Usuário:Astrogildo Dunha/Testes

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Esta é a página de testes particular do Usuário:Astrogildo Dunha. Caso haja algum problema com esta página, fale com ele.


Rascunhos menores[editar]

Ofensivamente[editar]

Resistem aos seus ataques: São fracos aos seus ataques: São imunes aos seus ataques:
. . .

Defensivamente[editar]

Resistem aos seguintes tipos: São fracos aos seguintes tipos: São imunes aos seguintes tipos:
. . .

Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT) ou Veículo Aéreo Remotamente Pilotado (VARP)

Drone[editar]

Boieng da Trans Brasil indo pro brejo.jpg Olha o(a) Astrogildo Dunha/Testes vindo!
Olha o(a) Astrogildo Dunha/Testes indo!

Este artigo fala sobre coisas que avuam pro alto.
Clique aqui pra ver quem mais vai pelos ares. Literalmente.
NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Astrogildo Dunha/Testes.
Drone de última geração da Força Aérea Brasileira.

Cquote1.png Você quis dizer: Avião de papel Cquote2.png
Google sobre Astrogildo Dunha/Testes
Cquote1.png Uma GRANDE ameaça foi reconhecida! Cquote2.png
Drone rastreando sua mãe, aquela gorda
Cquote1.png Olha, mãe, esse aviãozinho de brinquedo que caiu do céu Cquote2.png
Criança do Afeganistão sobre Drone
Cquote1.png KABOOOOOOOMMMMMMM!!!!!!!! Cquote2.png
Drone sobre citação anterior

Drones (português brasileiro) ou Zangões (português europeu) são aeronaves não tripuladas controladas à distância.

Inicialmente, os drones foram criados para fins militares pelo governo dos EUA para explodir coisas, matando civis inocentes à distância por meio de um joystick de milhares de dólares, garantindo a liberdade e democracia pelo mundo.

No caso da utilização militar, busca-se utilizar o drone em procedimentos de alto risco, como espionagem de áreas controladas por terroristas, ou em procedimentos tão chatos e maçantes como o patrulhamento da granja da fazenda do filho do Lula.

Além do uso militar, os drones estão sendo utilizados por civis, onde se destaca o uso por fotógrafos e cinegrafistas em festas de aniversários, casamentos e outros eventos sofisticados, que você, pobre, não frequenta.

Ver também[editar]

Anestesia[editar]

Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.
Paciente anestesiado pela ingestão de soluções aquosas de etanol, pronto para o procedimento de pagar a aposta de truco valendo o toba que perdeu.

Anestesia, segundo a Wikipédia, é definida tradicionalmente como a condição de ter a sensibilidade (incluindo a dor) bloqueada ou temporariamente removida. Isso permite que os pacientes passem por cirurgias e outros procedimentos sem a angústia e a dor que experienciariam de outra maneira, consistindo numa ausência de consciência generalizada ou parcial induzida por certas substâncias. As substâncias que promovem a anestesia são camadas de agentes anestésicos.

História[editar]

A historiadora Dercy Gonçalves relatou que na época que trabalhava na antiga Mesopotâmia (há uns 3000 anos atrás), os agentes anestésicos utilizados nas cirurgias da época eram extraídos de ervas (destaque para o extrato concentrado de Cannabis sativa), ou de animais (destaque para o pelo de gatos criados no Egito Antigo). Ainda hoje, sociedades alternativas encontradas na Jamaica, no Uruguai, na Holanda e nos cursos da área de Humanidades da USP ainda preferem utilizar anestésicos artesanais nos procedimentos médicos.


Ver também[editar]

Desciclopédia:Quem quer participar da Desciclopédia?[editar]

Obs: Clique nos links segurando Ctrl ou Shift para abrir outras páginas separadamente desta

Cquote1.png Eu quero, tiu! Cquote2.png
Você querendo participar da Desciclopédia


Bom dia/Boa tarde/Boa noite,


Batata desciclo sem texto.gif

A Desciclopédia é um site de humor colaborativo onde qualquer um, inclusive você (sim, você, caro mortal) pode contribuir com suas risadas e textos. Só que, diferente do Zorra Total, somos engraçados: satirizamos tudo e todos.

Caso você não saiba, a Desciclopédia (DP) possui um formato de uma enciclopédia virtual, cujo conteúdo de suas páginas, ao invés de descrever normalmente algo, ridicularizam esse algo.

Como participo?

Antes de tudo, há regras. Você pode editar diretamente algumas poucas páginas, mas para tal, seu endereço IP será informado. Já como usuário cadastrado, você apresenta vantagens:

  • Você terá direito a voto nas discussões (desde que você esteja sendo um usuário ativo);
  • Você poderá criar uma página de usuário;
  • Você poderá carregar arquivos;
  • Você poderá editar a maioria das páginas, já que muitas os IPs não podem editar;
  • Você poderá se comunicar com os usuários com maior facilidade, já que é mais fácil lembrar um nickname do que um endereço IP;
  • Etc...

Para participar, recomenda-se ler isso e isso. Leia também algumas das melhores páginas daqui, para conhecer melhor o formato que apresentamos. Passe o mouse por cima dos links (em azul), já que muitas piadas podem estar "escondidas".

  • Você consegue ser engraçado e não apenas idiota?
  • Você consegue escrever algo engraçado em nossos moldes?
  • Você consegue zoar algo em mais de cinco linhas?

Para editar na DP, utiliza-se códigos wiki e html. Veja algumas tutoriais mais importantes:

Como faço para comunicar com outros usuários?

Basta escrever na página de discussão desse usuário, e assinar ao final com ~~~~.

Quando alguém escreve na sua página de discussão, aparece o seguinte aviso acima da página da DP em que você se encontra: Cquote1.png Você tem novas mensagens Cquote2.png.

Também há fóruns de discussão. Sempre lembre de assinar com ~~~~.

Estão zoando minha religião, do meu time de futebol ou meu artista favorito...

O humor aqui presente atinge todas as crenças - inclusive o ateísmo, todas as opiniões, gostos e estilos. Não temos preconceito. Preconceito seria apenas apelar para um lado, mas nós apelamos para todos os lados, pois somos feitos de pessoas normais, brancas, negras, amarelas; crentes, católicas, espíritas, pagãs e atéias; que querem escrever e rir de algo engraçado... Se algo te ofendeu, ignore, com certeza outro deve estar rindo dessa ofensa.

E quanto ao Humor Negro?

Na nossa sociedade politicamente correta, uma fronteira tênue define o humor negro. Se te ofende, ignore e não leia.


Você pode e tem tempo de contribuir conosco? Clique aqui e crie uma conta. É recomendável informar um e-mail para comunicação externa com outros usuários, e também para recuperar senhas esquecidas.



Atenciosamente,
Usuários da Desciclopédia.


Predefinição:Quimica2[editar]