, por consequência provocando redução de dano por alguns segundos; Canção da Celeridade (tempo) - toca alguma música do Dream Theater ou do Opeth (bem lentas e demoradas), por consequência provocando redução de velocidade de movimento no adversário.
Q Hino do Valor
SonaQ.png
Sona fica irritada e começa a cobrar direitos autorais de suas músicas, tocando uma nota tão aguda que machuca o tímpano dos coitados.
W Ária da Perseverança
SonaW.png
Sona admite que tem um companheiro noob que não sabe jogar recuado e o cura numa quantidade considerável de vida, além de conceder um escudinho temporário. A melodia é graciosa e suave, trazendo paz a quem a escuta, e por isso é verde.
E Canção da Celeridade
SonaE.png
Sona toca uma música que deixa os aliados mais agitadinhos, concedendo-lhes velocidade de movimento temporária. Ótima habilidade para ser usada quando ela e seus companheiros de equipe precisam correr para caralho.
R Crescendo
SonaR.png
Habilidade ultimate. Sona lança um feitiço que faz o aliado crescer, jogando todo mundo para cima e... ah, essa é a habilidade de outra personagem, desculpe. Sona toca uma melodia super alegre que faz todo mundo dançar enquanto estão paralisados (é isso mesmo, por mais sem sentido que isso possa ter parecido para você).

Dicas (jogando com)[editar]

  • Para os ad carriers: Pelo amor de Jesus Negão, porra, saiba aproveitar a aura do Q da Sona! Caso você não saiba, seus ataques ganham dano adicional por um tempinho;
  • Caso for fazer Sona ap, é uma ótima ideia fazer o item Perdição de Lich, já que seus ataques ganham dano adicional após cada habilidade somando com o dano da passiva;
  • Sona suporte? Só perambular em volta do ad carrier curando com W e irritando os adversários com Q. É quase inevitável roubar uma kill ou alguns minions, então tome cuidado (mesmo assim você vai acabar fazendo isso em algum momento. Prepare-se para ser xingado até a quinta geração);
  • Sona é muito frágil, apanhando até para a Janna. Sempre jogue recuado, de preferência praticamente colado em seu ad carrier;
  • Ao contrário do que pensam, Sona é bem útil nas team fights. Você pode lançar sua ultimate e usar Q, além de curar seus aliados e conceder velocidade de movimento para vocês levarem as torres (embora os noobs não façam isso) e usar algum efeito da habilidade passiva.

Dicas (jogando contra)[editar]

  • A melodia do Q da Sona não atinge inimigos escondidos, então aproveite-se das moitas;
  • Não se jogue no meio de uma team fight, e NUNCA, repito, NUNCA force um tower dive se ela estiver com a ultimate e você estiver sozinho;
  • O momento certo para atacar Sona e/ou seu ad carrier é quando ela está com pouca mana, o que acontece facilmente, já que ela gasta bastante;
  • Uma boa campeã para se jogar contra Sona é a Caitlyn, graças ao seu alcance enorme que permite escapar de suas habilidades.