Underoath

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Hitler curtindo um som do Fresno. Underoath é emo.

Se você não respeitá-lo(a), um deles chamará o Adolfinho para lhe transformar em purpurina.


Underoath
Underoathfoto.jpg
{{{legenda}}}
Origem Tampa, Flórida
País Estados Unidos Flag of the United States.svg
Período 1999 - atualmente
Gênero(s) metalcore hardcore
Gravadora(s) Tooth and Nail Records Flag of the United States.svg
Solid State Flag of the United States.svg
EMI Flag of Brazil.svg
Integrante(s) {{{integrantes}}}
Ex-integrante(s) {{{exintegrantes}}}
Site oficial {{{site}}}

Cquote1.svg Tudo VIADO Cquote2.svg
Oliver Sykes sobre Underoath
Cquote1.svg Isso é coisa do DemônHo Cquote2.svg
Sua Mãe sobre Underoath
Cquote1.svg Mas mãe, eles são de Deus Cquote2.svg
Você tentando defender o Underoath
Cquote1.svg Underoath é pesaaado Cquote2.svg
Pedro Bial sobre Underoath
Cquote1.svg Puta que pariu que porra de gritaria é essa caralho? Cquote2.svg
Dercy sobre Underoath
Cquote1.svg Eles Ñ são emO, seus safados! Cquote2.svg
Fã alienado sobre Underoath
Cquote1.svg Concordo! Cquote2.svg
DEUS sobre Underoath

Underoath é uma banda de emo-metaleiro metalcore/Post Hardcore do céu de Tampa de panela, Flórida, Estados Unidos, que veio para pregar a palavra de satan Deus, gritando que nem bichas loucas no ouvido de Emos, From Uks, otakus, metaleiros que acham que é death metal e crentes que querem se dizer liberais, fazendo moshpit na igreja. Hell yeah!

A História[editar]

Spencer adorando satanás Deus
Você após passar muito tempo escutando Underoath

O Underoath apareceu em 1999, num grupo de oração da Igreja Universal, onde os garotos com raiva do Edir Macedo resolveram sair gritando e mostrar que também fazem dinheiro de nome de Deus, com o álbum Act of Depression, mostrando ao mundo seu som que parecia uma televisão fora do ar com as risadas do Chaves ao fundo (o que mais tarde seria conhecido como a voz do então vocalista Dallas Taylor). Com o sucesso, mais álbuns se seguiram, sendo eles Cries of the past e The Changing of Times. Nesse período Dallas Taylor briga com seu então namorado Aaron Gillespie, que queria colocar algumas vozes mais gays, e menos parecida com um rádio de 1920. O Underoath então saiu a procura de um novo vocalista, quando viram Spencer Chamberlain, um menino(?) com cabelos tratados a Seda Ceramidas berrando com os colegas, como uma verdadeira baitola, por terem colocado chiclete nos seus cabelos. Deu início então a segunda fase da banda, mais nervosa, mais emotiva, mais gay, eles lançam o álbum They're Only Chasing Safety (2005), Define The Great Line (2006) e o último álbum, Lost in the sound of separation (2008). Já em 2010, cansado de dar, Aaron sai da banda, deixando os batuques de lado... Em entrevista ele disse que queria coisas, digamos que maiores... Assim Daniel Gayvison entra na banda e admite que é o novo namorado de Spencer.

Integrantes[editar]

  • Daniel Davison (ex- Norma Jean) - batuque.
  • Tim McTague - Guitarra, unico "normal" da banda.
  • Christopher Dudley - Teclado, Parece o Shrek, não faz nada, só balança a cabeça.
  • Grant Brandell - Cara de retardado...Baixo.
  • James Smith - Guitarra, Quem?
  • Spencer Chamberlain - Bicha histérica, cabelos tratados com seda, dizem que ela morde.

Ver também[editar]