Comer

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Discionario em png.PNG O Descionário possui um verbete sobre Comer


Cquote1.png Experimente também: Trepar Cquote2.png
Sugestão do Google para Comer
Cquote1.svg Comer!? Pode vir que eu estou esperando!! Cquote2.svg
Xuxa puta sobre comer
Cquote1.svg Já comi. Cquote2.svg
Alexandre Frota sobre Xuxa
Cquote1.svg É o melhor para poder crescer Cquote2.svg
Gengis Khan sobre comer
Cquote1.svg Na União Soviética, a sua namorada come VOCÊ!! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre Comer
Cquote1.svg Quem tem dinheiro come; Quem não tem bate punhetaaaa.. Cquote2.svg
Roberto Justus sobre Comer
Cquote1.svg Muitooos já fizeram isso comigo. Cquote2.svg
Robin sobre ser comido
Cquote1.svg Aquela filha da puta me deu pau de novo!! Cquote2.svg
Estudante de Engenharia sobre professora mal comida de Cálculo
Cquote1.svg Cria minha!! Cquote2.svg
Capeta sobre comer
Cquote1.svg Só aceito quando encontrar minha alma gêmida Cquote2.svg
Guria retardada sobre ser comida
Cquote1.svg Vo ti Come, Vo ti Come! Cquote2.svg
Majin Boo sobre alguém

Indivíduos praticando o sentido da palavra comer em todos os sentidos.

A palavra comer descende do latim comedere: --> comer dele?? Estamos falando da esposa? Ou então seria comer ele? Bom aí depende da preferencia de você leitor!!

Verbo transitivo, o que nos permite transar com qualquer pessoa ou até mesmo palavras.

Origens[editar]

Pressupõe-se que a origem dessa palavra remonta dos tempos em que Adão resolveu trair Eva, justamente porque ela foi seduzida por uma cobra (sei que cobra é essa!) para ela comer a fruta (também sei que fruta é essa) e ela acabou comendo, Adão vendo aquilo resolveu comer a fruta, mas não a da Eva e sim da Dercy Gonçalves que era uma belíssima Virgem de 19 aninhos...

Este supostamente foi o primeiro ato de cumilança

Enfim, nessa suruba de fruta vai, fruta vem, fruta comida e fruta mal-comida (que deu origem às Professoras de Cálculo), juntamente, claro, com a "inocência" de Dercy Gonçalves, Eva, cobras e todo o Jardim do Éden, fica popularizado a palavra comer.

Pode-se concluir então, que ela surgiu antes do sexo, antes de fazer amor, antes de afogar o ganso, antes de tirar atraso, antes de funfar, antes de papai e mamãe, antes de nheco-nheco, antes de transar, antes de esconder a varinha. Enfim ela foi a primeira palavra utilizada para o hoje chamado sexo

Fatos que marcaram a evolução[editar]

Com o passar dos anos foram aperfeiçoando-se o sentido da palavra, claro que a nossa amiga que viveu ao longo dos anos ajudando no desenvolvimento dessa palavra que hoje é uma rotina para nós.

Eva esperando pela cobra.

5000 a.C.[editar]

Comer (alimentar-se): descoberta por Adão quando quase morreu engasgado por tentar engolir sem mastigar (porque ele não sabia) uma laranja inteira. Eva também teve sua descoberta particular, quando ela foi tentada pela cobra.

4000 a.C.[editar]

Comer (Foder): descoberto entre os primeiros Faraós que tinham como prática comum comer outros homens. Pesquisadores dizem que era apenas para servir os Faraós, ou não.

1000 a.C.[editar]

Comer (Foder): Era de ouro desta palavra, podemos dizer que houve um grande avanço científico em todos os sentidos, mais uma vez graças aos Gregos, que tinham como pratica foder o rapaz que estava entrando na sua adolescência. Relatos dizem que era uma celebração para iniciação sexual. Foi dai que surgiu o termo Beijo Grego, em que era a arte máxima de comer o cu com a língua somente.

700 a.C.[editar]

Comer (Foder): Ainda na sua era de ouro, os gregos ganharam mais adeptos da comilança, os Romanos. Ambos expadiram a palavra na sua totalidade, pois eles descubriram como ser comido por dois, tres, quatro ou até mais pessoas. Sendo estas pessoas livres para comer qualquer parte do corpo que elas quisessem. E ainda por cima expandiram ainda mais a comilança, tornando-a mais social, pois podia-se comer em conjunto com até duas pessoas compartilhando o mesmo orifício desejado.

450d.C.[editar]

Após o surgimento da Idade Média, pensou-se que a palavra iria desaparecer, mas isso não aconteceu, pois como dizem os livros de história todo o conhecimento ficou retido nos mosteiros e igrejas. De fato isso ocorreu, claro de uma forma mais discreta, diferentemente dos dias atuais, em que padres e freiras se comem entre si e ainda comem os fiéis da igreja, principalmente alguns padres que ainda detinham a cultura grega de iniciar alguns jovens à vida sexual "saudável".

Padre que recebia os fiéis de braços abertos para comer.

1000 d.C.[editar]

A igreja católica começou a perder fiéis então ela própria começou a comer o cu daqueles que eram contra o catolicismo. Mas o jeito dela comer era tão violento que as pessoas, às vezes, não sobreviviam como por exemplo temos o Geordano Bruno, que teve o cu comido por afirmar que a Sol era o centro do universo, mas ele não sobreviveu. Isso demonstra o tanto que a igreja se especializou em comer de uma forma lenta, gradual, e mortal de tanto prazer que as pessoas sentiam na época.

1100 d.C.[editar]

Começa a surgir relatos de pessoas que sobreviveram às comidas da igreja católica como por exemplo Galileu Galilei. Relatos dizem que a sobrevivência dele estava condicionada em não gritar durante as comidas que a igreja católica dava nele.

1400 d.C. - Até Dias Atuais[editar]

Por incrível que pareça esta comida de cu foi a mais benéfica de todas, pois como consequência trouxe a revolução industrial, o capitalismo (que é uma comelança total). Enfim, percebe-se que durante a idade moderna a palavra comer ganhou um sentido de foder o cara, meter ele em sacanagem, lascar o indivíduo. Com o passar do tempo a palavra comer já estava em seu uso pleno, mas faltava algumas novas palavras para significar a mesma coisa.

Significados[editar]

Comer(foder): transar, fazer sexo, funfar, fazer papai e mamãe, brincar de casinha, dar uma, afogar o ganso, molhar o biscoito, nheco-nheco, coabitar..., ou o que você quiser que seja, porra!!

Comer(alimentar-se): alimentar-se, ingerir alimentos. Depende do gosto do comedor pode ser coisas inusitadas também.

Típico comedor de cu em todos os sentidos imagináveis.

Comer (o cu) pelas beiradas: fuder, lascar o seu amigo, patrão, cunhado, professor, mas bemmmmmmmmmmmmm devagar de modo que ele nem perceba. Quando eles menos esperam, eles já estão sem casa, sem carro, sem esposa, sem emprego. Enfim você fudeu seu próximo.

Comer o cu: comer o da sua namorada, da sua esposa, da sua prima, da sua professora, da sua cunhada, no sentido de sexo anal. Pode ser também, o do seu namorado, do seu professor, do seu cunhado, se eles estiverem disposição para isso. Este tem dois sentidos: sexo anal ou lascar o indivíduo. É bom lembrar que há vários graus de dificuldade de lascar o seu próximo, isso depende o quanto ele exerce influência na sua vida. Por exemplo: você quer comer o cu da sua professora de Cálculo se você for bem sucedido parabéns!! Caso contrário ela vai te dar pau mais uma vez e pior ainda quem vai comer seu cu no próximo semestre ou nos próximos anos será ela! Ou seja ela obterá licença permanente pra te lascar.

Típica mulher mal-comida.

Mal comida(o): termo usado para pessoas aborrecidas com a vida, pessoas que só sabem reclamar e não tem uma palavra amiga. Geralmente este tipo de comportamento acontece entre pessoas que não foram bem comidas durante a semana, ou durante o mês ou ainda durante toda a sua vida assim como alguns professores, principalmente os de cálculo. Podemos então chegar a conclusão que: comer faz bem para a saúde todos à sua volta!! Coisa que até um analfabeto sabe que é essencial ao ser humano:

Cquote1.svg Comer é uma coiva que todo mundo gofta, é uma nefefidade orgânica do fer humano Cquote2.svg
Lula sobre Comer

Comelança: suruba, geralmente ocorre em festinhas de estudantes universitários, em que aquela inocentinha da sua sala ou ainda aquela paty insuportável que masca chiclete fazendo barulho, fazem coisas que até você duvida.

Típico come e dorme.

Come e dorme: apesar de não ser citado nos arquivos históricos, este termo bem provavelmente surgiu assim que os portugueses viram o povo baiano. Geralmente usado para designar pessoas preguiçosas que gostam de ser sustentados por outras, ou seja, um típico baiano.

Comer o olho e lamber o buraco: mesma coisa que lascar seu amigo, só que ainda você dá um fatality, brutality e ainda finaliza com um round house kick. Depois disso tudo ainda rouba todo o dinheiro do indivíduo assim como os bens dele, o emprego dele a mãe dele, a namorada dele, etc. Enfim é como se você fosse em uma festa, comesse tudo, cagasse no sofá importado de couro do anfitrião, cuspisse na cara dele, ficasse com a namorada dele, quebrasse o lustre de cristal da sala de jantar dele e ainda levava a televisão de LCD dele com 1000 reais no bolso de bônus.