Boodika

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Donamorte1.jpg Boodika já morreu!

Foi enfrentar madeireiras na Amazônia...

Clique aqui pra ver quem te espera no inferno

┘¶Æ╦Ù⌂ï◙ Ð˧©Î©£ØÞѮÐÎÅ !!!

Este artigo contém altas doses alienígenas! Não estranhe se encontrar uma sonda no cu dedão do seu pé ao terminar de ler este artigo. Se vandalizar, um Foo Fighter enfiará uma sonda em você!

Monalien.jpg
Boodika antes da cirurgia.

Cquote1.png Você quis dizer: Majin Boooodika Cquote2.png
Google sobre Boodika
Cquote1.png WTF? Cquote2.png
qualquer um sobre trocadilho escroto acima
Cquote1.png Experimente também: Mais um lanterna inútil Cquote2.png
Sugestão do Google para Boodika

Boodika era uma lanterna verde guerreira, mestre de armas e gostosona de mais um dos milhares de setores nos quais se separam o universo e que convenientemente são todos povoados por aliens genéricos que parecem os humanos. Boodika não é excessão.

História[editar]

Boodika era uma guerreira feminina de um planeta de guerreiras femininas que todos os dias fazia coisas de guerreira feminina junto de outras guerreiras femininas até que finalmente um anel de lanterna verde veio e desfez o marasmo feminino que sua vida como guerreira feminina costumava ser.

Lanternas Alfas[editar]

Boodika depois da cirurgia.

Depois que Sinestro decidiu fazer sua própria tropa de policiais coloridos do arco-íris, os Guardiões do Universo, também conhecidos como os Smurfs Galáticos, arregaram para a concorrência e decidiram virar pseudo-vilões facistas. Para isso, começaram criando uma força de robôs zumbis feitos de carne conhecidos como Lanternas Alfas, que julgariam e monitorariam a própria tropa para ver se ninguém estava dormindo em serviço. Boodika logo aceitou o convite para entrar nesse grupo, realizando seu sonho de infância de ter o rosto, os órgãos e as tripas cortadas, costuradas, remexidas e substituídas por metal, pl´stico e carne sintética, além de ter sua mente, sua alma, seu espírito, sua força de vontade, seu livre-arbítrio, suas emoções, seu nariz e sua vida propriamente dita arrancadas do corpo para todo o sempre. Quem não iria querer acabar desse jeito, certo?

Infelizmente isso significou que Boodika passara de gostosa do espaço para robô desalmado sem nariz que parece ter um tampão de vaso como rosto, tipo o Michael Jackson.

Morte[editar]

Como não tinha graça nenhuma ver uma ex-gostosa transformada num robô comedor de criancinhas, era de se esperar que não ia durar muito. Eventualmente, os Guardiões despirocaram e todos os Lanternas Alfas viraram máquinas de matar lanternas como parte do plano maligno malévolo do mal dos smurfinhos. Eventualmente, os lanternas da Terra acharam uma pacífica solução para o problema, que iria curar todos os Alfas e fazê-los voltar ao normal... mas dava muito trabalho, então ao invés deisso eles só mataram todos eles mesmo. Boodika foi morta e seus restos viraram sucata no lixão do plantóide da esquina. Fim da história.

v d e h
Bem-vindo à DCclopédia!