Vadsø

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Oslo espelho.jpg Ek est årtikkel Norsk!

Este artigo desfruta do melhor IDH do mundo! O autor bebe hidromel, ouve black metal, nada em petróleo, é descendente de vikings e mora perto de um fjord.

Tudo pelas norueguesas!


Vadsø é um vasto gramado no verão, e uma vasta geleira no inverno. Eesse espaço é considerado a capital da Província Norueguesa do Polo Norte (aka Finamarca), possui 6.000 habitantes, sendo 4.300 deles renas e 1.550 ursos-polares. A sua densidade populacional é de 1 habitante por Km². No antigo dialeto viking, o nome da cidade vem de Vatnsøy, que significa a ilha de água bebível devido a possibilidade de se encontrar água líquida nas proximidades.

História[editar]

Centro da cidade no horário do rush.

Fundada por esquimós no século V, a pequena aldeia fez parte da Suécia durante muito tempo. A medida que a Lapônia ou a Finlândia se arriscavam a administrar essas terras, a cidade foi mudando de nacionalidade até que chegou a vez da Noruega se arrepender. Hoje Vadsø faz parte dos domínios do Papai Noel.

Durante a Segunda Guerra Mundial se tornou zona de descanso e esconderijo de francos atiradores soviéticos. Nessa época a cidade sofreu invasões do povo sami (os inventores do celular e da prática milenar de salgar bacalhau), essa espécie de duendes do Papai Noel misturados com ciganos e esquimós formam a grande cultura da cidade, baseada em pescar o dia inteiro, e esquiar as vezes nos dias festivos. Vadsø é também é a única cidade onde podem ser vistos vikings nos tempos contemporâneos, como uma minoria etnica.

Se tornou o maior celeiro de renas voadoras do mundo (o símbolo da cidade).

Em 2008, em Vadsø foi legalizada a caça ilegal de focas, agora maltratar animais ameaçados de extinção de tornou esporte local e mania.

Economia[editar]

Importante zona portuária pesqueira e comercial do norte norueguês, é o mais famoso esconderijo de baleeiros e outros tipos de embarcações que são perseguidas pelo Greenpeace. Por ser uma cidade longe pra caralho, nem os Direitos Humanos conseguem chegar lá.

Curiosidades[editar]

Habitantes Ilustres[editar]