Xenosaga Episode I: Der Wille zur Macht

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Xenosaga Episode I: Der Wille zur Macht é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, um Minotauro mata um hoplita.


Xenosaga Episode I: Contra a Impotência Sexual
Kos-mos zur macht.jpg

Na luta contra a impotência (Der Wille zur Macht) - Adult Only

Informações
Desenvolvedor Monolith Soft
Publicador Namco
Ano 4768 T.C.
Gênero RPG
Plataformas George Foreman Grill
Avaliação 30%
Idade para jogar Recomendado como sonífero

Xenosaga Episode I: Der Wille zur Macht é um jogo fracasso de vendas que narra as aventuras eróticas descritas no romance mundialmente famoso Vontade de Potência de Friedrich Nietzsche. Desenvolvido exclusivamente para o George Foreman Grill Playstation 2, a Namco criou um RPG até bonito visualmente, mas tedioso de se jogar e lotado de personagens sem um pingo de carisma (com exceção da KOS-MOS, muitíssimo carismática, ao estilo Rei Ayanami).

Jogabilidade[editar]

KOS-MOS bem-sucedida em sua missão de acabar com a impotência sexual (Der Wille zur Macht).

O jogador deve controlar três personagens entre várias crianças e uma robô sexy em longos e repetitivos combates com inimigos aparentemente infinitos e chatíssimos, enquanto a barrinha de especial enche lentamente igual em Final Fantasy VII liberando sempre um ataque especial de merda que mal mata uns capangas.

Os chefões demorados e criativos oferecem outro desafio para os jogadores, em sua maioria noobs, que desperdiçam horas de suas vidas enfrentando monstros virtuais que te matam em um critical hit, perdendo e precisando voltar lá pro último Save Point e assistir todas cut-scenes longas e em alemão outra vez.

Enredo[editar]

Tudo começa no ano de 4576, quando arqueólogos descobrem no Lago Turkana um antigo emulador de Nintendo 64 (Zohar Emulator), e assim, a impiedosa Federação Galática deseja colocar as mãos nessa relíquia da antiguidade que vinha até com Mario Kart e Banjo Tooie.

Simultaneamente a isso, as Sex-Shop Microsoft desenvolveram a modelo de boneca erótica KOS-MOS com o objetivo de combater a impotência sexual (por isso o título Der Wille zur Macht, que em alemão significa vontade de potência). A robô é vendida para uma pequena nerd e seus amigos para terem com o que desenvolver a sua puberdade no espaço sideral.

A turma da pesada viajam para vários planetas desenvolvendo dramas piegas dignas da novela Malhação. Entre os planetas explorados a troco de nada estão Coruscant, Tatooine, Plutão e mais um monte de planeta merda.

O jogo termina sem fim e te obriga a comprar a sequência Xenosaga Episode II: Jenseits von Gut und Böse para saber se KOS-MOS morre no final.

Personagens[editar]

Com personagens pouco carismáticos, KOS-MOS (a única carismática) e um monte de pirralhos (nada carismáticos) devem derrotar as ambições do terrível Sephirot.

v d e h
Xeno logo.png