Tyrfing

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#logotipo:http://www.zero49.com.br/thor/thor.png}}

Quevedo25on.gif Este artigo trata de coisas que nón eczisten!

Este artigo trata de algum mito, lenda, conto, história de pescador ou desculpa esfarrapada e provavelmente contém informações sobre animais grotescos que capturam sua alma.

Viking dinamarca.jpg Ek est årtikkel Vikingen!

Este artigo veio das frias terras dinamarquesas! Ele gosta de remar, louva Odin e o Deus Metal, não tem nenhum senso de privacidade ou de educação e seu autor chegou ao Valhalla. Não vandalize ou envolva a Finlândia neste artigo!

Tomadinha do poder.jpg Tyrfing tem PODER!
E te levará para qualquer lado da Força
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Tyrfing.


Tyrfing é uma varinha espada gigante mágica multiuso nórdica, sendo que tem mais utilidades do que muitos produtos da Polishop.

História[editar]

Tamanho de um humano adulto com gigantismo norueguês comparado à Tyrfing.

Tyrfing foi fudida forjada pelos anões nórdicos[1], como uma encomenda para(adivinha!) Odin. Ele dizia que Zeus tinha raios, mas como raios já estavam fora de moda, ele pediu uma coisa mais fora de moda ainda[2]. Como ela devia ser feita para um deus[3] foi preciso utilizar toda a população anã, incluindo mulheres, crianças, idosos e mortos para que fôsse completa no previsto pelo contrato.

O problema é que um dos netos de Odin[4] ignorou os avisos do avô e foi brincar de soldadinho com ela. Como o moleque não tinha noção do poder da espada, ele cortou no mínimo 80 galhos de Yggdrasil. Quando soube disso, Odin(que estava jantando e, portanto, de boca cheia) teria exclamado:Eze muleque é poda!!. Desse jeito, a arte de cortar galhos de árvores aleatoriamente passou a ser conhecida como poda.

De qualquer jeito, Odin castigou severamente seu neto, trocando seu nome[5] para Tyr. Odin, vendo o que Tyrfing podia fazer sendo manejada por um menino, se animou todo, e acabou desafiando Kenshin Himura para um duelo. Humilhado, Kenshin cortou um X na própria cara para não ser reconhecido e se exilou no Japão.

Tyrfing no Ragnarok[editar]

Tyrfing foi muito útil no Ragnarok. Por causa do tamanho da lâmina dela, Odin conseguia cortar quase 5 planetas duma vez[6].

Por isso, ele podia matar dezenas de Jotuns duma vez só[7]. Só que, como Odin acabou morto, ela foi jogada num canto e ficou lá esquecida.

Por isso, até hoje se procura por Tyrfing[8], acreditando que a pessoa que conseguir retirá-la de onde quer que ela esteja vai se tornar o rei do Tajiquistão.

Utilidades de Tyrfing[editar]

Como não se sabe muito sobre ela, não se conhece direito as utilidades dela. Grande parte do que está aqui é apenas especulação.

Cquote1.png O horror, o horror... Cquote2.png
testemunha que presenciou a aparição de Tyrfing

Tyrfing pode...[editar]

Tyrfing não pode...[editar]

Rastro do uso de Tyrfing.

Por causa dessas utilidades, Tyrfing é considerado um produto de alto valor por todos os traficantes e contrabandistas desse e de outros mundos.

Contudo, as maiores recompensas são dadas por Herbalife e Polishop, já que só a presença do aparato pode aumentar a produção das drogas que produzem. No caso da Polishop, está planejado dividir a lâmina da espada para usar no Juicer Philips Walita.

Ver Também[editar]

Notas[editar]

  1. Diferente de hoje, os anões tinham utilidade.
  2. Para, justamente, voltar à popularidade e ele ser vangloriado como criador de uma nova moda.
  3. Ou seja, grande.
  4. Com nome complicado demais para a espécie brasileira.
  5. É que, naquela época, ter nomes complicados era considerado honra.
  6. Só haviam 3 naquele tempo.
  7. Mais num matava mil!
  8. Que nem o Santo Graal.
  9. Ela também pode fazer isso, mas não quer.