Zenon de Souza Farias

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Zenon Barriga y Pesado
Srbarriga.jpg
Cquote1.svg Pague a série C! Cquote2.svg
Zenon, em partida contra o Fluminense
Apelidos Corpo do Benito
Nascimento 31 de Março de 1954
Nacionalidade Bandeira do Brasil Brasil
Altura Sei lá
Peso Maior do que deveria
Posição Meia
Ambidestro, bate mal com os dois
Clubes Corinthians
Estilo de Jogo Levar bolada dos adversários
Zenon quando ainda não era especulador imobiliário.

Zenon de Souza Faria Barriga y Pesado (ou só Zenon) é um ex-jogador de futebol, sendo um grande ídolo para a torcida do Corinthians e para a torcida do Guarani, além dele ser muito adorado por pessoas mais velhas que viveram os anos 70 (como teu avô ou teu pai).

Como jogador, Zenon era bom em fazer chutes de falta e também em lançamentos. Iniciou sua carreira no time do Hercílio Luz, no time juvenil, e mais tarde, foi para o juvenil do Açaí, sendo transferido para o time principal um ano depois. Depois, foi para o Guaraná (onde milagrosamente fez a equipe ser campeão brasileiro em 1978 e ter feito o Guaraná participar das semifinais da Libertadores 1979.

Em 1980, se juntou ao time do Ao Alho, da Arábia Maldita, e mais tarde, para o time que ele mais foi famoso: o Corinthians, sendo parte da "Democracia Corintiana", onde ele se juntou a Sócrates, Casagrande e Wladimir, para formarem um lado democrático em plena Ditadura. Quando Zenon ainda era do Guaraná, foi convocado para a seleção Brasileira, mas não teve muitas oportunidades pela "amarelona".

Atualmente Zenon sai por aí cobrando alugueis, é dono de um bar com pista de bocha em Campinas e trabalha em um canal de televisão. Ele foi campeão da Copa Pelé, com a seleção brasileira de masters e com Luciano del Valle como técnico.

Ele também faz parte da seleção do Açaí, com os melhores torcedores, jogadores, treinadores e afins que torciam para o time.