Yuji Ide

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Yuji Ide(ota) é um japa nascido em 1900 e lá vai cacetada, é um dos piores pilotos da história da formula 1 conhecido pelo seu estilo kamikaze de destruir as corridas alheias.

Infância[editar]

O japa quando criança ganhou um kart de seus pais, que eram japoneses nerds, aos 12 anos fez sua primeira corrida de kart, e perdeu é claro, sendo que tirou 15 dos 17 carros de pista e ficou todo feliz por ter chegado em segundo (claro por que só havia dois carros na pista) que por sinal era uma pista só em reta sem curvas.

Carreira automobilística[editar]

Formula 3000[editar]

Yuji foi pra Formula 3000 e na primeira corrida explodiu a bomba de gasolina do pit stop de sua equipe causando uma explosão sinistra no circuito, parabéns!

Formula 1[editar]

A grande façanha.
Ide se escondendo de Aguri Suzuki nos boxes da Renault.

Aí foi a vez de tentar a sorte na Formula 1 na falida equipe Super Aguri. O japa na primeira corrida, é claro, se envolveu num acidente, na segunda corrida também, na terceira completou terminando a prova em décimo terceiro lugar sendo que eram 22 carros mas 9 abandonaram e ainda tomou duas voltas do líder. Na quarta corrida, no circuito mais seguro do mundo, Ímola, o japa fez o carro do holandês Christijan Albers de brinquedo e mandou o colega de profissão ir dar umas 70 voltas (só que em capotagens).

Ai o tio Bernie tirou a carteira de piloto dele (sim, isso mesmo! Não é qualquer um que consegue esse prodígio, mas ele conseguiu!) e mandou ele chupar pinto de africano, já que japonês tem pinto pequeno, e excluiu esta privada ambulante da F1.

Super GT Japão[editar]

O retardado foi correr na Super GT do Japão e la cruzou a linha de chegada em primeiro (por que era retardatário) e atropelou dois mecânicos pensando que tinha ganhado a corrida.

Yuji Ide na Super GT Japonesa continua fazendo suas vítimas. Na corrida de Suzuka de algum ano qualquer, ao perceber que sua gasolina estava acabando, o mecânico da equipe Bosta Racing Team mandou Ide entrar no pit-stop urgentemente. Yuji Ide não pensou duas vezes em acatar as ordens, só que o desgraçado virou o carro na contra-mão e acertou em cheio o piloto Mirosvaldo de Abreu do Kosovo. O piloto kosovar não resistiu a porrada que o japa deu no seu fiat 147 e a cabeça do piloto foi parar lá no Morro do Alemão. Mesmo com o acidente Yuji Ide voltou para a pista e terminou em último atrás até do Mirosvaldo de Abreu que mesmo sem cabeça continuou pilotando até o fim apenas com os últimos resquícios de espamos cerebrais nos músculos.

O seu melhor amigo é o bom piloto, mas barbeiro pra caralho, Takuma Sato, que Yuji Ide declarou certa vez: "só não te dou outra porque não consigo pilotar esses carros monopostos.".

Yuji Ide se viciou em maconha, e numa corrida em Interlagos bateu a 257km/h na assassina curva do café. Levado para o hospital após o acidente os médicos tiveram que amputar o cérebro para ele sobreviver e a cirurgia demorou 3 semanas, já que o cérebro era visto apenas com a ajuda de microscópio. Na mesma semana Yuji Ide voltou para as pistas, uma vez que a cirurgia não obteve efeito algum porque ele nunca usou o cérebro mesmo. Na sua re-estreia atropelou um comissário de pista igual fez o Tom Pryce, seu ídolo, Yuji Ide pegou os pedaços do cara e jogou para a platéia. Na corrida seguinte venceu (aleluia) e com uma cueca da vitima do atropelamento desenhou uma bandeira do japao e fez igual Ayrton Senna em suas comemorações de vitória. E só pra terminar enquanto você lia Yudi Ide batia.

Ver no Youtoba[editar]

v d e h
Pilotos da Fórmula 1