Tubarão (DC Comics)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Coringa1.jpg Este artigo é sobre um vilão!

Isso significa que ele rouba, mata e faz outras coisas sem nenhum motivo. Se vandalizar este artigo, um super-herói irá lhe prender.

Tubarão.jpg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.

Tubarão e Lanterna brincando de pega-pega debaixo d'água

Cquote1.png Você quis dizer: Tutubarão do mal Cquote2.png
Google sobre Tubarão (DC Comics)
Cquote1.png Vou te Comer!!!! Cquote2.png
Tubarão (DC Comis) sobre comer o Lanterna Verde em um sentido duvidoso

Tubarão é o nome dado à um antigo super-vilão da DC Comics, mais precisamentee do Lanterna Verde. Ele nada mais é do que um Tubarão humanóide grotesco e musculoso, que come, em vários sentidos, tudo e todos que estiverem em seu caminho.

História[editar]

Cquote1.png Hmmmmmmm.. Adoro carne verde Cquote2.png
Tubarão sobre Lanterna Verde

Dizem que a história desse escroto vilão começou quando uma empresa de cosméticos da cidade de Coast City (a cidade do Lanterna seu imbecil) decidiu fazer experiências de produtos de embelezamento usando tubarões como cobaias, já que esses bichos eram os que mais se pareciam física e mentalmente com suas clientes, depois do peru.

Infelizmente (ou não) os experimentos deram infinitamente errado e fizeram nascer uma criança mutante metade tubarão, metade humana (embora boatos deem a entender que a culpa seja de uma cientista com hábitos zoófilos). Essa pequena criatura comeu, devorou, arregaçou e dilacerou, em todos os sentidos que essas palavras podem ter, todos os seres humanos que estavam no local.

Esse bicho então fugiu, foi comedo (novamente em vários sentidos) todas as pessoas que via pela frente até chegar nos confins da Terra e ser criado por um clã de Mafagafos que lhe ensinaram a matar e dilacerar de jeitos assustadores e temíveis.

O pequeno demônio cresceu e logo se tornou um monstro grandalhão e alterofilista, que não falava ou pensava, só emitia grunhidos. Esse monstro podersíssimo aproveitou-se de sua vantagem natural (não ter medo de amarelo) e devorou todos os seus amiguinho mafagafais. Isso o deixou mais forte ainda e, acredite se quiser, também muito mais feio. Nem o Fofão era mais feio do que ele agora.

A Luta contra o Lanterna Verde[editar]

Após muito comer e matar, o estúpido Tubarão decidiu retornar para sua cidade natal Coast City e comer quem ainda estivese lá. O que ele não esperava é que agora havia um nerd com poderes de luzinha esverdeada protegendo a cidade.

O Lanterna Verde como era conhecido, não gostou de ver o monstro comendo todas as pessoas de sua cidade e com isso decidiu prende-lo. Uma terrível batalha se seguiu, um dava tapinhas, o outro beliscões ate que as duas se cansaram e decidiram fazer as pazes. Mas tudo era só um embuste (não sabe o que é embuste? Como tu é burro!) e o Tubarão aproveitou o momento de descuido para comer o Lanterna, não literalmente já que o Lanterna está vivo mas então... bom... é melhor ao leitor não se aprofundar em detalhes nessa parte.

Claro que, no final das contas, quem venceu foi o Lanterna Verde, inguém sabe muito bem como mas o mais provável é que ele tenha subornado os roteiristas da história. Desde então o Tubarão se transformou num zé ninguém, num nada, tão irrelevante nos quadrinho quanto o outro antigo inimigo do lanterna, o Dr. Hector Hammond (Doutor Cabeçudo para os íntimos).

Atualmente[editar]

Ninguém sabe o atual paradeiro do Tubarão, embora os poucos leitores (nerds) que oconheçam rezem para que ele tenha se afogado duma vez ou coisa parecida, um destino que lhe cairia muito bem dizem eles.

A última aparição dele foi lutando contra o Aquaman, provavelmente por achar que o herói laranjinha fosse algum tipo de peixinho dourado. O que quer que tenha acontecido com o Tubarão, ele ainda deve querer vingar-se do Lanterna Verde, e quem sabe não voltar a come-lo.


v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.