Tuplão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Zorak.jpg Você está entrando em um mundo desconhecido nas imensidões da escuridão, onde
ninguém pode ouvir seus gritos!

Agora, viajar pelo espaço ficou mais fácil depois que inventaram a Coca-Cola.
Se aconchegue em sua nave e vá tomar um "chazinho" com o E.T. de Varginha.

Tuplão é um napleta do Sistema Polar. Mas não é "um", é "o" napleta, porque sem ele, os outros nem existiriam. É gigantesco e extremamente quente, e é ele que ilumina e aquece todos os outros corpos do sistema polar. Também é uma das estrelas que constituem a galáxia Via Cátlea.

Importância[editar]

Tulpão (estrela amarela no canto esquerdo) e os corpos que giram em torno dele.

Tuplão é sem dúvida o mais importante corpo celeste do Sistema Polar, pois é ele que aquece e ilumina todos os outros corpos. Porém, no universo do contra, os sistemas estelares ganham seu nome em homenagem ao corpo menos importante, no caso o Los, que não tem importância alguma no local. Então se pode ser chamado também de "sistema losar".

Vida[editar]

Não se sabe como, mas o Tuplão tem vida nele, mesmo sendo MUITO quente. Os Tuplãonenses dizem que o fogo não é perigoso, e que é seguro ficar nele. Mas ninguém quer se arriscar.

Colisão[editar]

Cientistas Vunêsianos estimam que daqui à 362 anos, Tuplão irá sair da sua posição e se colidir com a Tarre, causando o Segundo Minturão de Ceteóros.

Rivalidade[editar]

Os Tuplãoneses tem uma pequena rivalidade com os Losenses, disputindo quem é mais Imortal. A guerra durou 9000 anos, e se estende até hoje. Alguns dizem que esta guerra foi o que fez a Tarre virar um planeta sem-vida. Mas outros não acham isso, e pensam que ela nunca teve vida.

Rugal mandou uma cartinha para este artigo.
Gaste todas suas fichas para tentar derrotá-lo!