Desnotícias:O que vem de baixo não te atinge, mas o que vem de cima sim

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Capetólio, Brasil

Por isso que se deve usar capacete quando andar de barco.

Não, isso não é nenhum tipo de "frases do Facebook que te deixam com depressão", mas sim uma tragédia que aconteceu nesse sábado (08/01) na cidade de Capitólio, no estado das barragens que rompem. Isso aconteceu cerca de 300km de Belo Horizonte. Mas, você deve estar se perguntando "o que aconteceu", né? Simples. Um deslizamento de pedras no Lago de Furnas, lugar lindo pra se ir e sair sem vida. O deslizamento atingiu quatro embarcações, as quais carregavam 34 pessoas. Dessas 34 pessoas, 10 tiveram suas vidas brutalmente tiradas com uma pedrada no crânio. Imagina, você estar de boas lá, navegando pelo Furnas, até que vê um pedaço de meteoro vindo em sua direção, o que iria fazer? Correr? Não teria como, estava sobre um lago, burro.

O ocorrido foi durante o período do meio-dia, mas não se sabe quais as causas do deslizamento. Provavelmente devia ter uma barragem lá por perto, o paredão só se encarregou de avisar que era hora de se romper, igual em Brumadinho que foi por esse horário aí. Só que agora Minas Gerais evoluiu em suas tragédias e esqueceu essa de romper barragem, já mandou pro saco até uma elefanta que achava que tinha asas. Agora Minas Gerais derrubou muros, ou melhor, paredões, pra mostrar o quão as tragédias lá têm que ter IBOPE. Mandaram até uma equipe de mergulhadores lá pra filmarem em tempo real os corpos debaixo d'água.

O interessante é que já haviam alertado sobre o risco de chuva e blá blá blá, mas quem liga? Bora morrer afogado após ser atingido na cabeça por um asteroide. A marinha só ficou puta mesmo porque não ouviram eles, agora querem tirar satisfações do porquê nego continuou com os passeios. É óbvio: dinheiro, filhão. Mas o importante é que tá tudo bem, só tem umas duas pessoas com a cabeça aberta e com os miolos pra fora, mas tá tudo certo. Até porque, ninguém foi identificado até agora, certamente quem morrer vai ser dado como indigente. Único problema é que a família não vai receber seguro de vida, mas isso não é mais problema do morto.

Ver também[editar]

Fontes[editar]

Compartilhe
essa desnotícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram