Dublagem

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Burro falante dublando uma cena de lacração ou mitagem.

Dublagem serve para auxílio em qualquer atividade capenga, mas acabou sendo usado esse termo apenas para definir dublagem de vozes, mesmo que tenham que imitar galinhas cacarejando, os dubladores que se virem. Dublagem em suma, serve para crianças que ainda não aprenderam a ler e também, para pessoas que tem preguiça mental demais para aprender a ler rapidamente sem perder a cena, bem como quem não conheça o idioma original, ainda que o idioma Inglês já esteja sendo conhecido até pela maior parte dos lesados aqui, ninguém poderia saber por exemplo, um filme em japonês, embora alguns otakus consigam algumas proezas nesse sentido, mas poucos, assim mesmo nada que garanta, dessa forma as letrinhas abaixo se fazem necessárias, mas ainda assim, há pessoas que reclamam das legendas e querem se tornar poliglotas as dublagens.

Os dubladores[editar]

Essas dublagens nem foram de início, pensando nas crianças ranhentas, mas sim nas crianças catarrentas pois não haviam ainda muitos filmes infantis e desenhos animados, então foi feito para os adultos em filmes de terror com pegada pornô, programas e documentários, para quem além da preguiça de aprender outras línguas, nem queria saber de aprender a ler rapidamente o próprio idioma. Depois vieram

Porquinho dublando o fungar de um açougueiro com rinite.

os desenhos infantis e, os pais viram que era uma mão na roda colocar pirralhos em frente a tevê e não terem mais muito trabalho nem se preocupar que saíssem pra rua depois da escola, anunciantes por sua vez, notaram que o público infantil era o que melhor e mais dava retorno financeiro e podiam anunciar suas porcarias, os pais sempre compravam alguma merda, dos mais pobres aos abastados.

Quando os desenhos começaram a ser dublados, notaram que, diferente dos filmes, em que era melhor escutar a voz real dos atores, nos desenhos, se podia fazer melhor do que o original, já que muitas vezes pra economizar com dublagem eles colocavam um desgraçado pra fazer a voz de toda a bicharada, assim foi que surgiram Mel Blancs para dublar porcos, patos, coelhos, minhocas, formigas... se ele não sabia como era a voz das formigas, que se virasse.

Na versão brazuca, dá impressão que economizam com dubladores, porque não colocam um, no mesmo desenho pra fazer a voz de 10 bichos diferentes, mas é que o salario de um dublador japa ou norte-americaneba, pode dar pra cerca de 10 dubladores brasileiros, assim, ninguém tem que se preocupar em fazer a voz de uma águia e em seguida de uma gazela dando cria, sabendo-se que se precisarem falar ao mesmo tempo, provavelmente os gringos que economizam com dubladores devem colocar uma gravação do mesmo garganta dourada que faz um e outro e às vezes muuuuitos outros animais,

Casal de sapos dublando o som de uma trepada de humanos.

árvorese até fumaça falante, lembrando que fumaça não tosse com ela mesma, só ataca as vias respiratórias de quem a inala e só arde nos olhos de quem ela pega, mas mesmo nos desenhos e animações, a fumaça tendo boca e olhos, ela não se afoga com ela mesmo, melhor pro garganta santa que irá dublar pois não terá que falar com voz de nuvem de fumaça (como será uma voz dessas?), e tossir ao mesmo tempo.

Filmografia dubladamente fodida[editar]

Desenhos, ainda pode se perder, mas nem tanto, beleza que você queira escutar as vozes japas por exemplo, falando os nomes com a sonoridade certa, bem como todos os apetrechos e cultura japa sem nenhum tropeço que ocidentais da equipe de dublagem, queiram inventar pra deixar mais acessível ao público do país, mas há coisas que adaptam que nem as criancinhas que nem aprenderam a ler são tão burras quanto os dubladores pensam, como por exemplo adaptar a História do México pra História do Brasil em Chaves, pirralho nenhum confundiria, mas por hora estávamos falando dos desenhos e demais animações. Pro desenho não ficar muito desanimado, se

camaleão emprestando o som de sua linguada pra um humano usando o laço.

coloquem dubladores bons e a maioria deles o é, salvo algumas vozes assustadoras, mesmo nem sendo filme de terror, mas quando muito uma bonequinha conversando com um pintinho. Algumas vozes ficam assustadoras porque, o dublador foi ficando velho e tenta fazer voz de criança tendo meio século de vida, então nem todos conseguem tão bem a proeza e fica parecendo uma trombada de Bruxa de Blair com Little Ponny.

Depois de tantos animais dubladores mostrando sua habilidade, Mel Blanc sendo dublado pelo Bugs Bunny Pernalonga ao morder a cenoura.

Nos filmes é MUITO difícil que seja melhor a dublagem do que as vozes dos atores e atrizes mesmo, por isso tentam pegar pessoas de voz linda e os dubladores tentam deixar a voz ainda mais linda, mas nada disso adianta, melhor nos filme é escutar a voz dos atores e atrizes gringos mesmo, ler as legendas se tu ainda não domina o idioma, mas como muitos brasileiros tem preguiça até de piscar pra ler depois olhar as cenas, muitos preferem as dublagens. Certo que há atores que falam igual a dublador de futebol, mas em geral, dá pra ler, na pior das hipótese voltar ao ponto de ônibus, isso é possível em quase todas as situações, se não for, assim mesmo se pode entender por dedução, mas na dúvida veja as duas versões dublada e legendada. Já se for ceguinho e mudo, melhor esperar que a medicina resolva porque é desgraça demais pra se resolver só com método Braile.

Ver também, se quiser[editar]