Tim Lopes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Atenção: leia este artigo com bom humor

A Desciclopédia é um site de humor, não venha nos dizer que pegamos pesado.
Se você não é capaz de apreciar o bom humor afrodescendente, visite outro artigo.

Por que a garotinha caiu do balanço? Porque ela não tinha braços.

Death99.png Tim Lopes já morreu!

E foi comer capim pela raiz!

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno


Tim Lopes fazendo cosplay de Bolinha no carnaval.

Cquote1.png Conheceu Tinho Lópe? Aquele que foi fuzilado pelos bandido? Aquele era meu cunhado... Cquote2.png
Caninha sobre Tim Lopes
Cquote1.png Rendeu muito filé e presunto a carne dele. Cquote2.png
Elias Maluco sobre Tim Lopes


Tim Lópi, ops, Tim Lopes, também conhecido como Arcanjo Antonino Lopes do Nascimento ou como cunhado do Caninha (teve o desprazer de casar com a irmã dele, que é mais feia bonita que o galã capa de revista de Caruaru), nascido na maior exportadora de viados do Brasil em 18 de novembro de 1950 e fatiado em vários pedaços como cupim, acém, chã de fora, chã de dentro e outras partes para consumo na terra da maconha em 2 de junho de 2002, foi um jornalista brasileiro e também produtor da Glóbulo desde 1996 até o dia de sua partida.

História[editar]

Como 95% dos repórteres do Brasil, não tinha praticamente relevância alguma, afinal repórter nesse país aí só fica famoso quando vira político, âncora ou apresentador de programa ruim. Ou então quando sofre de crises de amostração aguda, parecendo um palhaço de circo ou similar. Ah sim, também fica famoso depois que morre de maneira muito escrota, ou quando faz uma coisa muito inusitada ao extremo. No caso do Tim, foi na penúltima opção, já que em 2001 ele ganhou o prêmio Putzlitzer pela reportagem “Funk: som, alegria e terror”, o que deixou muito funkeiro puto da vida.

Irados com a má exposição, começaram a fazer uns funks denunciando na favela Vila Cruzeiro, no Complexo do Alemão, uma daquelas que tal como o Morro do Dendê é ruim de invadir, e lá tinha uns meninos tudo bonzinho, que o Dalborgha sempre recomendou a todos levar para nossas casas para dormir com nossas mulheres, como Elias Maluco, Zeu e outros menininhos do "Cadeia Já Já Já, Cadeia Já Já Já, Comando Vermelho tem que pagar", e por um azar dos diabos no dia 2 de junho o Tim inventou de ir justo na mesma favela pra fazer mais uma investigação dos bailes funk cheio de novinha vai novinha vem oferecendo a bunda com apenas 10 anos de idade (afinal quem tem dinheiro come, quem não tem bate punheta, menina de dez anos já tem pelo na buceta). Foi capturado pelos bandidos e Zeu, que tinha treinado com o Pai Mei sobre a utilização da katana, decidiu mostrar suas habilidades de samurai e de chef de cozinha japonês, fatiando o Tim em vários pedaços e colocando num micro-ondas, para alimentar seus cachorros. Tim só foi confirmado como morto em 5 de julho do mesmo ano, quando restos mortais dele foram encontrados no morro da Grota.

Alguns acreditam que o que levou Tim a ser morto nada teve a ver com a reportagem que ele fez antes, em 2001, já que ninguém conhecia a cara dele, mas sim por ele estar usando uma câmera escondida. Alias, eu me confundi, porque nem era a câmera em si, mas o esconderijo, uma pochete, que foi de um mau gosto tão tremendo que os traficantes decidiram matá-lo devido a esse ato de boiolagem no morro.