Desnotícias:Usuários da Wikipédia tentam assassinar Clodovil

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Wikipédia declara a morte de Clodovil.
Cquote1.png Não sr. Policial, NÃO ME BATE, EU NÃO TÔ COMETENDO NENHUM CRIME!! NADA DE PESQUISAS/INVESTIGAÇÕES POLICIAIS INÉDITAS!!!! Cquote2.png

SÃO PAULO, Brasil -

Após uma mudança no verbete do deputado federal Clodovil Hernandez (PR-SP) no qual a Wikipédia afirmava que a morte do apresentador de TV e estilista ocorrera no domingo, no Distrito Federal, um grupo de usuários da Wikipédia invadiu o Hospital Santa Lúcia e tentou matar Clodovil, disparando sete tiros na cabeça do deputado mais polêmico do Congresso.

Clodovil havia dado... entrada no Hospital Santa Lúcia às 8h17 de segunda-feira, após ter sofrido um Acidente Vascular Cerebral. À tarde, Clodovil teve uma parada cardiorrespiratória de cerca de cinco minutos por volta das 14h15, mas foi reanimado pela equipe médica. Por volta das 16h30, a Wikipédia declarou Clodovil como morto.

Após serem notificados as 19h08 pelo acessor do deputado, Clóvis Bornay, de que Clodovil ainda estava vivo, os wikipedistas decidiram consertar o erro.

De acordo com os usuários presos pela Polícia Militar de São Paulo, o erro não estava na Wikipédia, que segundo os mesmos é uma fonte de informação confiável e livre, mas sim no fato de que Clodovil ainda não havia morrido. Após ampla discussão, decidiu-se por consenso corrigir o erro matando Clodovil.

Um dos usuários responsáveis por patrulhar o artigo do deputado defendeu a decisão da comunidade ao afirmar:

Cquote1.png A Wikipédia disse que o Clodovil morreu de derrame cerebral. E era para estar lá! Sete tiros na cabeça dele e metade do cerebro derramado! A Wikipédia é uma enciclopédia confiável, livre e que qualquer idiota pode editar, além de ser uma fonte 100% confiável de informações! POR FAVOR DOE ALGUNS TROCADOS PRA GENTE!!!! Cquote2.png
Wikipedista re-afirmando a seriedade da Wikipédia

Ao serem questionados sobre a imoralidade da tentativa de assassinato, os wikipedistas se justificaram:

Cquote1.png Veja bem, a Wikipédia possui uma política bastante clara sobre "Nada de pesquisa inédita", no entanto não existe nenhuma politica sobre "Nada de fazer você mesmo com que algo aconteça" nem "Nada de assassinar indivíduos para conseguir fazer algumas edições".

O que fizemos foi perfeitamente legal! Inclusive temos políticas que nos garantem este direito: "Seja audaz" e "Não proferir ameaças legais" (não podemos ser processados).

Como a biografia do Clodovil não seguia nossa política de "Biografias de pessoas vivas", resolvemos matar ele.
Administrador da Wikipédia sobre justificando a tentativa de assassinato

Por fim, um dos wikipedistas que se auto-proclamou o especialista jurídico do grupo por ter editado mais de 5000 artigos sobre direito penal na Wikipédia enviou o seguinte pedido protocolado as instâncias jurídicas:

Cquote1.png Esta prisão, artigo ou secção não cita as suas fontes ou referências[carece de fontes]. Ajude a nos tirar da cadeia contestando as várias testemunhas e outras fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto ou em notas de rodapé. Cquote2.png
Wikipedista "especialista jurídico" sobre a prisão em flagrante dos meliantes

Segundo os responsáveis pelo atendimento médico do deputado, o risco do deputado morrer era nulo, mas o risco de converter-se em purpurina era de 839,72%, o que acabou ocorrendo na última terça-feira, 17 de março.

Aparentemente a data de falecimento que constou no verbete de Clodovil estava fora dos padrões da Wikipédia, utilizando barras para separar o dia, o mês e o ano, o que resultou em uma nova discussão e na morte de outros três editores.


Fontes[editar]