Gata que o Professor Girafales deu para a Dona Florinda para ela comer os ratos do restaurante

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Gatoegipcio.JPG MIAU, MIAU, MIAU, WARRY ME SAUL...

Este artigo tem gato dando o que falar. Se você tem alergia a gatos, não leia este artigo!

Não beijem gatinhos!

Cquote1.svg Já comi! No céu dos gatos... Cquote2.svg
Gato do Quico sobre Gata que o Professor Girafales deu para a Dona Florinda para ela comer os ratos do restaurante
Cquote1.svg Ah, hoje vamos ter de novo ensopado de lebre? Cquote2.svg
Chaves sobre Gata que o Professor Girafales deu para a Dona Florinda para ela comer os ratos do restaurante.

A Gata que o Professor Girafales deu para a Dona Florinda para ela comer os ratos do restaurante, como o nome já diz, é a gata que o Professor Girafales deu para a Dona Florinda para ela comer os ratos do restaurante. Ela teve o privilégio de aparecer em dois episódios, ao contrário de muitos animais como o gato do Quico, que apareceram em menos de um episódio.

Um pouco mais[editar]

Gata que o Professor Girafales deu para a Dona Florinda para ela comer os ratos do restaurante em sua última aparição.

Não há muitas informações sobre a vida deste pobre bichano antes da fama, fontes dizem que, por ser preta, ela era de uma bruxa, mas eu acho que isso era pelo simples fato dela ser preta. o que se sabe é que ela foi encontrada pela mangueira de bombeiro obs, digo, Professor Girafales, que, possui um grande afeto por bichanos, visto que alguns anos antes, ele deu um animal da mesma raça para o bochechudo de nome Quico, de presente de aniversário. No entanto, diferente do massacote, que foi encontrado vagando pelas ruas em busca de um lar, a gata já estava em um abrigo para animais, o que foi percebido logo após ela ser adotada pela velha burrona. Ao invés de caçar os ratos que estavam procurando alojamento no Restaurante da Dona Florinda, ela passava o dia inteiro dormindo dentro da estufa. Manhosa, arisca e inconveniente (descrição da gata feita pela própria Dona Florinda), ninguém sabia que era fêmea, nem mesmo o girafão comprido. Eles só foram descobrir que a gata era fêmea após ela desaparecer, e, quando foi procurada, estava no momento do coito, de maneira passiva, mesmo que primeiramente acharam que era um gato homossexual

O final trágico[editar]

Após o fim da infestação de ratos no restaurante, a gata definiu sua vida em apenas sair para acasalamento, dormir na estufa e roubar comida do restaurante. Era assim, até a mesma engravidar de um gato que ela não fazia ideia qual era. Após isso, teve quatro homenzinhos (não são machos, são bem medrosos que ficam tremendo), mas após isso, ela começou a se sentir mal, e faleceu. Uma história bem parecida com outra que já vimos anteriormente. Infelizmente, não sabemos de porra nenhuma do que aconteceu com os seus filhotinhos, que, embora tenham sido alimentados por Chaves e Chiquinha (ou pelo menos tentaram), nunca mais apareceram de novo.