Tubarão-boca-grande

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Tubarão Boca Grande)
Ir para: navegação, pesquisa
Tubarão Boca Grande
Mas que cara de tristeza é essa?
Mas que cara de tristeza é essa?
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Acordados
Superclasse: Aquáticos
Classe: Gelatinosos
Subclasse: Elasmobrancos
Superordem: Tubarões
Ordem: Tubarões assassinos
Família: Megacharminho
Gênero: Megatriste
Espécie: Tubarão-boca-triste
megatriste plagiados

Cquote1.png Você quis dizer: Tubarão boca de fumo Cquote2.png
Google sobre Tubarão-boca-grande
Cquote1.png Diga "Ahh" Cquote2.png
Dentista do tubarão boca grande dizendo palavras que vai faze-lo se arrepender

Tubarão Boca Grande é uma espécie de tubarão (ah vá) raríssima que abita as profundezas do fundo do mar abissal, para nossa alegria! Desde sua descoberta em 1976, apenas poucas espécimes foram vistas, foram apenas 0 tubarões dessa espécie capturadas ou encontradas, mas provavelmente todos estavam mortos pois ninguém que eu conheça tem coragem suficiente para nadar ao lado dele (muito menos eu). O tubarão boca grande se alimenta por canudinho, nadando com a boca aberta, pagando boquetes para quem aparece, tipo Plâncton e medusas e você também, se não tomar cuidado. Por ser muito pouco avistado e encontrado, é classificado na sua própria família, Megachasmidae, mas ainda acham que ele pertence à família Cetorhinidae, da qual o tubarão-elefante é o único elemento, bem que eles poderiam ser Brothers.

Tubarão Boca triste: aspectos e descrição[editar]

Tubarão Boca Grande atacando gurias retardadas.

Não é só no tubarão boca-grande a boca que é grande, ele também é grande, podendo medir 5,5 metros de comprimento, 4 de largura, e 2 metro de rola. Os machos amadurecem ou seja quando bateu pela primeira vez quando chega aos 4 metros e as fêmeas aos 5 metros e eles pesam 1 tonelada. Sua enorme boca tem pequenos dentes, o focinho é bem largo e roliço. Seus órgão mágicos são luminosos chamados de fotóforos, que podem ser vistos ao redor da boca. Segundo os pesquisadores eles ajudam ao macho encontrar a boca da fêmea para pagar boquete...

Descobertas[editar]

A primeira vez que ele foi descoberto foi em 15 de Novembro de 1976, a 25 quilômetros do Havaí, ao ter ficado preso em uma âncora em uma navio filho da mãe, da marinha dos Estados Unidos, óbvio que tinha que ser dos Estados Unidos, o país que mais caga pro meio ambiente. Ao fazer os exames foi-se descoberto que, além de pesar bastante e dar muito medo a sua cara (pelo menos de perto, do seu lado, no escuro) era uma espécie nova e iria render dinheiro por causa disso, principalmente para criar novas franquias de filmes de terror.

Depois de 30 anos da sua descoberta, foram encontradas apenas 39 espécimes, essas capturas ou avistamentos foram feitas nos oceanos Pacífico, Oceano Índico e no Oceano Atlântico. O país mais azarado com mais avistamentos dessa espécie de tubarão foi o Japão, com no minimo 10 avistamentos já não era ruim os tsunamis e os terremotos?. Todos esses avistamentos aconteceram por conta de que o Japão fica matando as baleias, aí elas chamam os amigos para se vingar e chacinas "azinimigas"... Outros países que também já avistaram esse animal são os: Indonésia, Austrália, África do Sul, Taiwan, Filipinas, Brasil, Senegal e Equador.