Damasco

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Se procura outros significados, consulte Damasco (desambiguação).


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Damasco é a velha capital da Síria que fica ali no meio daquela confusão que alguns historiadores chamam de Oriente Médio. Damasco disputa com Biblos o título de cidade-capital continuamente habitada mais antiga do mundo co mais terroristas/casas precisando urgentemente de reformas.

História[editar]

O vasto favelão de Damasco.

A cidade foi fundada e habitada por séculos pelos aramaicos, espécie de povo odiado da época da Mesopotâmia (eram como se fossem os emos do mundo contemporâneo). Cidade antiga, até a Casa da Mãe Joana é mais arrumada, já passaram por lá gregos, turcos, inquisição espanhola, romanos, árabes, estrucos, judeus, indiano, ETs e marcianos.

Era também a última cidade da Rota da Seda, a antiga estrada trasasiática do transporte do precioso ópio chinês e todo tipo de muamba árabe.

A cidade se destacou por aparecer em O Senhor dos Aneis, no episódio que Saladino expulsa os malditos orcs a pauladas.

Atualmente é só mais uma capital árabe qualquer.

Geografia[editar]

Damasco está localizada no alto de um planalto com vista para Israel, devido a essa vista, viver em Damasco é como se estivesse eternamente numa sala de cinema de filme do Rambo.

Economia[editar]

Damasco se destaca pelo comércio artesanal de alta qualidade (aka, lembrancinhas). Destacam-se os artigos vestuários de seda, couro de camelo e barro, filigranas de ouro de tolo do Paraguai, objetos dos mais variados de prata (latão), e artesanatos de madeira e cobre.

Resumindo, Damasco é como uma grande feira de tranqueiras.

Transportes[editar]

Típico transporte em Damasco.

Internamente, o principal transporte em Damasco é andar a pé. Ao sair da cidade há deserto para todos os lados, então é só alugar um camelo e nunca mais voltar.

Cidade Antiga de Damasco[editar]

A Cidade Antiga de Damasco é uma favela adjacente, considerada o núcleo de pobreza mais antigo do mundo e por isso foi considerada patrimônio mundial pela Unesco. Há uma gigantesca souk (feirão), um grande bairro muçulmano (terroristas), um bairro cristão onde vivem o povo que a inquisição conseguiu converter e uma minúscula e secreta zona judaica e uma civilização de satânicos vivendo nos esgotos.

Destacam-se os seguintes monumentos:

  • Mausoléu de Saladino - Local onde está enterrado Saladino, o Osama Bin Laden da época dos Cruzados.
  • Palácio de Azem - Prédio que é sede do Museu de Artes e Tradições Populares da Síria se e que isso existe.
  • Takiyyeh as-Sulaymaniyyeh - Local de formação de terroristas. Escolheram esse nome escroto para os ocidentais nunca encontrarem essa mesquita secreta.
  • Capela de São Paulo - Capela onde o apóstolo São Paulo deu uma de Ricardão e teve que fugir pela janela com a ajuda de seus discípulos. Hoje é uma capela católica.