Will Stevens

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Will Stevens é um figurante profissional, o auge de sua carreira ocorreu quando por 1 ano inteiro atuou como figurante de piloto de Formula 1 na temporada de 2015, e por muito pouco não superou Narain Karthikeyan em quantidades de voltas sofridas como retardatário.

Carreira[editar]

Will Stevens, figurante sob qualquer circunstância (ele é o de vermelho).

Kart[editar]

Sua primeira competição no kart foi em 2003, e em 5 anos competindo nessa porcaria jamais venceu ou conquistou qualquer resultado relevante, já desde muito cedo demonstrando toda sua capacidade e vocação para figurante em não conseguir vencer direito nem os campeonatos semi-amadores.

Formula Renault 2.0[editar]

Assim que ficou adulto se transferiu para a categoria Formula Renault 2.0. Por três anos disputou esse campeonato terciário e conquistou apenas posições terciárias, e não estamos nos referindo a terceiras colocações, mas sim sextas posições no máximo.

Formula Renault 3.5[editar]

Na medida que ia subindo de categoria os resultados iam piorando. Na Formula Renault 3.5 ficar em décimo já era missão difícil para o piloto, que parecia estar sempre com os braços engessados para explicar porque ele era tão ruim.

Formula 1[editar]

Caterham 2014[editar]

O auge de sua medíocre carreira começou em 2014 quando se tornou piloto reserva da Marussia, uma equipe derrotada da Formula 1. Passou o ano inteiro parado (o que não seria muito diferente de ele pilotando), e somente na última corrida, no GP de Abu Dhabi, ele foi chamado às pressas para substituir Max Chilton que havia dado chilique. Como tanto Marussia quanto Caterham são duas equipes desprezíveis, Will Stevens nem percebeu que ele era piloto reserva era da outra equipe, mas como ninguém se importa com estes carros inúteis, ninguém contestou sua participação na última corrida.

Marussia 2015[editar]

Para 2015 Stevens foi oficializado como piloto titular da Marussia, embora ninguém se importasse com isso pois a equipe é totalmente desconhecida. Por estar numa equipe falida, nem chegou a participar do primeiro GP da Austrália por falta de verba para a viagem. Durante o resto da temporada ele só serviu para atrapalhar os primeiros colocados, sendo aquele carro café-com-leite que toma pelo menos umas 4 voltas de retardatário. Foi o carro mais ultrapassado por Lewis Hamilton ao longo da temporada por causa disso.

A sua corrida de maior destaque foi a do GP do Canadá, quando ele foi algo da fúria de Romain Grosjean, que furou o seu pneu, fazendo-o tomar 5 voltas de retardatário, e não 4 como ele era sempre acostumado.

v d e h
Pilotos da Fórmula 1