Takashi Morinozuka

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esse artigo foi totalmente escrito por fãs de Pedofilia, por isso Anônimo, não se assuste.
Humm... Boiola!
Takashi Morinozuka é chorão & incompreendido!

Este é um típico artigo Yaoi, que menciona coisas gays que só gays yaoístas curtem. Se você é cabra omi e odeia Yaoi, NÃO LEIA este artigo, pois ele pode levá-lo para o lado rosa da força, mas se carapuça serve, sente, digo, sinta-se à vontade.


Takashi Morinozuka (ou Mori-senpai, para os mais íntimos).

Cquote1.png Você quis dizer: Capacho do Hani? Cquote2.png
Google sobre Takashi Morinozuka
Cquote1.png Experimente também: Pedófilo Cquote2.png
Sugestão do Google para Takashi Morinozuka
Cquote1.png Takashi, eu quero bolo! Cquote2.png
Hani-kun sobre Takashi
Cquote1.png Sim! Cquote2.png
Takashi e suas únicas palavras no anime todo
Cquote1.png É o mais macho desse club! Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Takashi

Apresentação[editar]

Takashi tentando mostrar inutilmente que é um cabra macho.

Takashi Morinozuka é mais um integrante gay presente no anime/yaoi (mas que eles insistem em dizer que é um shoujo, o que eu duvido muito) Ouran High School Host Club, ou Clube de Anfitriões do Colégio Ouran, caso você não conheça nem o básico de um Inglês. Ele é o mais velho, o mais calado, o mais alto, o mais forte, o mais pobre (isso antes da Haruhi aparecer), além de ser o único capacho exclusivo do loli-shota mais kawaii de todo o anime, Mitsukuni Haninozuka, mais conhecido no desenho japonês como Honey-kun sabe-se lá porquê.

Foi convidado por Tamaki Suoh para integrar o Club de Anfitriões não por ser importante, ter dinheiro ou algo do tipo (já que ele não é nem importante e muito menos uns dos mais ricos da escola), mas ele acabou integrando o time pelo único motivo de estar mais do que integrado com o pequeno shotacon Honey-kun, que não ficaria longe de seu macho empregado particular por nada nesse mundo.

Servo e Senhor[editar]

A relação sexual Servo e Senhor entre Mori-senpai e Hani-kun.

Takashi Morinozuka está cursando o Ensino Médio no Colégio Ouran desde muito tempo, não que ele seja repetente de séries (ou sim), mas estuda lá desde que estava no ginasial, que eu nem faço ideia de que série corresponderia isso aqui no Brasil, porém, nunca estudou com nenhum outro integrante do Clube. Sua família é composta por um Clã, ao melhor estilo Naruto, mas que não é lá essas coisas não sabe nem fazer um jutsu de Katon, pois todas as disputas em que eles entravam sempre perdiam, para a humilhação do Clã Morinozuka, que já era mais do que tradicional por aquelas bandas da Terra do Sol Nascente e agora perdia o seu Negresco prestígio.

A principal família com quem o Clã Morinozuka brigava era com o Clã Haninozuka (como vocês podem perceber, o "inozuka" no final do nome dos Clãs mostra o seu grau de parentesco - ou não). Tal Clã vivia a distribuir owneds nos Morinozuka, espancando-os mais do que à uma mulher de malandro depois que o seu macho volta de um Baile Funk no Morro do Dendê.

Takashi nada mais é do que somente um capacho de Mitsukuni (azar o dele).

Isso acabou repercutindo em todos os membros do Clã Morinozuka que sempre estavam em paz, mesmo os que estavam em outros lugares do mundo (principalmente os imigrantes ilegais) e nem sequer eram de entrar em brigas. Depois de tanto perderem membros (e eu não estou me referindo à partes do corpo, como um braço, uma perna ou um pinto uma cabeça), os membros do Clã Haninozuka decidiram criar uma trégua com o Clã Morinozuka, pelo menos até que o Clã inimigo se recuperasse e tivesse mais lutadores, já que o que eles tinham no momento estava mais apto à ocorrer uma chacina do que uma luta justa entre Clãs.

Então um Tratado de Paz e Servidão acabou sendo assinado entre os membros. A Paz ficaria por conta de todos os membros dos Clãs, que não poderiam promover qualquer tipo de disputas entre sí; já a parte da Servidão ficaria por conta do Clã mais fraco, o perdedor Morinozuka, que teria de servir ao outro Clã como se estivesse servindo à um irmão, caso contrário, uma chacina ocorreria. E assim nasceu a relação sexual entre Takashi e Mitsukini.

Takashiiiiiiiiiii[editar]

Típica cena do cotidiano entre os dois namorados amigos.

Mitsukuni Haninozuka é o que aparenta ser o mais novo do anime, porém, ele é tão velho quanto os outros rapazes, tendo somente um problema genético que o impede de crescer, falar grosso, criar jeito de macho, ter pelos no corpo, curpir no chão, peidar em público e perder toda aquela fofura que deixa as moças que visitam o Clube de Anfitriões todas assanhadas, em outras palavras, Haki-kun não produz nenhum pingo de Testosterona, o hormônio sexual masculino, o que explica o fato dele ainda ser uma menina mesmo tendo o corpo de uma menino, tal qual a Lady Gaga, mas sem ser hermafrodita (ou não, já que eu nunca ví nada).

Ele é viciado em doces, principalmente bolos, sendo também o principal herdeiro do Clã Haninozuka, o irmão dele o renega por isso. Apesar de estar sempre calmo, comendo doces e carregando um coelhinho rosa (ui!) pra cima e para baixo (presente da avó), o menino é um verdadeiro mestre do karatê, do kung fu, no Losango Aberto Invertido e, principalmente, na voadora com os dois pés.

Takashi com o seu modo-furry ativado (e eu pensei que ele só fosse shotacon).

Mesmo assim, Hani-kun não tem tanto respeito por parte das outras pessoas que, por o acharem inofensivo (doce ilusão), acabam zombado do rapaz, que tem vergonha de ser o centro das atenções de vez em quando. É para esses momentos emos de solidão em sua vida que Takashi serve. Pelo contrado de paz e servidão assinado entre os Clãs Haninozuka e Morinozuka, a função de Takashi é sempre proteger e ajudar Hani em tudo que o menino precisar, EM TUDO, por mais absurdo que possam parecer os pedidos.

Não é por menos que sempre vemos Hani-kun se aproveitando disso, humilhando Takashi o máximo que pode, principalmente quando o boy não lhe serve como tem de ser feito quando o boquete é mal feito, por exemplo. Quando Hani ficou com cárie, após se entupir de doces e não escovar os dentes, ficou com tanta raiva de Takashi por ele ter escondidos os doces do Clube todo, que conseguiu arremessá-lo contra uma parede, fazendo o coitado, que nem se defender contra ele pode (afinal, o contrato nunca deve ser quebrado), todo machucado, mesmo que Takashi tenha cortado os doces dele por causa da saúde comprometida de Hani.

O Clube de Anfitriões[editar]

Hani-kun é a pedra angular para que Takashi seja um gay cara legal.

Por ser o mais velho estudante presente no Clube, Takashi sempre despertou um certo medo em todo mundo, já que está sempre calado, quando fala não lhe sai mais do que palavras monossílabas da boca, tem um olhar ameaçador e é extremamente forte, mesmo não tendo um pingo de músculos. Porém, o que faz com que ninguém mais o veja como uma ameaça agora, é o fato dele estar sempre ao lado de Hani-kun, que já passa uma energia toda alegre para o ambiente, mudando a afeição de qualquer um para com relação à Takashi.

Sempre carregando Hani-kun em seus ombros (como todo e qualquer capacho faria), não foi nem ele que chamou a atenção de Tamaki Suoh, mas sim Hani, que o surpreendeu mostrando a sua técnica suprema da fofura contagiante, sem falar que Tamaki gostaria de saber como é que Hani conseguia domar tão calmamente um homem com quase o triplo de seu tamanho, fazendo com que ele, mesmo tendo uma cara de tão poucos amigos, conseguisse repassar uma confiança que nem os gêmeos Hikaru e Kaoru Hitachiin conseguiam passar nem em mil anos.

Por mais macho que pareça, é desses tipo de coisas que Takashi gosta.

Tamaki sabia que bastava alguma coisa bem fofa (e de preferência doce) para convencer Hani a participar do grupo, mas realmente se preocupava com o fato de Takashi, que provavelmente iria entrar no Clube se seu macho amigo entrasse. Será que ele não assustaria as mocinhas que viesse visitar o Clube ou que requisitassem Hani como companhia? Foi então que Tamaki percebeu o bom negócio que faria: se conseguisse fazer com que Hani entrasse no time, automaticamente Takashi entraria, tipo "2 pelo preço de 1", sem falar que Takashi também despertava olhares das mulheres, por ainda ser um dos poucos membros da escola inteira que ainda tinha algum jeito de homem.

Foi fácil conseguir Hani e, assim como tinha planejado, Takashi entrou sem nem pensar duas vezes. Já dentro do Clube, os dois formam um time de peso, mas somente Takashi conseguiu despertar os olhares das moças ao ponto de fazer uma delas o pedir em namoro (sim, foi a mulher que o pediu em namoro). Mas é claro que ele não aceitou, já que a pessoa por quem ele é apaixonado é Hani-kun e isso ninguém lhe tira.

Ver também[editar]