Violated Heroine

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Garota hentai.gif SEM VERGONHA!!

Tava procurando putaria e caiu nesta página "sem querer", não é?! Pelo menos feche a porta do quarto e divirta-se!


Heroína Violada
1275082455700s.jpg

Como pode ver, Nanako terá que enfrentar inimigos "interessantes" na sua aventura.

Informações
Desenvolvedor {{{developer}}}
Publicador Desconhecido
Ano 2011 (Versão inglês)
Gênero RPG e Eroge
Plataformas PC
Avaliação 100% violado
Idade para jogar PROIBIDO PARA QUALQUER UM COM SANIDADE.

Cquote1.png Finalmente um jogo em que posso fazer minhas fantasias verdadeiras! Cquote2.png
Pervertido sobre Violated Heroine
Cquote1.png MAS QUE PORRA É ESSA? Cquote2.png
Feminista sobre Violated Heroine
Cquote1.png É arte! Cquote2.png
Usuário do 4chan sobre Violated Heroine
Cquote1.png Se cópias de Violated Heroine fossem dadas de graça na rua, haveriam 90% a menos ejaculadores em metros. Cquote2.png
Bolsonaro sobre Violated Heroine

Violated Heroine é uma obra primo do porno, como diria o Stephen King. Criado por um usuário aleatório do 4chan, essa belezura de game é conhecida por ter QUASE TODO CONTEÚDO relacionado á estupro. Sim, amiguinho, você ouviu direito, ESTUPRO. Esse não é aquele joguinho amigável que você vê por aí, estamos falando de pornografia PESADA. Sua personagem pode, por exemplo, ser forçada á uma orgia no meio de um bar enquanto vomita no chão. É tipo vivendo á vida adoidado, só que com mais sexo. E estupro. Outra mecânica que chama atenção do jogo, é seu sistema de GRAVIDEZ. Sim, você ouviu direito, GRAVIDEZ. Pensa que pode simplesmente transar com qualquer um que ver por aí e sair livre, leve e solto? Nah, Violated Heroine é HARDCORE, contendo todos os estágios de gravidez e ainda uma cena de parto, com uma imagem do horror amor que você pariu. Dá até mesmo para você interagir com seus filhos, e se quiser, dar eles pro orfanato ou vende-los no mercado negro para fazer aquele dinheirinho maroto com trabalho infantil! Não é a toa que uma belezura dessas foi feita pelo 4chan.

Nanako e sua amiguinha se preparando pra uma cena eroge juntas, pra alegria dos fãs.

Personagens[editar]

Nós pulamos a sessão história porque esse game NÃO TEM HISTÓRIA. Você é uma aventureira que chegou numa cidade/está atrás de um ladrão/está com amnésia/FOI VENDIDA PRO MERCADO NEGRO dependendo da sua história, e agora tem de achar um jeito de fazer dinheiro, ou algo assim. Você, sendo uma aventureira bem dotada (De tudo, por sinal) deve participar de missões pra guilda mais próxima, que provavelmente-com-só-uma-pequena-chance irão resultar no seu estupro. É claro, que aventureiras são essas, você deve estar me perguntando, caro leitor. Bem, elas estão abaixo, mas não espere grande diferença entre elas. Há 99% de chance delas acabarem como escravas sexuais.

  • Nanako: A heroína "principal", por assim dizer. Ela quer se tornar uma heroína de sucesso, salvar o mundo e ser glorificada de pé por todo mundo. Infelizmente, ela ainda não percebeu que está num eroge cheio de estupros, algo que... "dificulta" o sonho dela. Só tem 15 anos, e mesmo assim não está imune as centenas de milhares de MERDAS que podem acontecer com ela. Ela também pode visitar a cidade em que nasceu no jogo usando o mapa, mas como o jogo foi feito por um "gênio" da programação, nenhum dos npc's de lá conversam com você e o jogo trava se falar com alguns.
  • Serena: Uma garotinha muito simpática de 11 anos, que obviamente, também não está imune ás coisas horríveis que podem acontecer as outras protagonistas. Ela vai até a capital com o objetivo de resgatar o brilhante que foi roubado do tesouro de sua família nobre, algo que totalmente não vai dar em merda. Ela é até que forte como personagem, e em geral a posição social dela vai ajudar em várias enrascadas que o jogador irá se meter no game, mas NÃO TENTE força-la a fazer qualquer ato sexual. Sério, ela irá recusar. E ainda por cima xingar o jogador!
  • Ashley: Uma poderosa maga do gelo que possui poderes de controlar o gelo. Quando ela aidna era criança, o pai dela foi comprar cigarro, e nunca mais voltou. Por causa disso, a mãe dela a vendeu pro comércio de escravos para dar a ela "uma vida melhor". O resultado foi que, quando ela é finalmente encontrada pela Nanako, já foi abusada mais de 20 vezes. Que mãe mais simpática! Ela pode ser jogada caso você entre o código de trapaça na tela inicial do jogo, e mesmo sendo cega dos olhos, ela é capaz de enxergar. Como isso é possível? Simples, MAGIA.
Nanako ensinando para um garotinha na fonte termal como é que se mija.
  • Erika: Uma guerreira bombada que treinou com o Leo Stronda pela vida inteira, e graças á isso consegue socar os inimigos dela com facilidade. Ela é a mais masculina das protagonistas, e também é provavelmente a mais efetiva em combate. Sua única desvantagem é que ela não possui um braço, já que ela o perdeu enquanto lutava contra um temível mafagafo gigante, e por causa disso não pode usar espadas de duas mãos e bater siririca. ODEIA qualquer ato sexual, e xinga o jogador ainda mais que a Serena caso ele queira ser safadão com ela.
  • Rin: Amiga da Nanako e chefe da guarda da capital. É uma mulher forte, bonita e confiante. Ah sim, esquecemos de mencionar: Ela também é uma futanari DOIDA POR RABOS! Sim, amiguinho, ela é a primeira personagem do jogo á ter um piru, e ela não tem medo de usa-lo na Nanako ou qualquer outra garota que achar. Ela ganhou essa jeba aí após ser aprisionada por um assassino em série, que obviamente como seu primeiro até maléfico decide implantar uma piroca na garota. Algo incomum dela quanto á futanaris, é que o piru é bem pequeno até, tendo só 12 centímetros.
  • Elmire: Uma garotinha de 9 anos. Sim, ela é uma garota de 9 anos em um jogo eroge. Além dessa ser provavelmente a pior combinação já criada na face da Terra, ela corre os memsos riscos que as protagonistas acima, sem exceções. Digo, tá certo que é um jogo criado pelo 4chan, mas Jesus, olha a audácia dos filhas da mãe, colocando uma garotinha 9 anos nesse jogo sadístico! Ela, como se pode ter uma ideia, nada boa em combate físico, tendo como maior habilidade lutar com magias. E PELO AMOR DE DEUS, não coloque ela em situações sexuais, seu doentão.

Sistema de corrupção[editar]

Típica reação de um jogador experiente de Violated Heroine ao ser estuprado.

Esse jogo fantástico, além de ter uma história cativante, também tem um sistema de corrupção. O que seria isso, você me pergunta? Bem, o sistema de corrupção trabalha com o quanto de merda você anda fazendo no jogo. Se você age que nem uma garotinha santa, a sua protagonista vai também ser uma santa e fazer de tudo para proteger sua xereca/poupança de inimigos doidos por sexo. Agora se você agir que nem um pervertido desgraçado que fica jogando a protagonista no meio de monstros de propósito só pra ver as cenas de sexo algo que eu sei que você vai fazer agora que eu te disse, a protagonista também vai agir que nem uma maníaca por sexo e ignorar o fato que está sendo estuprada, eventualmente até procurando sexo por vontade própria. Tai algo que faria as feministas travarem o cu! Há vários modos de aumentar sua corrupção, mas muito poucos modos de diminuir ela, afinal, uma vez doido por sexo, para sempre doido por sexo, como diria todo bom punheteiro. O modo mais fácil é sendo estuprado, pois aparentemente, no mundo do Violated Heroine, ser estuprado te faz querer repetir a dose, ou algo assim.

Outra coisa interessante do sistema de corrupção é que ele afeta DIRETAMENTE como suas cenas hentais rolam. Com corrupção baixa, as garotas vão sempre ficar 100% PUTASSAS caso você force elas a transar com alguém. Caso elas acabem sendo abusadas, a coisa fica ainda mais tensa, com elas te xingando, falando que nunca irão te perdoar, e que você é um porco sujo sem educação maior verdade impossível. Caso elas já tenham sido corrompidas o bastante, elas agirão de modo contrário, tendo orgasmos frequentes durante o sexo e até mandando os estupradores foderem ela mais rápido, pra uma hilaridade completa. Elas também irão aceitar fazer os trabalhos mais "sujos", aceitando até mesmo se prostituir pra ganhar um ouro extra. De modo secundário, tem também o medidor de luxúria. Ele é secundário ao sistema de corrupção, e serve pra medir o quanto as garotas curtem o sexo. Com uma luxúria alta combinada com alta corrupção, é possível que elas tenham um orgasmo literalmente na hora que o pênis entra dentro delas! E ainda dizem por aí que o orgasmo feminino é só um conto...

Serena brincando com os orcs. A amizade não é linda?

Missões[editar]

Sim, missões. Achou que aquela história lá em cima era só uma "desculpa" pras nossas heroínas serem violentadas por monstros e humanos corruptos? Bem, tecnicamente é sim uma desculpa, mas isso não vem ao caso. Você pode conseguir missões de dois modos, 1, você vai andando pelas cidades enchendo linguiça dos outros até alguém ficar com dó de você e te mandar numa missão pra se livrar de tu, ou vai na guilda dos heróis e paga alguns temeres pra conseguir a licença de herói, que é uma licença para fazer atos heroicos (Derp). Com a licença de herói em mão, você pode chegar um caderninho com missões HERÓICAS para se fazer, incluindo matar goblins, matar minotauros, caçar demônios e se prostituir em um bar. Se algum desses pareceu fora do lugar, não se preocupe, é só impressão sua. Há atualmente dois lugares para acessar a guilda, a cidade da fonte termal e a capital. A cidade da fonte termal tem as missões de noobs e a primeira parte da história, enquanto a capital tem as missões difíceis e a segunda parte dela. Ou melhor, era pra ter, se o jogo não estivesse inacabado.

  • Matar os orcs: Você deve matar orcs. É, nome não muito criativo, não é mesmo? MAS NÃO RIA! Essa é uma importantíssima missão que envolve a nossa protagonista ter que caçar alguns orcs que estão infestando o muro da cidade. Devem de ser orcs mexicanos. Para resolver o problema, você deve retira-los de lá á força, de preferência cometendo genocídio. Tem também um orc verde chefão que você também pode matar, mas como o próprio dono da guilda diz, você não é obrigado a fazer isso, já que esse orc malhou na academia e pode te socar rapidinho.
  • Matar o orc rei: A guilda descobre quem é o cafetão que comanda os orcs, e manda a protagonista ir lá dar uma lição nele e coletar o aluguel. O orc rei obviamente não quer pagar, então o jeito é tentar "convence-lo" dando umas palmadinhas na sua cabeça. De preferência palmadinhas que deixem ele incapacitado para roubar todo seu dinheiro. Para chegar até ele, a heroína deve enfrentar uma caverna cheia de orcs querendo uma lasca dela. Caso você perca uma luta, o orc rei decide te dar uma "lição" te fazendo o escravo pessoal dele. Carinha simpático!
  • Escortar o mercador: A guilda te contrata para proteger um camelô, que está sendo perseguido pelos seus cobradores. Obviamente, ele é incapaz de lutar, se não ele não teria feito o contrato. Então bora ir pra cima e encher os monstros filhas da puta de porrada, porque o mercador em si é menos útil que a Ashley do Resident Evil 4 (Ok ok, não é tão ruim ASSIM. A Ashley é outro nível). Durante a viagem vocês são obrigados a se esconder em um galpão, e se sua corrupção for alta demais, pode acabar tendo que pagar o pato pro mercador, literalmente.
  • Detonar os bandidos: Missão disponível depois de fazer todas da primeira cidade. Você e a guilda descobrem aonde fica a base super-secreta dos bandidos: Na montanha do lado da cidade. O chefe da guilda fica obviamente puto com os guardas da cidade não serem capazes de achar uma base que pode ser vista á olho nu, e você e seus amiguinhos vão lá enfrentar o rei dos bandidos, que revela na verdade ser um mutante FROM HELL que cria uma cabeça gigante pra te matar. No meio da luta, a protagonista acaba invocando um chakra divino dentro dela e chuta a fuça do tal bandidão.
  • Matar a geleca: Primeira missão da capital, a guilda te manda pra matar uma geleca que está devorando as pessoas. Obviamente, gelecas não ficam andando por aí pra serem morta, então bora se enfiar no esgoto e caçar a maldita. Após enfrentar ratos, outras gelecas e monstros genéricos típicos de rpg, você finalmente encontra a satânica geleca que tomou conta do esgoto. Se derrota-la, irá ganhar incríveis 5000 barras de ouro que valem mais do que dinheiro. Se perder, bem, espero que não se importe em virar o brinquedo sexual da geleca pelo resto da vida!
  • Coelhinha de bar: Sim, coelhinha de bar, caro leitor! Missão amada pelos pervertidos e jogadores em geral, ela é bem fácil e tem bastante oportunidade pra putaria ocorrer. Você vai ser contatado pelo dono do bar, que pediu pela ajuda de uma "voluntária" da guilda pra "ajudar" no bar dele. Por ajudar, queremos dizer ficar seminua e dançar no meio dos clientes que provavelmente não fizeram sexo nos últimos 10 anos. Dependendo da corrupção da protagonista, ela pode desde dançar normalmente, até começar uma ORGIA NO MEIO DO BAR. Todos vão a loucura. Menos o chefe da guilda, que fica puto por você equecer a parte de dançar pra transar (Até rimou!)

Sistema de Gravidez[editar]

Sim, SISTEMA DE GRAVIDEZ! Esse mundo de hoje em dia está muito moderno, ora pois. Esse INCRÍVEL sistema emula praticamente tudo do sexo e gravidez da vida real. É claro, continua sendo só um sistema virtual e na vida real você vai continuar sendo um virgem inútil que não conseguiria se reproduzir nem se tivesse dinheiro pra pagar uma prostituta, mas tudo bem, porque se você pudesse, não estaria vendo um artigo sobre um jogo pornográfico numa paródia da Wikipédia. ENFIM, esse sistema tem como base poder regular e configurar, e mais importante de tudo, acompanhar a gravidez das heroínas. SIM, você pode ficar grávida nesse jogo. Não é que nem em outros jogos hentai que você pode literalmente colocar o pênis dentro de qualquer garota que nada irá acontecer. Aqui tem consequências! Todas as garotas possuem um ciclo menstrual, que é algo que você provavelmente aprendeu no ensino fundamental, mas se esqueceu de tudo, menos a parte de "vagina" e "ejaculação". Enfim, as garotas tem dias perigosos e dias seguras. Se alguém gozar nelas num dia perigoso, ela fica grávida, simpris.

Durante a gravidez, a personagem vai fazer comentários de como a vida dela é uma merda, de como o jogador deve de ser doente mental, e mais importnate de tudo, como é que diabos ela conseguiu ficar grávida de seres não humanos. É possível conseguir um aborto com a doutora da capital, mas isso custa um dimdim e dependendo do bebê a heroína vai ficar com dó de ter que fazer isso. Se você for preguiçoso pra ir atrás da operação ou simplesmente deixar a gravidez fluir, a heroína vai dar a luz. Lembrando que o parto ocorre no LUGAR ONDE VOCÊ ESTIVER ATUALMENTE, então sim, é possível, se você for muito azarado, ter que parir o bebê no meio da cidade, em vista pública. Por sorte, os npc's devem de ter caca no cérebro, pois eles não só não comentam no ocorrido, como nem param para tentar te ajudar. Novamente, culpe os programadores. Depois da dar a luz, alguns bebês vão te dar a opção de fazer eles serem parecidos com as mães, os com os bichos. Seja lá a opção que você escolher, você pode depois cuidar da sua abominação que até Deus negaria criança ou dar ela pro mercado escravo. Dinheiro dinheiro!

Ver Também[editar]