The NewZealand Story

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/1/11/Taitopedia.png}}

Virtualgame.jpg The NewZealand Story é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Eirin Yagokoro tenta selar a lua em Touhou 8


New Zealand Story
Newzealandstory.jpg
Informações
Desenvolvedor Tekpix Tecmagik, Taito
Publicador Tekpix Tecmagik, Taito
Ano 1900 e guaraná com rolha
Gênero Ação, Aventura
Plataformas Master System, Nintendo 8 bits, Nintendo Ds, etc.
Avaliação 10%
Idade para jogar Noobs de qualquer idade

Cquote1.png Na União Soviética, todos do New Zealand Story tomam no cu!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre o jogo

The New Zealand Story é um jogo tosco, lançado em 1900 e guaraná com rolha e licenciado pela Sega para o Master System, no qual joga-se com um pinto recém-chocado que vai salvar o mundo os amigos dele, para então se juntarem e ouvirem Fresno e NxZero até o fim das vidas. A Nintendo teve um pouco de inveja do sucesso a curto prazo do jogo e resolveu fazer uma conversão barata do jogo para o Nintendinho, e atualmente até para Nintendo Ds se encontra. Dizem que não vendeu 100 cópias.

Cquote1.png No New Zealand Story, VOCÊ!! joga a União Soviética! Cquote2.png
A Incrível Inversão Russa Reversa sobre o jogo

História do Jogo[editar]

O leão marinho antes de sequestrá-los todos.

Em um belo dia, para ser mais exato 31 de fevereiro, estavam Tiki (principal) e os amiguinhos reunidos em um quarto comendo a tua mãe Cheetos e ouvindo Fresno, conversando sobre idiotices, enfim. Todavia estavam em um país onde emos não são aceitos, logo então um leão marinho gigante resolveu bater à porta. Entrando, disse a todos que deveriam virar respeitáveis machos para serem aceitos na sociedade. Porém os pintinhos (ou raio que lhes parta) não aceitaram, pois tramavam uma revolta no dia seguinte para promoverem a liberdade emo, porquê estavam descontentes por não fazerem franja em penas. O guarda, não satisfeito, enfiou-os todos em um saco...

Cquote1.png 02! Leva o saco para o leão marinho! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre o sequestro
...e os levou embora para sabe lá onde. Tiki, porém, conseguiu escapar e saiu em busca deles em uma jornada tosca de 8 bits.

O jogo[editar]

Tiki, quando escapou do saco.

Cquote1.png Na Holanda, Tiki salva todos sozinho, não precisa de VOCÊ!! Cquote2.png
Reversão Holandesa sobre Tiki

No referido jogo, Tiki sai à procura de seus amigos por todo o litoral da Nova Zelândia, que estão sempre no fim da fase aprisionados em uma gaiola com um fecho que lembra uma maçaneta, ou morcego de asas abertas, ou raio que te parta, e ainda desviar de ataques toscos de inimigos como caracois que cospem pedras, morcegos que soltam agulhas ou guris retardados pagando de playboy que emprestaram o bumerangue do Link. Decerto um dentre poucos jogos em que se encosta no inimigo e não se morre, salvo algumas exceções. Os controles são simples: em um botão se pula e em outro se ataca, e o ataque depende de um dos itens toscos citados abaixo:

Bomba: Você ganha um bomba mais fajuta que aquela que o Link usa para matar inimigos à sua frente. Curto alcance.

Pistola: Dá-lhe um tiro laser que serve para aniquilar inimigos rápido. Depois joga-se fora e uma minhoca do Worms o pega para usar nas guerras. Podem existir outros itens do gênero, mas o idiota que vos escreve não sabe se há mais. Há também a possibilidade de soltar um esguicho de água, contanto que Tiki esteja mergulhado. Então ele engole 10 litos de água, urina 11 litros e o resto cospe no inimigo. É sabido que eles possuem alergia à água, pelo fato de estrem sempre longe dela e de morrerem com uma estocada esguichada.

Existem também as poderosas, maravilhosas... frutas! Elas dão-lhe pontos extras, nada mais... Pra quê diabos aparecem, então? Para nada, a menos que você queira acumular 12234123212121354132133543548549 milhões de pontos para que consiga um vida extra. Aparecem também itens que desafiam a física, como uma gaiola mágica que levita, ou uma cabeça de canguru em que se sobe e controla, para que saia voando. Em algumas aparecem guardas metidos, que podem ser mortos para aproveitar as cabeças.

Chefes[editar]

Tiki contra um dos muitos chefes fajutos do jogo.

Os chefes são toscos. Eles podem ser mortos rápido, contanto que o jogador saiba com desviar dos ataques. Mas requer paciência derrota-los, devido à alta resistência do corpo, supostamente atribuída ao extenso treinamento no Dojo do Paper Mario. A tecnologia da época não dava para programar um chefe difícil, ou o console dava pane geral. Por isso a baleia acima tem linhas que lembram um mapa que leva à entrada do inferno (diz-se que ela teria feito um pacto com o capeta para consegir mais força), e apenas lança bolas de espinhos. Sempre é necessário desviar, ou então o espinho acerta e existem duas possibilidades:

  • O espinho acerta o pé, o fura e então o pássaro morre de tétano ou hemorragia.
  • O espinho acerta a cabeça e todo o conteúdo vaza, levando a morte por hemorragia, por um tropeço no chão ou falência renal.

E o final?[editar]

Depois de derrotar o leão marinho com uma pena lançada no nariz e de viajar toda a Nova Zelândia e quem sabe o mundo, consegue resgatar os pintos que haviam sido levados embora. Eles reúnem-se, fazem a revolução deles e então mudam o sistema de governo para o comunismo. Tiki se declara presidente e passa a governar até a morte. Infelizmente ele não chegou a conhecer Sonic ou Alex Kidd, e então ele caiu no esquecimento. Depois da morte de Tiki iniciou-se uma guerra sangrenta pelo poder, os EUA chegam e instituem o capitalismo de novo. Alguns anos depois a Nintendo teria encontrado uma cópia barata do jogo e fez uma conversão medíocre para o Nintendo DS, mas que deixou de ser vendida devido à influência chinesa e ao sucesso inexistente.

Cquote1.png Na China, o governo não gosta de New Zealand Story e censura VOCÊ! Cquote2.png
Censura Chinesa sobre New Zealand Story