SoulCalibur VI

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg SoulCalibur VI é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Mima tenta derrotar a sacerdotisa do templo em Touhou 2


Excalibur 6
SoulCalibur VI cover.jpg

Capa da versão comemorativa para PlayStation 4

Informações
Desenvolvedor Estúdio Banda no Manco
Publicador Banda no Manco Entretenimento
Ano 2018
Gênero Brigas de foice; Hentai casual; Vestir bonecas
Plataformas PolyStation 4; XBOX 720º
Avaliação 8/10
Idade para jogar Adultos (contém putaria, pedofilia, biquínis socados no cu)

Soul Calibur VI é um jogo de simulação de Kama Sutra, desenvolvido pela Banda no Manco e lançado para todas plataformas que permitem jogos hentai, no qual o jogador pode criar o personagem que quiser, regulando altura, peso, porte físico, tamanho dos seios, tamanho do pênis, tamanho do pé, roupas, para então ir se assanhar com algum outro personagem em duelos de um contra um.

Após o fracasso de SoulCalibur V em 2012 a Bandai Namco decidiu esquecer sua série por alguns anos e fingir que ela nem existia, para deixar aquela grande decepção cair no esquecimento. Quando foi 2018 eles apenas pegaram SoulCalibur II, o jogo da franquia mais adorado pelos fanboys, reciclaram os gráficos, fizeram um multiplayer online e lançaram o jogo na maior cara de pau, e até que deu relativamente certo essa tática.

O jogo até não foi 100% online como o anterior, mas não evitou escapar da modinha do seu momento e lançou uma Season Pass cretina que consistia em 4 personagens (3 conhecidos da franquia) que poderiam estar tranquilamente na versão original do jogo, mas que estavam ali disponibilizados apenas com a condição de que se gastasse uma módica fortuna a mais.

Jogabilidade[editar]

O objetivo no jogo é apenas um, e muito claro. Saciar a luxúria de seu personagem.

Soul Calibur VI é um excelente e bem sucedido jogo de simulação de Kama Sutra (o que resulta em bons hentais) que celebra a liberdade sexual não apenas permitindo embates entre homem contra mulher, mas também entre mulher com mulher, homem com homem, homem com lagarto, mulher com zumbi, zumbi com zumbi, estátua com mulher, estátua com lagarto, lagarto com boneco de posto, boneco de posto com zumbi e várias outras combinações, abrangendo todas as vertentes imagináveis do LGBTQFTYTYRW+2.

Neste jogo cada combatente tem direito a empunhar um determinado tipo de brinquedo sexual, pode variar entre um dildo gigantes como o do Kilik, chicotes eróticos como da Ivy ou picolés de framboesa gigante como o do Nightmare. Há as vezes a falsa sensação de que esses personagens carregam espadas, mas ninguém sangra ou é decepado, então é bem óbvio que todos aqueles aparatos não passam de brinquedos eróticos. O objetivo é sodomizar o amiguinho até sua barrinha de resistência ao tesão acabar e assim o inimigo ter um orgasmo violento, simbolizado por um ecoante gemido (fetiche japonês conhecido como ryona, ou sadomasoquismo no ocidente).

Há várias formas de sodomizar o adversário e táticas para executar essas manobras. O básico ainda está lá, golpes verticais, horizontais e bicudas. Mas também é possível executar encoxadas, fatality e até um duelo de pedra, papel e tesoura.

Libra of Souls[editar]

Enredo a parte da história principal da série que consiste numa adaptação de uma fanfic qualquer que segue a história de um personagem aleatório qualquer criado do zero pelo jogador. Neste modo o protagonista segue uma aventura pela Rota da Seda, que liga Goa à Helsinki, passando por lugares históricos como Samarcanda, Iraque, Mongólia, Istambul, Atenas e tantos outros, numa aventura em que um platô no deserto do Saara é 100% idêntico a um platô nas estepes mongóis. Como a história é chata pra caralho e o sistema de karma é mais básica que uma solução alcalina, não espere aprender nada do século XVI nessa trama.

A única maior curiosidade é que você pode contratar um carroceiro burro para te levar para destinos fora da rota, e ele sempre viajará em linha reta, o que significa atravessar muitas vezes o Himalaias, Saara, Urais, Oceano Índico, tudo em linha reta.

Modo história[editar]

No modo história conhecemos a realidade do mundo como era em séculos passados, por isso personagens como George Washington estão presentes.

A história do jogo segue a trajetória de Kilik, um homem mestre na arte de usar bambu que acabou matando sua namoradinha durante uma de suas crises de TPM e agora vive eternamente amargurado por perder a sua única foda. Kilik então encontra Maxi e se apaixona por aquele topete e passa a viajar junto com o macho, acreditando que passar meses no mar rodeado apenas por machos o faria esquecer de sua namoradinha falecida. Ambos estão numa viagem para encontrar a Espada Putaqueparivelmente Grande com um Olho no Meio que acreditam ser o maior dildo de todos os tempos, e é claro que nessa viagem ambos vão encontrar muitas outras pessoas interessadas nesse artefato lendário, e precisarão derrotar todos. Mas então Kilik conhece Xianghua, a irmã mais nova da ex-namorada, momento em que Kilik cai numa zona que é mais difícil de sair do que da singularidade de um buraco negro, a friendzone, de onde nem a luz escapa. Por isso não vai acontecer nem um beijinho, desista. No final Nightmare é derrotado e tem seu picolé gigante roubado.

Além do enredo principal, cada um dos 20 personagens da série tem sua história resumida em 5 ou 7 capítulos de luta. Cada uma das histórias roteirizadas por uma criança de 13 anos diferente, contratadas a baixo custo pela Bandai Namco.

Arcade[editar]

Existe ainda aquele modo básico e amplamente ignorado por todos onde enfrentamos 8 oponentes aleatórios. Apesar de nem existir fliperama mais pra justificar esse modo, ele ainda está lá.

Criação de personagens[editar]

Se você quiser, até seu esqueleto pode ser gay. O jogo proporciona toda uma liberdade sexual.

Sem dúvidas o modo responsável por fazer esse jogo que merecia uma nota 2/10 ficar com uma média de nota 8/10 nos sites especializados de análise. A principal reclamação dos fãs decepcionados com SoulCalibur V era o excesso de roupas e acessórios de customização, então nesta sequência a Bandai Namco cortou pela metade a variação de roupas e cores, forçando os jogadores a conseguirem criar apenas personagens ou extremamente ridículos ou extremamente genéricos ou extremamente hiper-sexualizados. As possibilidades não são de criar apenas homens e mulheres, mas também travestis, demônios, robôs, estátuas, orcs, elfos e coelhinhas da playboy.

Com um modo de criação que possibilita o jogador e reproduzir todos personagens da Nintendo e de toda cultura pop, a Namco também se poupou de precisar trazer muitos personagens e deixou só os clássicos e sem nem um novo além do antipático Grøh.

Multiplayer online[editar]

Com a condição de ambos jogadores terem um 5G, não há lags e os combates podem ser travados confortavelmente entre dois jogadores online. Nos demais casos, a quantidade avassaladora de lags fará qualquer um chorar de ódio.

Como em 2018/19 os jogadores online estavam jogando apenas PUBG, Fortnite, The Division 2, LoL ou Overwatch, as salas de Soul Calibur VI estão sempre desertas e você vai enfrentar sempre apenas as 3 ou 4 mesmas pessoas de novo e de novo.

Personagens[editar]

Cada personagem agora tem sua própria história. Donkey Kong por exemplo quer encontrar Lizardman que roubou suas bananas.
  • Astaroth - Corpo ressuscitado do Léo Stronda pelos seguidores da Deusa Afrodite, um monte de pederasta que tinham o sonho de serem enrabados por um macho musculoso e potente. O problema é que Stronda usava bomba e não tinha capacidade de dar conta do recado, tanto que precisou tomar um Viagra para postar uma foto de seu pau duro na Internet para tentar desmentir a fama de broxa. A única coisa que o anaboliznate fez por ele foi deformar o seu corpo e transformá-lo num monstro, que sob o nome de Astaroth foi servir Nightmare, que muito zoeiro escalou Astaroth para fazer dupla justo com a Ivy, a mais vadia de todas, justamente por saber que Astaroth não daria conta do recado.
  • Azwel - Vilão genérico, só um velho assexuado que está em busca do maior dildo do mundo para ver se finalmente consegue gozar. Fica fazendo planos vilanescos genéricos e usa como arma um par de manoplas que faz aparecer armas aleatórias.
  • Cervantes - Pirata morto-vivo que só quer saber de matar os outros. O motivo de ter ficado maluco assim se explica pelo fato de sua filha ter se tornado uma vadia que se veste como prostituta barata, então no começo ele matava candidatos a genro, até ir pegando o gosto e matando qualquer um que surgisse pela frente, até porque ele tinha duas espadas mágicas do capeta. Acabou morto numa emboscada quando foi num puteiro em Atenas e quis ir embora sem pagar, não sabia ele que as duas principais vadias do cabaré, Sophitia e Taki, eram boas de briga e reduziriam Cervantes à cinzas. Quando Nightmare surge, todavia, Cervantes é ressuscitado e descobre que agora tipificaram o feminicídio no código penal, e para se vingar disso promete que vai matar todas mulheres do mundo.
  • Geralt de Rivia - Personagem convidado, advindo de Witcher 3, a notícia de sua vinda para o jogo deixou fãs do mundo inteiro em polvorosa expectativa, mas sua presença foi largamente decepcionante, porque não há a opção de xavecar nenhuma das personagens do jogo usando ele, muito menos transar com qualquer uma delas. Sua função no jogo é matar otakus.
  • Grøh - O único personagem 100% novo trazido por SoulCalibur VI, uma grande decepção por não ser alguma mulher gostosa, mas apenas um Z.W.E.I. recilcado. Ele é o líder da Organização Aval, um grupo de praticantes assíduos de bukkake, por isso todos usam uma proteção para os olhos.
  • Inferno - Aquele vilão final que é só um capeta pegando fogo e nem para ter movimentos próprios, é só um Ctrl+C/Ctrl+V dos movimentos do Nightmare.
  • Ivy - Vendedora de lingeries que percebe que seu negócio está indo mal e então precisa tomar uma drástica atitude para se sustentar: Prostituir-se. Devido à sua personalidade, porém, ela acaba tornando-se uma exemplar dominatrix, sendo paga para chicotear e dominar homens submissos. Amaldiçoa essa vida infeliz por ter tido um pai ausente e decide partir em busca dele, o pirata Cervantes, mas quando chega no puteiro onde ele foi morto, as duas putas que vivam lá já tinham matado ele, então Ivy decide começar a trabalhar com um estilista de moda chamado Nightmare.
  • Kilik - Órfão criado no Templo Ling-Sheng Su, é especialista em estar na friendzone. Sua primeira friendzone foi com uma tal de Xianglian com quem sonhava enfiar seu bastão, mas no final precisou matar a louca que estava com crise de abstinência sexual. Não bastasse essa péssima experiência no passado, ficou na friendzone também de Xianghua, a irmã mais nova. Isso prova que essa coisa existe em todo lugar do mundo.
  • Maxi - Pirata que de pirata não tem nada, mais parece integrante de banda falida de k-pop, comanda um navio que tem só uma pessoa de tripulante, e fica perambulando com esse navio por lugares aleatórios do mundo caçando confusão.
  • Mitsurugi - Samurai bombado que tomou uns tiros e agora está obcecado em tornar-se um espadachim melhor, o bastante para pelo menos conseguir repelir tiros. Com um objetivo idiota desses em mente, não a toa todos os demais personagens o ridicularizam completamente. De protagonista da série, foi transformado apenas num bobão.
  • Nightmare - Grande vilão, é a forma deformada de Siegfried após a depressão. Agora sabemos que Siegfried, deprimido, foi para o meio de uma fogueira determinado a passar o resto de seus dias apenas batendo punheta. Sua frustração advinha do fato dele ser o denominado "incel" (celibatário involuntário), porque apesar de bonitão, era um tremendo de um babaca esquisito, então em determinado momento, após meses de punheta, abraçou o capeta dentro de si e transformou-se em Nightmare, o detentor da Espada Putaqueparivelmente Grande com um Olho no Meio.
  • Raphael - Viadinho que já estava sem esperanças pela vida, jogou truco apostando o toba quando perdeu, e ao invés de honrar a aposta fugiu desesperadamente pelos becos de Paris. Estava quase sendo capturado quando uma garotinha mendiga, fofa e ruiva apontou aos perseguidores de Raphael a direção oposta, salvando o homem sem nem conhecê-lo. A vida de Raphael mudou desde então, pois agora seu lado materno aflorou e ele adotou Amy como filha, obrigando-a a tratá-lo como mãe, mesmo apesar da garotinha não passar de uma psicopata.
  • Seong Mi-na - Percebe-se pelo ícone da tela de escolha dos personagens que ela está altamente drogada, pois na China de sua época o ópio era um consumível liberado para recreação. Apesar de ser gostosa, é uma encalhada porque é cheia de frescuras, então seu pai decide armar um casamento para ela, mas a vadia ingrata simplesmente veste-se como piriguete e foge.
  • Siegfried - Inicialmente um incel (celibatário involuntário) deprimido que batia punheta todo dia, depois de tomar porrada de umas mulheres gostosas percebe que matar toda a humanidade não é a solução para a sua total falta de jeito com mulheres, então decide começar a ler O Segredo e peregrinar deprimido mundo afora.
  • Sophitia - Atriz pornô no auge da carreira, ficou famosa por ter feito o velhinho que comeu e não pagou pagar a conta da noitada. Orgulha-se de não ser siliconada e por isso nunca é vista sem um decote que vá pelo menos até seu umbigo. Ela possui bondade num nível extremo, então quando ouviu falar de um homem virgem que estava deprimido por não conseguir mulheres (Siegfried) partiu em busca de encontrá-lo para se oferecer à ele. Mas quando o encontrou, Sophitia descobriu que ele só conseguia gozar com punheta e vendo pornô, por isso ignorou-a solenemente. Sophitia não se abalou e continuou na indústria pornô mesmo após esse revés.
  • Taki - Prostituta de bordéis requintados, odeia sutiãs e calcinhas, possui fetiches muito sujos, como o hábito de passar o dia inteiro com um spandex vermelho enfiado no cu, suando dentro da roupa. Ex-drogada, desertou do clã Fu-Ma quando descobriu que todos integrantes ali eram só tarados que queriam ver um hentai dela com um demônio chamado Gel-o-Fury.
  • Talim - No jogo tem apenas 15 anos e justamente por isso é a personagem mais hiper-sexualizada, afinal japonês ama uma loli e sabe como são as crianças de hoje em dia, rebolando todas até o chão. Talim é a única personagem feminina virgem da história e sua avó está pensativa em como instruir a netinha sobre como melhor perder o cabaço e no final das contas decide que o melhor para Talim então é pagar uma passagem Cruzeiro do Roberto Carlos.
  • Voldo - Viadão que por décadas serviu de brinquedo sexual para um tal de Vercci, quando o seu dono BDSM morreu Voldo ficou sem propósito, passando o resto de sua miserável vida ao lado do sarcófago de seu falecido dono. Quando fica sabendo da existência de um evento chamado "carnaval do Rio de Janeiro", ele sai daquela catacumba e começa a viajar pelo mundo.
  • Xianghua - Putinha inescrupulosa que assim que sua irmã mais velha faleceu foi direto dar em cima do ex-namorado da falecida irmã. Mas como Kilik é um virjão tapado, ela não conseguiu nem um beijinho.
Yoshimitsu do Tekken enfrenta o Yoshimitsu da Nintendo.
  • Yoshimitsu - Dançarino de sapateado e breakdance, viu sua banda de sapateadores ser dizimado por uma criatura misteriosa e então ficou obcecado por vingança. Em sua jornada por vingança ele encontra a renomado atriz pornô Sophitia, que após fazer uma cena com ele convence Yoshimitsu a ser um cara mais legal.
  • Zasalamel - Sentado escrevendo um livro.
Season Pass 1
  • 2B (YoRHa No. 2 Type B) - Com um elenco recheado apenas de mulher peitudas, era necessário trazer alguma personagem cujo principal atributo fosse a bunda, então 2B foi a personagem unânime em se juntar como mais uma convidada.
  • Amy - Usa os mesmos movimentos do Raphael, só que mais rápida.
  • Alexandra - Usa os mesmos movimentos da Sophitia, está ali só pelos fetichistas sonharem em pegar irmãs loiras gostosas.
  • Tira - Claramente inspirada na Alerquina, é uma guria que fugiu do hospício e agora trabalha num circo.
Season Pass 2
  • Haohmaru - Após mais de 1 ano do lançamento do jogo a Bandai Namco tomou vergonha na cara e anunciou a segunda Season Pass. A primeira confirmação foi de que traria genérico do Mitsurugi de Samurai Shodown.