Yakiniku

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
No Wikipedia.png QUEBROU A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: Yakiniku.

Cquote1.png Aqui no cú?!?!?! Cquote2.png
Velha surda do A Praça é Nossa sobre Yakiniku
Cquote1.png Porra mano, isso tem lá na minha quebrada tá ligado? Cquote2.png
Mano da periferia confundindo Yakiniku com Churrasquinho de Gato

Yakiniku é um churrasquinho de gato prato típico coreano japonês, amplamente consumido no Japão caracterizado por ser um dos raros pratos japoneses que não são gelados e feitos de peixe crú.

História[editar]

Japan^^.png
Katana.jpg
Atenção Gaijin!
O governo imperial do Japão condena as interpretações históricas e as visões apontadas nesse artigo! Esse artigo é baka, e não kawaii!
Yakiniku: Um prato típicamente coreano japonês.

Embora o governo japônes e donos de restaurantes japoneses, temakerias e sushi-bars afirmem categoricamente que o Yakiniku é um prato típico japonês, a história desse prato se origina na Coréia, lugar aonde o mesmo foi inventado.

De acordo com históriadores, o prato surgiu no período da Segunda Guerra Mundial durante a ocupação japonesa da Coréia. Durante esse período, segundo historiadores, a população coreana passou por graves dificuldades de falta de alimentos e por tal motivo, os cortes de carne tradicionais coreanos como o Contra-Filet de Cachorro e a Alcatra canina tornaram-se raros e de dificil acesso a população da região. Devido a esse motivo, carnes de menor padrão de qualidade começaram a ser utilizadas pela população, entre elas o cu de cachorro, o qual passou a ser utilizado amplamente por vendedores de churrasquinho de feira coreanos.

Dessa maneira surgiu o Yakiniku, cujo nome traduzido literalmente do coreano clássico quer dizer "Carne macia do cu do cachorro".

Em pouco tempo o Yakiniku tornou-se um dos pratos mais consumidos em toda Coréia, inclusive pelos ocupantes japoneses, ja que com o prolongamento da ocupação japonesa na Coréia, muitos soldados japoneses passaram a frequentar as feiras livres coreanas e tiveram contato com os improvisados espetinhos que lá eram vendidos.

Com o fim da guerra a tradição do Yakiniku foi levada para o Japão junto dos seus soldados e de refugiados coreanos que haviam colaborado com os japoneses, e lá se popularizou amplamente sofrendo algumas alterações na sua composição (voltou-se a usar cortes caninos mais requintados embora não seja incomum encontrar espetinhos com o legitimo corte de cu de cachorro).

Ingredientes[editar]

Além da carne já mencionada, os espetinhos são temperados com saquê e sal, além de ocasionamente, ervas aromaticas japonesas. O modo de preparo é bem simples, bastando apenas levá-lo ao fogo em uma grelha de churrasquinho de gato apropriada. Devido a falta de espaços internos nas casas japonesas é bem comum esse prato ser feito no George Foreman Grill, o qual se popularizou bastante no Japão recentemente.

Ver Também[editar]

Dios1.png Importante! A Igreja Universal quer sua atenção!

Deus quer que este artigo seja ampliado.
Aqueles que o fizerem, serão ajudados pelos seus tentáculos. Os que ignorarem, irão para o inferno pra sempre.
Não seja herege e obedeça a verdade única e divina!

Feijaoovofrito.jpg Este é um artigo gastronômico.

Para entendê-lo, é preciso comer essa mistureba do caralho aí do lado.