Deslistas:Padrões de imagem

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Deslistas.gif

Este artigo é parte do Deslistas, o sumário livre de conteúdo.

Indo viajar.jpg Este artigo é uma piada de computeiro!

Para deixar seu Linux mais rápido, pressione
ALT + PrintScr + B.

Está tendo muitos problemas? Corte o mal pela /root!

Para quem trabalha com imagens, vulgo users de Photoshop e Instagram, uma imagem vale mais do que mil palavras, porém para isso ser possível, é preciso que a imagem seja de ótima qualidade, e pensando nisso que essa lista existe.

Essa lista não é para dizer sobre a qualidade de uma imagem em pixels da Web ou para analisar se uma foto foi tirada com uma câmera tekpix ou com um Nokia tijolão. A lista abaixo mostra os diferentes tipos de formatos de arquivos em que se pode ter de uma imagem num aparelho xing ling, afinal toda a imagem tem que ter o ".png" no final.

Formato Ano Descrição Exemplo
JPEG 1983 Também conhecido como JPG, é o mais antigo padrão de imagem usado no mundo, sendo usado até hoje. Esse formato tão antigo que ele foi feito de modo que a imagem fique mais leve, mas ao mesmo tempo desconfigurando toda ela para chegar no seu objetivo de leveza, porém sem beleza.
Dercynoiva.jpg
PNG 1996 Padrão internacional de imagens, esse formato é o melhor e o mais usado, sendo o único formato que deixa o fundo da imagem transparente, ótima para fazer photoshops de pessoas em Paris. O formato também é usado na arte da tela verde onde se recorta o ator para coloca-lo aonde quiser.
PikachuCagado.png
GIF 1987 Formato para imagem animada. Esse formato é o típico usado no Whatsapp ou no Twitter, é nada mais nada menos do que animações simples de no mínimo 2 imagens que fazem uma animação super idiota: Desde homens palitos fazendo alguma merda até uma dança esquizofrênica ou uma gostosa mexendo os peitos. Normalmente os gifs são de péssima qualidade, não têm mais do que 10 tons de cores e ainda pesam pra caralho.
Ice cream dog surprised.gif
PDF 1993 Apesar de hoje ser um PowerPoint, o PDF, criado pela Adobe e servia simplesmente como um mostruário de imagens. Nos anos 90, esse era o único jeito de criar uma sacolinha de imagens para levar a uma apresentação de escola ou transportar várias imagens pra lá e pra cá sem perde-las no meio do caminho. Hoje em dia com o pen-drive e o power point, fazem o pdf perder todo o seu pioneirismo, até porque ele é pesado em computadores da Xuxa e só velhos ainda usam ele.
Montagem Alto Nivel By Paint.jpg
PCX 1985 Pelo nome ninguém deve o conhecer, mas suas imagens são muito parecidas com desenhos de paint (se isso pode se chamar de desenho). O formato funciona com poucas cores, dando para ver os pixels a amostra e a sua falta de qualidade. Era usado para sprites de videogames como o SNES e o Mega Drive, bem como seu uso na web. Com seu peso de pena de urubu, qualquer internet discada conseguiria suporta-lo.
Gravida-de-talbaté-paint.png
SVG 1999 Esse é um formato relativamente novo que usa uma tecnologia que muitas vezes não funciona num computador de pobre. Quando queremos aumentar uma imagem, ela acaba perdendo a qualidade e ficando só um borrão com pixeis, lembrando a visão de um míope, porém o formato SVG ao ser aumentado continua com sua qualidade de antes. Ou seja, todas esses formatos velhos trabalham com pixeis fixos enquanto o SVG trabalha com formas geométricas dando foco nas curvas.
Minhamaegostosa.jpg
PNG domina.