Versailles ~Philharmonic Quintet~

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Estava procurando Palácio de Versailles? Perdeu playboy! Ele não está aqui!


ASA.jpg
Phantasmagoria 8265.jpg

Yeaah!

Este artigo é sobre algo relacionado a JRock

Coloque um tapa ouvido antes de ler


Versailles
Versailleslyrical.jpg
{{{legenda}}}
Origem {{{origem}}}
País França Japão
Período 2007 - Mas há quem diga 1700 e pétalas de rosas
Gênero(s) Visual Gay Kei
Gravadora(s) Sherow Artist Society
Integrante(s) Kamijo, Hizaki, Jasmine You, Teru, Yuki, Drácula
Ex-integrante(s) {{{exintegrantes}}}
Site oficial {{{site}}}



Cquote1.png Você quis dizer: HIZAKI Grace Project Cquote2.png
Google sobre Versailles
Cquote1.png Que porra é essa, filho da puta? Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Versailles
Cquote1.png Bonjour, Honey! Cquote2.png
Kamijo sobre sua encarnação passada
Cquote1.png Eu gosto da japinha loura que toca guitarra. Cquote2.png
Heterossexual sobre Hizaki, O guitarrista dos Versailles
Cquote1.png Kamijo x Hizaki! É o melhor casal ever! *w* Cquote2.png
Yaoista sobre Versailles
Cquote1.png Versailles? Oh claro que conheço! Belo palácio, estive lá no ano passado com a minha mulher (...) Cquote2.png
George W. Bush sobre Versailles
Cquote1.png Trocamos experiências M-A-R-A-V-L-H-O-S-A-S de... err... hum... ah... canto. Cquote2.png
Juka sobre o tempo que passou na casa de Kamijo, o vocalista
Cquote1.png Na Europa só se fala francês. Cquote2.png
Paris Hilton sobre Versailles
Cquote1.png Se a banda fosse minha, o nome seria Buckingham. Ou Big Ben. Cquote2.png
Oscar Wilde sobre Versailles
Cquote1.png O que você quer é? Travecos o caralho! YUKI! *O* Cquote2.png
Otaku histérica quando alguém insulta os Versailles
Cquote1.png Hey honey, eu gostei daquelas roupas ultrachiques que eles vestem! Papai! Quero um, tá! Cquote2.png
Patty sobre Versailles
Cquote1.png Ka mijo é igual a Cá mijo, portanto ele mija cá! Cquote2.png
Engraçadinho sobre o nome de Kamijo, o vocalista
Cquote1.png DAAAAARIIINNN~! Cquote2.png
Kaya sobre Kamijo, o vocalista
Cquote1.png Não gosto do som do Petit Gattou. É muito pesado, engorda. Cquote2.png
Carla Perez sobre Versailles
Cquote1.png ... Cquote2.png
Hizaki sobre seus olhos vesgos focando algo indevido com ímpeto, ou o seu próprio nariz
Cquote1.png ... Cquote2.png
Teru sobre sua relevância na banda
Cquote1.png ... Cquote2.png
Jasmine You sobre seus peitos
Cquote1.png Cheguei primeiro! Loosers! Cquote2.png
Versailles Americana sobre copyright do nome Versailles
Cquote1.png Verjapansailles! Cquote2.png
Gackt sobre sua ideia para o novo nome da banda
Cquote1.png Prepara, que é hora, do show das poderosas Cquote2.png
Hizaki & Teru sobre solos shredders

O começo da Banda[editar]

Versailles, mais um banda visual kei que invoca a masculinidade nos tempos mágicos franceses

A banda começou quanopo Kamijo, o vocalista, descobriu a sua paixão e apetite por rosas no outono, enquanto limpava as folhas amareladas e viu uma linda pétala preservada e a comeu, pois tinha fome. Tomando o encontro da pétala como símbolo de superação e sorte, resolveu adotar o trato das plantas como trabalho, e tornou-se jardineiro no castelo amaldiçoado do deus das Lolitas, Mana. Um dia, enquanto passeava pela floresta encantada dos travecos ao redor dos domínios da Bela Fera de Rendas, foi guiado por fadas vestidas de couro e acabou encontrando um ser de longas madeixas louras (tingidas) e olhos azuis (lentes de contato) cujo nome era Hizaki, e sua habilidade era para com a guitarra.

Kamijo contou sobre a sua tara por rosas e sobre a infelicidade da morte d'A Rainha. Hizaki condolente com os sentimentos de Kamijo concordou em formarem uma banda para espantar o baixo astral. Após afixarem um comunicado na porta da igreja convocando membros para sua trupe, mais dois travecos homens corajosos apareceram para penetrar debutar no meio musical independente e visualmente fantástico, são eles Yuki (o baterista) e Jasmine You (o baixista). Teru (o outro guitarrista) surgiu mais tarde, já que era velho conhecido por seus rolos graciosos com Hizaki.

Elementos da Banda[editar]

A banda é formada por 5 travecos homens:

Kamijo[editar]

Kamijo, o vocalista comedor de rosas

O vocalista (também conhecido como シャキラ), um príncipe vampiro gay machão vindo de um intercâmbio cultural entre Japão e França séculos atrás. Para se sustentar, foi trabalhar nos jardins repletos de rosas (seu alimento favorito) de um castelo macabro, cujo proprietário era ninguém mais, ninguém menos que Clodovil.

Depois de um tempo, passou a trabalhar para A Rainha e ganhou a vida como jardineiro, que invocava fantasias sexuais nas otakus francesas de 15 anos (sim, elas já existiam, bem como a falta de bom senso, tudo causado por um paradoxo acidental nas gravações de um filme de terror trash) que nem sonhavam que ele fora transformado em viado filho da noite por Mana. Depois de alguns anos, desapareceu misteriosamente no castelo e apenas retornou há pouco tempo para dizer que todos devem amá-lo e se desesperar por conta disso, e degustar o novos tipos de rosas, tal qual o seu novo sabor favorito, o artificial.

Seus hobbies principais são beber, sugar sangue de garotinhas indefesas e de garotinhos indefesos que se parecem com garotinhas indefesas, beber, cultivar rosas para balancear sua alimentação (sangue não faz tão bem quando dizem), mudar o tom de voz em cada música, beber, e finalmente o mais importante e querido passatempo, buscar o banheiro feminino perfeito para curar a ressaca, depois de beber.

Hizaki[editar]

Hizaki, o(a) guitarrista vesgo(a). Quase perdeu os dedos por fritá-los com sua guitarra

Guitarrista, seu estilo pende pro lado de biba dama francesa. Morava na floresta encantada dos travecos franceses cheios de renda (Mana era sua seu colega, até arranjar um bico de meio-período como empregadinha francesa e com a riqueza garantida, comprar o castelo).

Hime-sama, como também responde, vivia a dedilhar graciosamente, um de seus projetos de vida, até ser encontrado por Kamijo, que buscava banheiros femininos cheirosos para curar a ressaca devorando pétalas de rosas como se fossem de chocolate. Depois de uma boa prosa sobre passarinhos, a morte d'A Rainha, a vida, o universo e tudo mais, veio uma noitada cheia de drinks. Em seguida, após curar a ressaca na latrina a céu aberto mais próxima, também conhecida como Palácio de Versailles, resolveram formar a banda e homenagear o local onde tudo começou. O verdadeiro nome de Hizaki é um mistério, mas especula-se que seja 御釜, por algum motivo obscuro. Há também a suspeita de que ela seja um homem, garantida graças a grande surpresa causada pelas investidas indecentes insistentes de Kamijo para saber mais sobre os segredos que escondia por trás de seu vestido rostinho lindo.

Jasmine You[editar]

Jasmine You, o baixista e um ícone da virilidade masculina, ou feminina

O baixista que diz não ter gênero sexual nem nacionalidade neste mundo, pois vem do misterioso e bucólico Planeta Jasmine. Após cair na Terra (por conta de um acidente envolvendo o botão de ejetar da cabine de sua nave e seus peitos) passou a trabalhar num bar onde fez vários amigos, os mais notáveis sendo um bando de pardais selvagens.

Após alguns anos, indo para a igreja afim de destruir a Teoria do Geocentrismo, e tendo planos de seguir ao observatório acabar com a Teoria do Heliocentrismo (pois como todos sabem, o universo gira em torno do Planeta Jasmine) viu afixado na porta do templo uma convocação para uma banda, e como gostava do estilo visual gay kei (ele foi introduzido nesse culto do mal por seus amigos pardais), resolveu entrar na parada.

Para entrar na banda, aprendeu a tocar baixo com a falecida faxineira, uma metaleira discípula rebelde das Freiras Cegas Tocadoras de Piano de Acapulco, sua colega de trabalho e manicure nas quartas à tarde, que morreu de intoxicação por conta da maquiagem radioativa vinda do Planeta Jasmine.

Yuki[editar]

Yuki, o baterista dando mole pra você massageando uma afta

O baterista sensual e ex-viciado em açúcar. Adora beber, e diz que começou por influência de Kamijo, já que o encontrou fermentando havia séculos em um barril numa fabulosa adega francesa por conta de uma confusão envolvendo a eterna busca pelo banheiro feminino e bullies de uma festa de arromba.

Poucos sabem, mas foi Yuki quem tirou Kamijo da soneca maturação e o impediu de fazer parte de uma ótima safra de espumantes. Então, para comemorar, eles beberam muito e culparam o Cãologo em seguida, em um banheiro feminino moderno e cheiroso.

Depois disso se despediram comfogosos apertões calorosos abraços e só voltaram a se encontrar quando Yuki viu o aviso de busca por músicos afixado na porta da igreja, que ele freqüentava para tratar o boiolismoalcoolismo, culpa de Kamijo.

Mandando seu tratamento pras cucuias, entrou para a banda.

Teru[editar]

Teru, o outro guitarrista sorridente, inocentemente sexy para moçoilas desavisadas

O outro guitarrista, de umbigo à mostra. Na realidade ninguém se importa muito com ele, o que o tornou depressivo a ponto de querer virar emo. Kamijo não deixou que tal catástrofe ocorresse e o transformou em um vampiro das trevas de sorriso alegre.

Inspirado por seu ídolo de rendas, Mana, seu cabelo é ajeitado por cem eunucos cabeleireiros de alto cache. Infelizmente, para as fangirls, o resultado é péssimo de qualquer jeito. Atribui-se isso ao fato de que ele e sua corja pederasta alegre passam o tempo brincando de coisas suspeitas.

Dizem que já conhecia Hizaki há algum tempo, pois um dia também foi uma dama francesa da floresta encantada dos travecos, mas, enganado por um duende safado, tomou uma poção de virar macho, porém, percebeu o logro e parou na metade da garrafa (que dizia em seu rótulo: Flor Azul do Salgueiro), o resultado é o que resta agora.


Discografia[editar]

Albums
  • PobreNoble: Conta a história de uma antigo e nobre clã de vampiros aristocratas que decide voltar ao mundo moderno com roupas da moda francesa do século XVII e impô-las a todos. No meio do caminho precisam assassinar uma donzela estilista que descobriu seus planos maquiavélicos de boicote à Fashion Week.
EP
  • Lyrical Sympathy: Fala sobre a simpatia que os membros tiveram ao encontrar-se com os fãs pela primeira vez na América do Norte, onde foram ovacionados por uma legião de yaoistas obesas acéfalas from hell. Após o incidente, os membros pensaram seriamente em mudar o nome do disco para Lyrical Pity, em homenagem a suas fãs norte-americanas.
Kamijo como garçom antes de ser o vocalista do Versailles
Singles
  • The Revenant Choir: O nome da canção pode ser traduzido como "O Couro da Vingança", fala sobre inúmeras almas de animais mortos por conta de sua valiosa pele, e que agora ressurgiram sob a forma de belos e andrógenos músicos vampiros que formam um clã sangrento em busca de sua vendetta contra o mundo da moda, usando material sintético e reciclável como arma.
  • A Noble Was Born in the Chaos: Trabalho caça-niqueis que serviu de prévia para o disco Noble. A história sobre os vampiros para na metade, o que deixou as fangirls enlouquecidas, que passaram a morder os pescoços umas das outras para passar o tempo enquanto o trabalho completo não chegava. Muitas morreram por conta das infecções.
  • PRINCE & PRINCESS: A história fala do amor proibido de uma princesa para com um cavaleiro mudo, que gostaria de espalhar seus feitos na cama da donzela para todos os seus amigos (que seriam os cavalos), porém, o pobre homem é traído por sua antiga montaria ciumenta, e acaba seus dias como um bufão na corte do príncipe, que matou a princesa por descobrir que ela era vesga (um pecado terrível naquela época mágica e cheia de demônios).
Compilações
  • Tokyo Rock City: Nada importante para a história da banda.
  • Cross Gate 2008 -Chaotic Sorrow-: Contem apenas uma música do Versailles, ALOPRANDO SFORZANDO. Ela fala sobre o esforço hercúleo que a banda teve que fazer para aceitar que uma de suas melhores composições fosse parar em um álbum com músicas de outras bandas de quinta categoria sem nenhuma finesse ou apelo exageradamente estético.

Curiosidades[editar]

Você não faz idéia do que tem em baixo desse vestido...
  • A sobremesa favorita de Kamijo é pout-pourri. Salpicado de sangue.
  • Hizaki se tornou vesgo pois olhou para certa coisa com tanto esforço que seus olhinhos jamais voltaram ao foco correto.
  • Jasmine You tem poderes mágicos e já foi professor em uma escolinha infantil. Deixou a nobre profissão por suspeitarem (com razões) que ele era um ser das trevas travestido.
  • Antes de ser um vampiro, Yuki já foi um elfo. Cansado do tédio na Terra Média, dormiu por algumas eras numa caverna e acordou sendo chacoalhado freneticamente por arqueólogas virgens, que foram mortas para preservar seu segredo.
  • Teru é um recorrente tema de arte paleolítica, graças a um paradoxo que o faz existir sem consciência em várias épocas diferentes. Alguns suspeitam que também em outros mundos, o que explicaria o fato de Jasmine You ter saído de seu planeta, influenciado por tal fenômeno para impedir que algo terrível acontecesse, porém não se sabe qual é a relação entre a multi-existência pan-temporal de Teru e o cataclisma. Mas Jasmine You esqueceu de sua missão quando bateu com a cabeça durante sua chegada à Terra.
  • Kamijo é alérgico a agro-tóxicos.
  • Apesar da banda ser composta por mortos-vivos sanguessugas, todos podem saltitar e cantarolar alegremente banhados pelo Sol. Acredita-se que isso seja apenas falta de informação e que no momento que alguém disser que vampiros não suportam exposição direta à luz do astro rei, a banda toda se desfará em purpurina cinzas.
  • Yuki sabe dizer Ni.
  • Kamijo tem medo de banheiros unissex.
Kamijo, Yuki, Hizaki, Jasmine e Teru prestes a salvar mais um principe uma princesa
  • Já tentaram escrever o nome de Hizaki em um Death Note, porém nada ocorreu. Suspeita-se que isso aconteceu porque Misa Amane simpatizou com Hime-sama, e então foram passear no Harajuku. Yagami Raito se enfureceu, mas ele já sabia que isso aconteceria, de qualquer forma. Ele sempre está um passo à frente de todos, o que o torna um péssimo dançarino, só para constar.
  • Kamijo já tretou com Hyde, do L'Arc~en~Ciel, pois ambos clamam ser o vampiro mais sexy do mundo da música. Ambos se enganam pois as otakus preferem o Gackt.
  • Teru nunca mostra a língua, pois durante a ressaca de um dia de bebedeira com o Jeremias, ela foi tatuada com um rostinho feliz, cortesia de um miguxo que estava de passagem. Dizem que isso influência sua face agora, já que ele nunca para de sorrir.
  • Kamijo coleciona Hello Kitties há séculos. Dizem que ele começou por querer superar a quase infinita coleção que Mana mantém desde os primórdios da criação.
  • Hizaki já foi Amazona de Prata sob o signo de Princesa Metaleira tr00 from hell de Rendas e Anáguas.
  • Kamijo nunca foi abraçado por sua mãe.