Teste Pornô

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Aguentou duas picas no cu, uma de 25cm e uma de 23cm. Aquilo não é um cu, é uma cacimba Cquote2.png
Alemão sobre o cu de Alexandre Senna
Cquote1.png Daonde que ele falou que era? Cu Pequeno... que cidade horrivi Cquote2.png
Alemão sobre a cidade de Alexandre Senna

Teste Pornô
Ícaro Studios Fake Casting
Bandeira do Brasil Brasil
2000 • Colorido • 40 min
Direção Sandro Lima
Produção Ícaro Studios
Elenco Alexandre Senna, como ele mesmo
Alemão, como ele mesmo
Bob, o Construtor, como ele mesmo
Gênero Comédia

Teste Pornô é um filme brasileiro de comédia e de delícia, um dos spin-offs de maior qualidade da saga do Pai de Família. Esta é uma premiada produção da Ícaro Studios, que marca a fase dois do UCD (Universo Cinematográfico Delicioso). A obra é protagonizada pelos três melhores atores atuais da Ícaro, no caso Alexandre Senna, Alemão e Bob, o Construtor.

Enredo[editar]

Gtk-paste.svg.png Aviso: Este artigo ou seção contém revelações sobre o enredo, como o fato de que Alexandre Senna não resiste, vai, e acaba dando o cu pro Bob e pro Alemão.

Após os eventos de Pai de Família 3, que marcaram o desaparecimento da principal delícia brasileira, Jailson Mendes, a Ícaro Studios necessita encontrar outros atores para preencher o oco deixado pela saída de sua principal estrela. Assim, dois executivos do estúdio, Bob, o Construtor e Alemão discutem de que forma iriam fazer os testes para garimpar novos talentos tupiniquins. Em uma conversa muito máscula, na qual além de discutirem sobre a vaga, ambos se lamentam por estarem na seca há tempos, Bob e Alemão decidem anunciar a vaga para ator no Amarelinho, atraindo machos virgens com a promessa de ganhos de até cinco mil por mês só pra esfolar umas bucetinhas.

Alemão oferecendo todo o orçamento mensal da Ícaro pra convencer Alexandre Senna a trabalhar no cacete pra ele.

Após alguns dias de espera, finalmente aparece o primeiro candidato, que atende pelo nome de Romeo Rivera Alexandre Senna, um jovem do interior da Bahia que ficou dois dias dentro de um ônibus cheio de gente feia e galinhas apenas para comparecer ao teste. Senna estava muito empolgado coma proposta de ganhos rápidos só pra comer umas bucetinhas, pois seu emprego atual, de segurança de biqueira, não tava dando muita coisa, pelo contrário, era ele quem tinha que dar pros seus empregadores, e seus rendimentos eram de apenas quinhentos conto por mês, que pagava nem o hipoglos.

A princípio, Bob e Alemão vão fazendo falsas promessas de atuações heterossexuais, dizendo que Senna iria contracenar até com a Bruna Ferraz. Mal sabiam eles que Senna tava interessado mesmo era no cavalo da Mônica Mattos. Após preencher um formulário dizendo qual sua orientação sexual, algo muito importante na Ícaro, Senna ficou pelado, a pedido do Bob, que queria "analisar melhor seu físico". Muito inocente, Senna fez o que lhe foi solicitado, mas em sua falta de malícia, deu as costas para Bob, e recebeu uma senhora dedada que alcançou seu esfíncter. Senna fica meio constrangido, mas excitado ao mesmo tempo, e descobre, enfim, para que finalidade Bob e Alemão o estavam contratando.

Alemão oferece cem conto pra comer o cu cabeludinho de macho de Senna ali mesmo, pois tinha gostado daquele cu e queria dar uma provada. Apesar de precisar do dinheiro, Senna não sabe se aceita, pois veio de Cu Pequeno, e era traumatizado por conta dos moradores da cidade vizinha, Pau Grande. Mas Alemão e Bob não estavam a fim de desistir daquele cu, a cada vez que o cupequenino rejeita a oferta, eles vão subindo a proposta, até que eles finalmente fazem sua oferta final por aquele cu, mil reais e uma vaga como ator protagonista na empresa, atuando ao lado do Índio. Não podendo recusar tão generosa oferta, Senna finalmente aceita, e se abre com seus contratantes.

Personagens[editar]

Alexandre Senna

Alemão e Bob dentro da cacimba de Alexandre Senna.

O protagonista da produção, Alexandre Senna é um jovem que veio do interior da Bahia, da pequenininha, mas garantida, cidade de Cu Pequeno. Após ver o anúncio da vaga como ator na Ícaro Studios, Senna não teve dúvidas, iria para a sede da empresa, em Curitiba, passaria no teste e tornaria-se uma estrela nacional, dando orgulho pra sua cidade. Após vender o seu toba pra vários machos virgens aleatórios, Senna consegue comprar uma passagem pro Paraná, onde encontra-se com os anunciantes da vaga, faz um delicioso teste de qualificação e é contratado para ser o protagonista de várias obras da produtora.

Alemão

Um dos diretores da Ícaro Studios, no início do filme demonstra preocupação, por estar há mais de dois dias sem comer nenhum cu cabeludinho de macho, mas logo se anima quando Alexandre Senna e sua cacimba sem preguinhas aparece pra fazer o teste pornô. Alemão é o tio engraçadão da produtora, fazendo várias piadas sobre o tamanho do cu de Senna e rindo de sua cidade de origem. Seu melhor amigo e colega de trabalho é Bob, o Construtor, com o qual já contracenou em vários filmes.

Bob, o Construtor

Bob é um dos homens fortes da Ícaro Studios, exercendo o cargo de headhunter, recrutando os melhores talentos para a produtora. Já cansado de ficar rodando de carro pelas ruas curitibanas a procura de ximeos pros filmes, Bob decide anunciar a vaga de ator pornô no jornal. A estratégia dá muito certo, pois assim ele conseguiu achar Alexandre Senna, um dos mais zoeiros atores da atualidade, pequenininho, mas garantido. Também é Bob o responsável por averiguar se o material é de qualidade, por isso dá várias dedadas no cu de Alexandre Senna, ao ver que sua cacimba não tem preguinhas. E pra verificar mais a fundo, usa até a própria rola no teste. Bob é o melhor amigo de Alemão, e sabe que ele gosta da coisa, mas não tem nada a ver.

Recepção[editar]

A avaliação da crítica foi favorável, elogiando principalmente a atuação inocente de Alexandre Senna, e sua demonstração de humildade e retorno as origens ao falar sobre sua cidade natal, Cu Pequeno, e dos conflitos com os habitantes da cidade vizinha, Pau Grande. As atuações de Bob e Alemão dispensam comentários, atores já renomados e referências em sua área, mais uma vez nos brindaram com seu talento em atuações consistentes e irrepreensíveis, contracenando deliciosamente com Senna. No Rotten Tomatoes, o filme possui uma avaliação de 90%, ele é considerado ok, porém ainda não possui o impacto emocional profundo causado pelas principais obras cinematográficas da Ícaro, como Pai de Família e O Problema na Mangueira.