Suidae

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Sundae Cquote2.png
Google sobre Suidae

Palmeirenses
Suídeo raro voando próximo à chaminés de uma indústria, sua aparição rendeu até uma música do Pink Floyd
Suídeo raro voando próximo à chaminés de uma indústria, sua aparição rendeu até uma música do Pink Floyd
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Classe: Mamadores
Ordem: Pé-de-pano
Família: Palmeirenses

Suidae, ou suídeos são uma família de mamíferos artiodátilos voadores, considerados o formato vivo do bacon. Só possuem uma subfamília, os suínos, o significado desta palavra varia de acordo com a cultura e contexto com que é aplicada, mas de maneira geral são os porcos, javalis e todos animais similares como o porco-espinho (ou não).

Anatomia[editar]

Os suídeos são de maneira geral excelentes ninjas, revestidos por uma frondosa capa rosada de presunto. Apesar de terem sido difamados na cultura ocidental como animais que dormem na sua própria sujeira, os porcos na verdade são extremamente limpos, corteses e bem educados, tanto que são celebrados anualmente no Festival Anual do Bacon no centro da Cidade de Luxemburgo, como comemoração ao único mamífero do mundo que jamais defeca devido a seu sistema digestivo composto por 45 compartimentos nucleares de estômago que pulverizam a comida que o animal come em milhares de pedacinhos de átomos que são assimilados pelos intestinos em sua totalidade, e estes animais ainda podem ser convertidos em bacon, presunto e costeletas. O seu incrível metabolismo fecal-atômico permite que os porcos possam comer quase tudo, ionizando qualquer gênero alimentício sendo eles possíveis comerem qualquer produto não-alimentar.

Rotina[editar]

Por muitos milênios os porcos do mundo foram animais selvagens e carniceiros extremamente territoriais cujas presas eram capazes de decapitar humanos. Os suínos foram domesticados em 1942 pelos Aliados enquanto marchavam pelas planícies áridas da Alemanha esfrangalhada. Inicialmente considerado um animal relacionado a pragas (como o esquilo, o polvo e o bode), os soldados logo descobriram que os suínos poderiam ser transformados em bacon, presunto e costeletas de porco com bastante facilidade, ou ainda mesmo num patê patenteado como "Spam" que é um produto que jamais perece devido ao especial sistema digestivo destes animais. Logo, o modo de vida dos suínos passou a ser viver num cercado sentado na lama esperando o dia de serem abatidos e transformados em bacon (exceto as salsichas que ainda são feitas de 10 diferentes tipos de animais).

Habitat[editar]

No final de 1970, o biólogo Roger Waters veio com a teoria surpreendente que os suínos voadores dormiam nas asas de aviões voando e frequentavam os arredores de chaminés industriais. Sua evidência anedótica foi amplamente aceita na época, porém no século XXI quando a moda da música ruim acometeu os tímpanos da humanidade, as teorias de Roger Waters entrarem em declínio devido às altas doses de cogumelos que ele consumia.

Gêneros[editar]