Terra da Rainha Maud

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Flag of Norway3.PNG Ek est årtikkel Norsk!

Este artigo desfruta do melhor IDH do mundo! O autor bebe hidromel, ouve black metal, nada em petróleo, é descendente de vikings e mora perto de um fjord.

Tudo pelas norueguesas!


Cquote1.png É o Inferno gelado MWAHAHAHAHAHA!MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Norueguês típico sobre Terra da Rainha Maud

Terra da Rainha Maud (pronuncia-se gritando Norsk Biland i Antarktis enquanto coloca a língua para fora) ou Terra da Rainha do Black Metal é a possessão norueguesa antártica.

História[editar]

Aviso de boas-vindas à Antártida Norueguesa

A região foi descoberta por vikings, o mesmo grupo que descobriu a Islândia, o Canadá, o Brasil e Bouvet.

Na comitiva estava a rainha nórdica do Black Metal devidamente sodomizada e com seios fartos a mostra, venerada pelo nome de Maud. O gosto da mulher por terras frias a fez ficar por ali. Certo dia ao se banhar nas águas do Oceano Antártico, rainha Maud se afogou, depois descobriram que foi tudo uma arquitetação de loiras suecas invejosas e Maud se tornou mártir antártica norueguesa, por isso no inglês a região é conhecida como Drownning Maud Land (Terra onde Maud se Afogou para aqueles que não estudaram inglês na escola).

Séculos depois, durante o Tratado Muambeiro da Antártida, a Noruega também fez questão de sua fatia de gelo e ficou com a região onde sua rainha se afogou.

A Terra da Rainha Maud atualmente não passa de um local perfeito para gravar clips de black metal.

Pessoas que Morreram Sinistramente em Rainha Maud[editar]

Cultura[editar]

De acordo com a lenda viking na Antártida Norueguesa, a única finalidade em que as terras antárticas possuem, é que por serem a habitação do Deus Metal, é o local perfeito para o sacrifício/sodomização de virgens princesas loiras nórdicas.

Geografia[editar]

O Território Antártico Norueguês é considerado o território do mundo mais distante de sua respectiva metrópole. A Terra da Rainha Maud se localiza no Pólo Norte em contrapartida que a Noruega se localiza no Pólo Sul (se você ver a Terra de cabeça para baixo).

A Terra da Rainha Maud tem suas falhas geográficas todas com nomes de rainhas e princesas viking-norueguesas como a Costa da Princesa Märtha e Barriga da Princesa Hilda e o Ombro da Princesa Dagny, todas devidamente esquartejadas e satanizadas.

foge a regra as Bases Novolazarevskaya e Nordenskiöld que significam alguma coisa satânica que apenas fãs de black metal sabem o significado e chamam de otário aqueles que proferem esses nomes em voz alta.