Baby Luigi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Marquezine.JPG Este artigo trata de crianças realmente CHATAS!

Que fofinho, este artigo é sobre uma criancinha bobinha. Edite-o até ela
deixar de ser fofinha, senão Maísa irá te ligar!

250px-Wario WWare.gif Este artigo é sobre um personagem secundário!

Quase ninguém sabe da existência deste zé ruela que só serve pra encher linguiça na trama e provavelmente está morto. Se bobear, nem no Google tá!

Clique aqui para ver gente que só fãs alienados conhecem.


Baby Luigi se cagando nas calças.

Cquote1.svg Você quis dizer: Chorão Cquote2.svg
Google sobre Baby Luigi
Baby Luigi, mais conhecido como Bebê Luigi ou Luigi Bebé, e até mesmo Baby Luigi Mario é uma ervilha ambulante, fantasiada de Baby Mario, no entanto com maior estilo, visto que pode se camuflar na mata para não ser sequestrado por mais um magikoopa, Toady, ou qualquer minions de merda do Bowser.

Diferente de seu irmão, Baby Luigi é melancólico e depressivo, visto como sombra de Baby Mario, acabou por se ver como um bebê inútil que apenas enche linguiça entre os destaques de Yoshi's Island. Durante o resto de sua criancice, o Luigi em miniatura fez questão de estar do lado de seu irmão, apenas para ganhar mais destaque, mas apenas acabou sendo conhecido como o figurante do figurante, já que o Luigi em si não é lá um grande herói corajoso e macho.

Assim como todos os clones de Mario, sendo eles o Luigi, Wario, Waluigi, o Mario de lata, o Mario de ouro, até mesmo o velho do Toadworthkanfthsch e as versões bebê, quem interpretou-o foi Charles Martinet que já na terceira idade não parece uma múmia viva, além de não parecer um dublador que fala como se estivesse com um pau atolado na boca.

História[editar]

Baby Luigi vindo ao mundo.

Assim como Baby Mario, Baby Luigi aparece na Fodástica Fábrica de Yoshis, para SNES. Lá é descrito pelos milenials que os bebês Mario são uma divindade, mas devido ao seu choro ensurdecedor, os deuses devem voltar para o barraco deles. Na trajetória, kamek manda os seus irmãos mágicos atrás dos bebês, em um forma de ser o maior traficante de bebês do mundo e deixar Bowser orgulhoso, Kamek falha e é forçado a deixar o convento. Depois dos yoshis salvarem a família Mario e a cegonha que os trazia, Baby Luigi e Baby Mario (Baby Luigi primeiro, porque o artigo é dele) estão livres para trazer o caos, a bagunça e a gritaria para todos os lados.

Baby Luigi também apareceu em outros jogos dinossáuricos como o Yoshi Touch & Go, na qual teve que ser esgurmitado do jogo para fins de falta de espaço, no entanto o nanico apareceu no multiplayer do jogo, mas afinal, quem liga para o multiplyer de um jogo de DS?

Emfim, sua melhor estreia foi no Mario Kart: Double Dash, junto ao seu tão amado irmão, os dois tem o poder de invocar o demônio um Chain Chomp em plena Avenida Brasil e soltar os cachorros em todos afrente deles. Mesmo não sendo o personagem favorito dos mais famboys da Não-Intendo, Baby Luigi continuou a aparecer em outras Korridas de Kart, só para dizer que o personagem ainda estava vivo de alguma forma, e não morto através de um suicídio (devido o seu melancolismo).

O último jogo significante dos bebes, foi Yoshi's Island DS, lá aparecem o Mario, a princesinha, o porrinha do Baby Bowser, Baby Donkey Kong, e o gordo do Baby Wario. E o Baby Luigi que foi o verdadeiro cão chupando manga, só apareceu por aparecer, até mesmo a cegonha teve um papel mais importante do que o verdinho aí.

Jogos[editar]

O desastre em pessoa.

Dentre os 20 jogos que o esverdado apareceu, a metade foram como figurinhas para colecionar, outra metade foi como gari na produção, e um deles foi como personagem significante. A seguir uma lista de jogos em que Baby Mario Luigi apareceu:

Curiosidades[editar]

  • Baby Luigi normalmente fica segurando vela quando Baby Mario e Baby Peach se pegam nos créditos dos jogos.
  • Baby Daisy, a suposta namorada do Baby Luigi é muito difícil, e dificilmente dá pro Baby Luigi.
  • A própria Nintendo confirma que Baby Luigi é um grande dum covarde.
  • King Boo já cogitou em transformar o Baby Luigi em um quadro, porém como seria taxado de pedófilo, o fantasmão não queria ter mais esse carinhoso adjetivo aos tantos outros que já possui.