Kawaikereba Hentai demo Suki ni Natte Kuremasu ka?

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Kawaikereba Hentai demo Suki ni Natte Kuremasu ka?
コードギアス
Kawaikereba Hentai.jpg
Capa do hentai. Quem dera o anime chegasse a tanto
Gênero Coito interrompido
Mangá
Autor Tomo Banana
Divulgação Fujoshi & Shotas
Onde sai Monthly Dragon Age
Primeira publicação 9 de novembro de 2017
N° de volumes 3
Anime
Dirigido por Itsuki Babaka
Estúdio Sex Toys
Onde passa AttWhore, Tokyo XXX
Primeira exibição 2019
N° de episódios 12
Filmes -
OVAs -

Kawaikereba Hentai demo Suki ni Natte Kuremasu ka?, que traduzindo fica Você Está Disposto a se Apaixonar por uma Pervertida Assassina Psicótica Mentalmente Instável, desde que ela Seja uma Gracinha? é um anime de comédia romântica e ecchi (leve demais e que pessoalmente chega a dar raiva) que foca seu enredo na possibilidade de um grande surubão entre raças envolvendo humanos, cachorros, anões narcisistas, uma cheiradora de pó profissional, uma irmã que não é irmã e um protagonista conservador que possui em seu coração valores tradicionais da família e dos bons costumes que mais parece um padre com medo de ir pro inferno.

O nome do anime é capcioso, meteram um "hentai" ali no meio só pra chamar atenção mesmo, você não verá nenhuma cena de sexo entre nenhuma garotinha fofa e seu cachorro, ninguém é estuprado por tentáculos também, então é recomendável assistir o anime já com essa informação em mente para não haver decepções. Por isso não se deixe enganar se quer putaria, Kiss×sis está aí para aqueles que se acham puros demais pra ver hentai.

Enredo[editar]

Descobrir a dona de uma calcinha nada sensual, é a trama desse anime.

A história de Kawaikereba Hentai demo Suki ni Natte Kuremasu ka? gira em torno de Keiki Kiryū, um estudante comum do Ensino Médio, burro igual uma porta, que vive com a irmã e que por algum motivo inexplicável mais parece que os dois são casados do que outra coisa, ou que no mínimo fim de semana rola um sexo entre os dois para passar o tempo - o que claro, é só aparência, que nunca acontece porque o protagonista é um virjão tapado.

Keiki encontra uma carta de amor anônima endereçada a ele, mas como ele possui uma auto-estima muito elevada ele faz o mais sensato e ignora o que evidentemente é um baita de um catfish, mas o que torna as coisas ainda mais bizarras é que, junto à carta, está uma calcinha. Nesse momento qualquer idiota imaginaria que o remetente que deixa sua própria roupa íntima numa carta anônima não passa de alguém com problema mental que deve no mínimo ser ignorado por segurança própria, mas Keiki segue o dia agindo como se fosse a coisa mais normal do mundo, porque, claro que virgem não gostaria de receber uma calcinha anônima.

Intrigado, Keiki começa então um processo de investigar de quem poderia ser a calcinha de sua "Cinderela ", e logo Keiki descobre que toda garota que ele suspeita é uma safada descontrolada ninfomaníaca sedenta por sexo e desesperadamente interessada em fazê-lo participar de suas fantasias eróticas, e isso eventualmente envolve todas malucas do colégio, o que nos faz crer que ele atrai garotas mentalmente instáveis.

Personagens[editar]

Cena que jamais ocorrerá, de todas putas reunidas pra satisfazer o fetiche que deveria ser o do protagonista: Orgia.
Keiki Kiryū
Um estudante do segundo ano do ensino médio, ajudante de biblioteca porque o vagabundo já tem a irmã como escrava doméstica, então não tem o que fazer em casa, ele é membro do clube de caligrafia ao qual se uniu apenas para passar o tempo e fazer média ao lado da gostosa mais linda da escola, um puta de um arrozeiro pra agir assim, mas como esse é um mundo paralelo de animes ele aind avai descobrir que aquela gostosa se mostra alguém que só queria tomar uns tapas na bunda pra apagar o fogo. Depois de limpar a sala do clube ele encontrou uma carta de amor para ele junto com uma calcinha e agora está tentando rastrear a "Cinderela" que deixou esses itens para ele, fato que ele trata como se fosse uma coisa aparentemente normal, por isso com o tempo quem o acompanha logo percebe que nosso protagonista é um tapado, porque em nenhum momento ele vai desconfiar que tudo aquilo é obra de algum maluco querendo seu corpo nu (o que no final atá é verdade). Mesmo após todas as personagens femininas declararem sua insana vontade de trepar loucamente com Keiki, ele resolve agir como puritano fingindo que isso não é amor de verdade, como se ele realmente ligasse pra isso, o que aliás é mais uma forma de afirmar sua insanidade, como o fato de que sua memória de peixinho dourado o fez esquecer magicamente que sua irmã era adotiva, mesmo eles tendo poucos meses de diferença de idade, e que não haveria problema nenhuma comê-la então.
Sayuki Tokihara
Uma estudante do terceiro ano e presidente do clube de caligrafia, coisa que ninguém liga, pois tudo aquilo é só uma desculpa para realizar fetiches enquanto fica rabiscando em pergaminhos que nem uma desocupada o dia inteiro. Ela é uma masoquista hardcore que deseja ser o "animal de estimação" de Keiki, coisa que na vida real é meio perturbador, mas como é um anime a gente acha fofo, porque né, quem não ia querer uma garota ultra-submissa e peituda andando de quatro atras de você querendo ser fodida o dia inteiro de todas as formas que o dono quiser? Ela usa repetidamente câmeras escondidas para obter material com o qual se masturbara diariamente e depois usa para chantagear o protagonista e obrigá-lo a satisfazer seu fetiche. Keiki, ao invés de avisar as autoridades, age como se fosse a coisa mais normal do mundo, mas quem sou eu pra julgar. Ela conhece o fetiche de Yuika desde a primeira vez que se conheceram, que é uma sádica, e imediatamente se tornaram rivais ferozes, o que não faz sentido porque bastava Yuika vestir um cintaralho e Sayuki rapidamente viraria sua melhor amiga. Ela é chamada "broxa" por Yuika porque é isso que ela faz Keiki ser, pois a invejosa não consegue ter peitos tão apalpáveis quanto Sayuki.
Yuika Koga
A bibliotecária assistente do Keiki cuja única intenção é passar seu tempo imaginando formas de torná-lo de seus escravo sexual. Ela é um quarto de caucasiana, coisa que ninguém no mundo liga mas que no japão é quase como ser um alien, por isso ela tem cabelos loiros e olhos azuis, uma cara de loli que deixa qualquer pedófilo de 40 anos com seu pênis na testa. Aparentemente tímida e impassível, mas geral já sabe que tudo o que ela quer mesmo é pisar no pau duro do nosso querido protagonista. Ela é uma sádica que deseja fazer de Keiki seu escravo, coisa que eu fiquei sabendo por aí que é crime, mas pedofilia também é, então está tudo equilibrado. Ela descobriu o fetiche de Sayuki na primeira vez em que se conheceram e tem lutado para "proteger" Keiki das garras da cadela.
Mao Nanjō
Colega de Keiki e membro dos soldados da friendzone, ela frequentemente sai com ele e Shoma. Mao é secretamente uma fujoshi, que para os desenformados são mulheres que curtem ser voyeur vendo homens se pegando, um metendo no cuzinho do outro, algo complexo demais pra se entender, então recomendamos que nem tente ser otaku demais a esse ponto. Ela passa todo o seu dia fantasiando sobre Keiki e Shoma em situações homo afetivas, que ela escreve e ilustra em uma série publicada, que mesmo sendo conhecida por deus e o mundo ela age como se não fosse nada. Ela implora que Keiki se torne um casal de verdade com Shoma para ajudar a alimentar suas fantasias e ajudá-la em seu trabalho artístico, só que ambos se fingem de heterossexuais e negam o pedido, o que a deixa louca, principalmente quando Keiki diz que vai tentar pegar mulheres, algo que vai ferrar seus esquemas, mas na real todos sabem que ela é só mais uma que está é desesperada em dar pro Keiki, só que vestida de homem e dando apenas o cu.
Mizuha Kiryū
Meia Irmã mais nova de Keiki. Ela é muito próxima de seu irmão e frequentemente "flerta" com ele de forma a fazer qualquer imbecil com um neurônio na cabeça perceber que ela quer mesmo é dar pra ele, mesmo assim nosso protagonista dá uma de nunca nem vi e finge que não sabe de nada, mesmo ela se esgueirando na cama do meio-irmão com a esperança de finalmente acordá-lo como uma boa siscon. É revelado que ela é a tal "Cinderela" que deixou a tal calcinha, admitindo que está a fim dele quase a vida toda e como foi adotada após a morte de seus pais, não havendo relação de sangue (coisa que geral sabia mas só o tapado do protagonista se forçou a esquecer) acredita que não há problema engravidar dele. Ela também tem uma tendência exibicionista e frequentemente se despe no quarto de Keiki, coisa que a gente sabe que deixou ele louco pra fingir que está dormindo de noite.
Ayano Fujimoto
Uma estudante do segundo ano e vice-presidente do conselho estudantil, o que significa exatamente nada porque nesse anime pouco importa sua hierarquia na escola, são todos pervertidos. Ela sofre de olfactofilia, o que a torna uma cheiradora de pó profissional, embora cheire mesmo é queijinho de rola pelo vestuário do garoto, ficou especialmente atraída pelo cheiro de Keiki e frequentemente pede roupas íntimas dele, coisa que não o parece preocupá-lo.
Shiho Takasaki
Ela gosta de jogar videogame, é portanto a nerd. Quando o clube de Caligrafia utilizou mal o financiamento do clube, ela usou seu poder para tornar Keiki um membro temporário do conselho estudantil como uma das condições para perdoar a dívida do clube. Ela expressou interesse em Keiki específico devido à sua popularidade entre as meninas, pois ela tem um forte fetiche netorare e fica animada por ver o amor de sua vida sendo roubado (ou furtado no caso de Keiki). Ou seja, é uma corna mansa, e ter um namorado desejado por tantas vadias é um sonho de uma corna.
Shōma Akiyama
O melhor amigo de Keiki. Embora popular, ele é um pedófilo confirmado, coisa que provavelmente no futuro o levará para a cadeia por uns bons anos. Ele vive de ouvir os problemas de Keiki, sentindo inveja por não ter lolis loucas o seguindo, por isso como não tem nenhuma vadia louca para lidar, acaba ajudando o amigo a descobrir quem pode ser a "Cinderela" da calcinha.
Koharu Ōtori
É a única louca do anime que de verdade não está querendo despir nosso protagonista, porém ela realmente é louca, mas Keiki ao invés de chamar o japonês da federal opta por fazer amizade com ela. Ela não quer saber de Keiki diretamente porque seu fetiche secreto é o voyeurismo. Como ela é extremamente pequena, parecendo uma criança pequena (o que dá uma cadeia), ela está apaixonada pelo amigo lolicon de Keiki, Shoma, mas se preocupa que, apesar de sua aparência de "loli", ele ainda se recuse a namorar com ela por ser mais velha que ele... Já vi muita besteira na vida, mas nunca ouvi na vida uma besteria tão grande dessas antes. Assim, ela usa fotos tiradas secretamente para tentar chantagear Keiki para ajudá-la em conquistar Shoma, coisa que funciona no primeiro momento, mas depois se torna desnecessário porque eles formam uma linda e estranha amizade.