Static-X

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Abbey Road vazio.jpg Static-X já acabou!

Ainda bem!

Clique aqui pra ver os grupos que non eczisten mais.


Static-X
Static-X11.jpg
Static-X
Origem Estados Fudidos da América
País EUA
Período 1994 - atualmente infelizmente
Gênero(s) Metal Industrial
Gravadora(s) Não Sei
Integrante(s) Tony Ramos / Koichi Fudida / Nick Oshiro
Ex-integrante(s) Wayne Statico / Ken Jay / Tripp Eisen
Site oficial {{{site}}}


Cquote1.png A música do NFS Most Wanted! Cquote2.png
Gamer sobre Skinnyman

Static-X foi uma banda de Merdal Metal industrial que surgiu em 1994 nos Estados Unidos. O vocalista Wayne Static era de Michigan e Ken Jay de Illinois. Eles se conheceram em Chicago. Naquela época, Ken tocava em uma banda e estava trabalhando em uma loja de discos. Wayne tinha uma banda gótica, os Deep Blue Dream, que ensaiavam junto com os Smashing Pumpkins. Essa banda era uma bosta, então eles decidiram se mudar para Los Angeles. Otaka Osaka Koichi Fukuda viu um panfleto da dupla em Los Angeles e procurou eles, então se tornou o guitarrista da banda. Tony Ramos Campos também entrou na banda, ele costumava tocar punheta em bandas de Nerd metal e é o único que realmente é californiano. Seu primeiro CD foi o Wisconsin Death Trip lançado em 1999. A produção foi feita por Ulrich Wild, mesmo produtor de Pantera e Deftones. A música Bled for gays days virou trilha do filme A Noiva do Chucky e junto com a música Push It, entrou no CD Korn Extra Values.

Koichi saiu da banda para poder ficar mais tempo com a sua família e foi substituído por Tripp Eisen. Tripp ficou 4 anos na banda e participou de 3 CDs. Em 2005 ele foi preso por ter raptado e estuprado uma garota de 14 anos, ele já estava sendo investigado por ter mantido relações com menores de idade. E dessa vez ele foi pego no carro fazendo séquiço com a garota, ele pagou 100 mil dólares para ter o direito de responder ao processo em liberdade, mas caso ele seja condenado, receberá uma pena de 30 anos. Tripp sai da banda, e Koichi volta. Eles lançam o mais velho novo CD, Start a War em 2005. Já em 2007 lançam Cannibal.

O fim[editar]

A banda acabou em 2014, com a morte de Wayne via overdose de cheiramento de gatinhos.

Membros Atuais[editar]

  • Tony Campos - Porra Nenhuma (1994 – atualmente)
  • Koichi Fukuda - Cavaquinho (1994 – 2000, 2005 – atualmente)
  • Nick Oshiro - Macumba, percussão (2003 – atualmente)

Ex Membros[editar]

  • Wayne Static - Vocal ruim, guitarra, teclado (1994 – 2014)
  • Ken Jay - bateria, percussão (1994 – 2002)
  • Tripp Eisen - guitarra (2001 – 2005)