Super de Quico

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Eis aí o dito cujo inventor deste grande e lucrativo bebércio!

Super de Quico, ou em bom português, Barraca do Quico, é uma rede de bebércios de renome internacional, especializada em bebidas de sabores exóticos.

A princípio o foco era vender refrescos de groselha que parecem de limão e tem sabor de tamarindo, mas como isso dá caganeira e ninguém tava comprando, hoje em dia as filiais do Super de Quico vendem algo mais lucrativo, como cerveja com viagra na frente de motéis, e Askov com energético e cocaína na frente de baladas e ao lado do ponto de travestis.

História[editar]

O Super de Quico foi criado tendo como inspiração a Tienda del Chavo, que é outro bebércio mundialmente famoso. Os dois bebércios foram altamente divulgados pela Televisa, que tinha como objetivo criar concorrentes mexicanos para a Coca Cola. Bem, ao menos as bebidas do Super de Quico vem de uma fonte confiável (ou não).

O bebércio Super de Quico recebeu o certificado de higiene da Florinda

O Super de Quico sempre teve como objetivo maior atender as crianças necessitadas, portanto, cada copo custava apenas a merrequinha de mais de 8000 cruzeiros. Claro que com esse precinho camarada, as vendas eram fantásticas, e logo foi necessário encontrar um patrocinador, e Quico, o criador do bebércio escolheu a Televisa (só pra variar...).

Com isso, o Super de Quico começou a crescer internacionalmente, principlamente na região do Brasil, pois no SBT, que era parceiro da Televisa (não me diga!!) sempre era exibida a propaganda no comercial das novelas Maria do Bairro e Maria Esperança.

Tendo uma grande divulgação, o Super de Quico logo começou a conquistar a garotada, pois o massacote da empresa era um burro (por que será?). Esse Quico, digo, burro, ficou extremamente famoso, e dizem que foi ele que inspirou um dos massacotes mais retardados da televisão, o Dollynho, da Dolly Guaraná.

As filiais do Super de Quico são perfeitas para tomar umas com os amigos!

O Super de Quico também se destacava por servir os refrescos no padrão de higiene da Florinda, sendo que todos os funcionários tinham que usar um gorro de mais de 8000 metros e usar um avental de faxineira. Claro que, com o tempo, após o surgimento do Guaraná Dolly e do Guaraná Jesus, o Super de Quico ficou desvalorizado, principalmente porque era muito frequentado por padawans do Velhinho que comeu e não pagou, causando um grande rombo nas despesas.

Porém, apesar das dívidas, Quico ainda conseguia tocar o negócio, até o dia que o E.T Gordão destruiu o bebércio concorrente, a Tienda del Chavo. Ao perceber que Seu Barriga tinha dado, para as despesas de reforma, um milhão de reais em barras de ouro que valem mais do que dinheiro para Chaves, Quico teve a idéia de dar um fim no próprio negócio, para ver se assim conseguia uma esmolinha também. Porém, apenas ganhou o cartão do Doutor Hans Chucrutes, um excelente médico para dementes como ele. Assim se acabou um dos maiores bebércios do mundo, o Super de Quico.

Ver também[editar]