Tailmon

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gatoegipcio.JPG MIAU, MIAU, MIAU, WARRY ME SAUL...

Este artigo tem gato dando o que falar. Se você tem alergia a gatos, não leia este artigo!

Tailmon cospe bola de pelos
Desentrevistasminibox.PNG O Desentrevistas
possui uma entrevista com
Tailmon

Cquote1.png Você quis dizer: Monstro do rabo Cquote2.png
Google sobre Tailmon
Cquote1.png Ela tem cor branca. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Tailmon
Cquote1.png Dá pra pararem de me cheirar, porra?! Cquote2.png
Tailomon sobre todos os personagens do anime
Cquote1.png Ei, meu nome foi plagiado! Cquote2.png
Tails sobre Tailmon
Cquote1.png O nome certo é Gatomon, seus bakas! >_< Cquote2.png
Otaku sobre Tailmon
Cquote1.png Culuu? Cquote2.png
Culumon sobre Tailmon
Cquote1.png Eu disse que se ela não tivesse boca faria mais sucesso! Cquote2.png
Hello Kitty sobre Tailmon

Eles não formam um lindo casal?
Gatomon.gif

Tailmon é uma digimon que parece um gato. Só parece, porque gato cabeçudo e bizarro daquele jeito não existe. A menos que ela tenha ficado daquele jeito devido aos sucessivos cheiramentos dos quais era vítima na série.

A gata, o vampiro e o espantalho

Era uma vez um vampiro muito tosco mau chamado Myotismon. Por trás de toda sua tosqueira maldade, ele escondia um grande pênis segredo: o fato de ser gay e adorar coisas extremamente kawaiis e insuportáveis. Seu grande sonho era ter uma digimon fofinha e carinhosa pra brincar nas horas vagas, então ele mandou seu servo Wizardmon ir atrás de uma Culumon pra ele. Como o pobre Wizardmon já tinha sido muito chupado por seu mestre (ei, nada de pensar besteiras! O cara é um vampiro e chupou o sangue dele!), acabou se confundindo e levou pra ele uma Tailmon, que é quase igual: baixinha, barriguda e branca com roxo. Porém, Wizardmon e Tailmon se apaixonaram, e ele acabou pedindo-a em casamento. Como as patas de Tailmon eram (e ainda são) próteses mecânicas revestidas em pelúcia e com garras de adamantium (um luxo, menina!), Wizardmon colocou a aliança que comprou no rabo dela. Foi a partir daí que a digimon passou a se chamar Tailmon (tail é rabo em inglês, seu ignorante), antes disso seu nome era Gatomon.

Mas Wizardmon, aquele espantalho burro e sem cérebro, esqueceu que aquela aliança ele havia roubado de Myotismon, que começou a ter um ataque de pelanca e matou o imprestável. Quanto a Tailmon, bem, já que ela não era a Culumon que ele tanto queria, se tornou sua nova escrava.

E elas?

A menininha zoófila

Um belo dia, Myotismon estava faminto e mandou que Tailmon fosse buscar comida, pois ele não podia sair durante o período diurno por ser um vampiro. Ele mandou que a felina lhe trouxesse um menininho bem saboroso para que ele pudesse chupá-lo todinho (novamente, estou falando de sangue). Mas nada de meninas, porque Myotismon é gay, lembram? Hum... Isso não te lembrou alguém?

Tailmon logo avistou Kari e pensou que fosse um menino, devido ao visual tomboy (?) da garota. Como a boa guria retardada que sempre foi, Kari seguiu aquela gatinha fofinha até o castelo maldito de Myotismon sem desconfiar de nada. Myotismon também pensou que Kari fosse um menino, e e ficou todo feliz que ia saciar seu apetite. Mas quando ele descobriu que se tratava de uma menina (nem queira saber como ele fez essa descoberta), o choque foi tão grande que ele abriu a janela para a luz do sol entrar e ele virar , cometendo assim um suicídio e virando um ícone entre os emos.

Sem entender nada devido a sua inocência burrice, Kari simplesmente pega Tailmon e decide que vai ser uma digiescolhida assim como seu irmão Tai. Devido ao suicídio de Myotismon, ela escolhe o brasão da luz. A princípio, Tailmon aceita numa boa a ideia, ela só não esperava que Kari fosse se tornar uma viciada em cheirá-la e ainda emprestasse a digimon para seus amigos fazerem o mesmo em troca de sexo. Tamanha indignação fez com que ela didivolvesse para Angewomon e punisse todos os pecadores do anime. MWAHAHAHAHAHA!

Tailmon pra todos os gostos

Cquote1.png Obrigada por aparecer e volte sempre. ou não Cquote2.png