Sophia (Claymore)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Remy.jpg Este artigo se trata de uma Hentai Girl

Ela é gostosa, mas nón ecziste. Ela participa de algum desenho, jogo ou quadrinhos e usa uma calcinha de fio de nylon.


Sophia
Cquote1.pngMuscular SophiaCquote2.png
Sophia claymore.jpg
Sophia pensando na morte da cabra
Informações inúteis
Classificação Claymore, Dígito único
Ranking Claymore Ex- nº 4
Técnicas Sangue no zóio
Parceiros Noel, às vezes
Status Atual Morta faz tempo
Símbolo Sophiarank.png

Cquote1.png Você quis dizer: Sophitia Cquote2.png
Google sobre Sophia (Claymore)
Cquote1.png Experimente também: Teresa de cabelo curto Cquote2.png
Sugestão do Google para Sophia (Claymore)
Cquote1.png Vai a merda! Cquote2.png
Noel sobre Sophia.
Cquote1.png Por que vocês duas não se casam, na Holanda dá. Cquote2.png
Irene sobre a relação de Noel e Sophia.
Cquote1.png Noob. Cquote2.png
Teresa sobre Sophia e quem viesse enfrentá-la.

Sophia é mais uma loirinha da confraria das claymores, mulheres loiras, independentes e que se bravas literalmente viram um demônio daqueles de fazer você borrar as calças. Sophia é uma das claymores da velha geração, das que já foram para o saco, sendo ela mais precisamente mandada para o outro lado durante a rebelião da adoravelmente psicótica Priscilla.

O início[editar]

Resultado para a pesquisa de imagens da Sophia criança.

Os dados da infância de Sophia são tão obscuros quanto a água do seu esgoto, mas creio que, definitivamente, não fedam tanto, Sophia não nasceu loira, tal como a maioria das Claymores, visto que elas possuem um mínimo de inteligência, excluindo-se a Cynthia que é uma loira das mais genuínas, se bem que a Galatea nunca me enganou... Retornando, Sophia não nasceu loira, mas sim com uma cor de cabelo que lhe permitisse o desenvolvimento cerebral.

Nascido em alguma das casas espalhadas pela ilha-cenário da trama a garota sempre foi o terror da vizinhança, apesar do jeitinho meigo, quando ela não conseguia um favor pedindo ela o fazia exigindo com força bruta, uma verdadeira Mônica versão mangá seinen yuri. A garota teve uma infância tranquila, batendo nos moleques e ajudando sua mãe nos afazeres domésticos como toda boa mocinha.

Não é a Sophia, mas é loira, tem um espadão e o nome começa com Sophi, além de não fazer mal nenhum a imagem dela aí.

Numa bela noite, ou quem sabe dia, talvez memsmo numa tarde, a família da garota fora dizimada por um cruel bando de youmas, já que essa é a história de todas as Claymores, todas elas tiveram sua vida destruídas por um youma do mal e acabam assim se juntando a organização que controla a tudo e a todos no anime/mangá de nome homônimo às guerreiras e à bendita espada que elas empunham, as claymores, faquinhas de 1 metro e meio, do seu tamanho caro baixinho leitor.

Após ter a família dizimada e uma loira aparecer e mandar todos os youmas irem apertar a mão de São Pedro a garota ficou sem escolhas e acabou tendo de aceitar a proposta de sua salvadora, acompanhá-la até a sede da organização onde viraria uma espécie de Frankenstein e, durante o caminho, tendo de abrir as pernas no período noturno, como tudo ocorre em um mundo medieval o sentido de pedofilia não estava bem formado, além de ser uma produção japonesa, onde lolicon é sempre bem-vindo.

Sophia no único close que tem na história toda.

Na academia[editar]

Os tempos de estudo para se tornar Claymore de Sophia foram bem complicados, nada simples como é visto em School Rumble, School Days ou na infame Academia Youkai, Sophia teve de ralar muito, ou senão teria de fazer trabalhos forçados para os velhos da organização, isso quando ela não era pega por suas coleguinhas mais velhas, visto que o treinamento de uma Claymore é associado a dor e a representação, frase da própria protagonista.

Sophia teve uma transformação complicada, quando lhe enxertaram os tais pedaços youmas, procedimento o qual toda Claymore é submetida seu corpo não se expandiu, mas aumentou consideravelmente a força, tornando-a uma Juggernaut de saias e sem músculos, alguns dizem que ela é a Andróide 18 após chutar aquele carequinha. Mas teorias assim a parte Sophia ficou tão forte quanto a Tsunade, mas sem crescer lateralmente tanto.

Sophia se formou com méritos, todos se assustavam com sua força, devidamente usada nas Claymores mais jovens para descontar o que ela passara, visto que o centro de formação das Claymores seria um ótimo cenário para aquelas séries americanas de presos tentando aparentar realismo, mas que acaba descambando no sensacionalismo. Ao sair de lá um mundo novo esperava a gélida garota.

Sophia e sua rival, o Yondaime Hokage.

Missões e afins[editar]

Sophia, em sua vida como Claymore, teve diversas aventuras, enfrentou os perigos, lutou contra o mal, como qualquer protagonista dos genéricos animes shounen que passam no Animax. Sophia, entretanto, nunca foi tão boazinha quanto esses personagens, pois ela sempre metia a mão na massa, no caso, fincava a espada no bucho dos outros da forma mais sumária e primitiva que sua feminilidade permitisse.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Sophia corta pilares como se fosse salame.
Sophia, Irene e Noel de quatro após apanharem da Teresa.

Nessas missões ela foi mostrando toda sua destreza, no caso nenhuma, pois Sophia apesar do rostinho bonito, dos modos impecáveis e de sua sempre calma e contida voz, a garota era uma verdadeira monstra, um brucutu de saias, tanto que recebera o carinhoso apelido de "Muscular Sophia", apelido que sua namorada o partiria em três se você a chamasse assim, convém lembrar que se você chamá-la dessa forma ela provavelmente é capaz de parti-lo em três mesmo.

Em suas vivazes missões Sophia conheceu muita gente, garotas, caras, são paulinos e uma Claymore em especial, uma que a fazia ter vontade de quebrar a cara do primeiro que cruzasse seu caminho, ela se chamava papai Noel. Essa claymore conseguia ser o oposto da doce Sophia, era masculina, respondona, mal-educada e sua técnica de batalha era extremamente suave, acrobacias medidas e todo um jeito tranquilo em batalha, em completa antagonia com os doces modos de Sophia e sua força bruta assustadora.

Sophia pasma pelo fato da Noel estar sorrindo com um traumatismo craniano.

As duas começaram uma relação de rivalidade, só que algo menos sexual que a relação entre Naruto e Sasuke ou que Goku e Vegeta. As duas passaram a se odiar e constantemente ambas se encontravam, para piorar a situação Noel era a número 4, inconformada por estar abaixo de Sophia, a, então, número 3 da organização, as duas se digladiavam pelo número 3 na organização, chegando a um nível de competição extremamente chato, sendo algo um pouco mais voraz do que o que o sentimento entre o Ash e o Gary.

Kill Bill Teresa[editar]

Teresa botando a Sophia e a trupe dela no chão.

A única missão em que é mostrada a Sophia é o assassinato da Teresa, a Claymore que matou um bando de vandalizadores, dos mais desprezíveis, daqueles que gostam de deletar os artigos da Desciclopédia e de esconder o controle remoto, deixando qualquer santa alma extremamente irada. No início dessa missão a Sophia e a Noel quase se pegam, não no sentido yuri da coisa, as duas iam arrancar a cabeça uma da outra, mas a Irene apareceu na hora dando uma de fodona e acabando com a briga além de trazer a notícia de que as duas acabaram de ser rebaixadas e elas agora teriam de brigar pelo 4º lugar, apresentando, em seguida, a super kawaii Priscilla.

Resultado da caçada, um demônio foderoso e assassino.

A missão das 4 é apresentada, arrancar a cabeça, da forma que for necessária, da mais forte claymore viva, a Teresa do Sorriso Aparente, uma missão, no mínimo, ingrata, visto que a Teresa fazia farofa de qualquer claymore que aparecesse. Mas ordens são ordens, e as mulheres rumaram para a batalha, ou seja, para a porrada certa.

Ao encontrarem a Teresa, começou a luta, 4 contra 1, mesmo com a Priscilla preferindo ir para o mano a mano e sendo simplesmente destroçada, as 4 no final da primeira batalha acabaram sendo sumariamente vencidas, sem dificuldade alguma e a Irene teve e engolir o próprio orgulho junto com muito sangue, mas como para uma Claymore as ordens da organização são absolutas, ao menos naquela época, visto que a Ophelia e a Miria estão se danando para os velhos babões da organização, definitivamente não se fazem mais claymores como no tempo da Teresa...

No segundo "fight" a Sophia e suas colegas de trabalho voltam a ir atrás da cabeça da Teresa, no entanto dessa vez a Priscilla perde a cabeça e o pouco juízo que tinha e acaba partindo com tudo que era possível para cima da Teresa, mesmo com as outras claymores dizendo para ela maneirar na transformação, resultado: Priscilla desperta, vira um youma estranho, mas fodão, mata a Teresa e a organização acaba arranjando um problema maior ainda que a revoltosa loirinha. Ao final da transformação a Priscilla manda tanto Sophia quanto Noel para o saco com uma facilidade incrível e, ainda, deixa a Irene em estado de semi-morte, está aí uma dura na queda.

Curiosidades sem utilidade[editar]

  • Sophia é loira, sarada e mesmo assim é chamada de gorila.
  • Muscular Sophia só é um apelido, entre as claymores, melhor que Irene da espada expressa, expresso é só café, né?
    • A história de Irene expressa é parte da péssima tradução da Panini, sendo o real Flash Sword Irene
  • A Teresa ficaria igualzinha se cortasse o cabelo mais curtinho.
  • A relação entre ela e a Noel é turbulenta, mas no natal a amiga dela, ainda, lhe traz presentes.
  • Sophia é filha da Tsunade, visto a força descomunal.

Ver também[editar]

ReaperlogoDare.gif Sophia (Claymore) já morreu!

Foi dormir com os peixes...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno