Amanozako

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Feio002.jpg Este artigo é sobre algo ou alguém com falta de beleza!

Não nos responsabilizaremos por qualquer dano em sua visão ou vontade de continuar a viver.
Pode conter imagens perturbadoras de pessoas ou lugares feios.


Amanozako é a divindade máxima do Mundo do Contra, tendo gosto em fazer exatamente o contrário do se espera dela. Assim como as demais divindades da mitologia japonesa, habita no céu, um conjunto habitacional construído com o dinheiro do contribuinte através do programa "Meu Templo, Minha Vida".

Aparência[editar]

Amanozako com o último que fez piadas sobre seu nariz.

Sua aparência não é das melhores, precisando urgentemente de uma cirurgia plástica com o Dr. Rey. Sua face é bestial e meio deformada, parece até que lhe quebraram todos os ossos da cara.

Seu nariz é de tengu, ou seja, grande pra caralho e com uma coloração estranha, parecendo que ela cheirou as carreirinhas do Fábio Assunção.

Seus dentes são enormes e se parecem mais com presas, podendo matar até um animal pequeno... Quantos anos você tem?

Suas orelhas são grandes e pontudas como a daqueles goblins do Final Fantasy, estragando ainda mais o seu visual já não muito privilegiado.

Enfim, a conclusão é que provavelmente os pais de Amanozako eram irmãos.

Comportamento[editar]

Dizem que gente feia compensa a feiura sendo gente boa, mas nem isso Amanozako consegue ser.

Por ter sofrido muito bullying quando era pequena, ela ficou com raiva de todos os humanos, divindades ou o caralho que seja. Assim, quando fica entediada no céu, ela frequentemente vai para o Japão só pra pentelhar os japoneses, como se o Godzilla e o Gamera não fossem o suficiente. Sua especialidade é possuir o coração dos humanos, fazendo eles agirem com arrogância, mentindo sobre o tamanho do pau.

E quando as coisas não saem como ela quer, Amanozako demonstra outra de suas especialidades, a de rodar a baiana. E aí não tem nem Susanoo que consiga pará-la, quando tá putaça, Amanozako consegue arremessar qualquer um, até mesmo os deuses antigos, a quilômetros de distância.

Mito[editar]

Tudo começa quando Susanoo come alguma de suas parentes, pois diferente de Zeus, ele tinha preguiça de descer pra Terra pra botar o pinto em alguma humana qualquer. Nove meses depois nasceu Amanozako, com a sua aparência meio bugada.

Amanozako pentelhou por milhares de anos os japoneses, como se eles já não fossem fudidos o suficiente. Mas quando cansou disso, até porque não aguentava mais ser derrotada pelo National Kid e pelos Cavaleiros do Zodíaco, ela decidiu sossegar e focar em parir um filho. O problema é que ninguém em sã consciência queria comer tal aberração, então Amanozako usou seus poderes divinos para engravidar sozinha, através de uma mágica antiga conhecida como inseminação artificial.

Quando enfim nasceu seu filho, Amanozako o nomeou como Amanosaku (Ama o Saco), o que fez com que o pivete também sofresse bullying durante as chamadas escolares. Juntando isso com sua aparência horrível, e estava criado um moleque revoltado com uma chance bem grande de ser um remake do Eric Harris. É claro que Amanosaku não ficou muito diferente de sua mãe, arrumando treta por onde passava. Mas como ele era ambicioso e forte pra caralho por possuir poderes divinos devidamente calibrados e aprovados pelo Inmetro, Amanosaku conseguiu derrotar na mão e se tornar o líder de todas as desgraças do mundo espiritual.

Agora rico e atraente para a mulherada em geral, Amanosaku conseguiu honrar sua mãe, fazendo filho a rodo e espalhando um monte de gente feia pelo mundo. Seus descendentes igualmente bugados são conhecidos como tengus, e seu descendente mais famoso é Amanojaku.