Korok

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Eu vi gnomos... Cquote2.png
Sigeru Myamoto bem louco criando os Koroks

Parece ou não parece um Pokémão?

Koroks são plantinhas de maconha que aparecem em algum dos mais de 8 mil jogos da série The Legend of Zelda. Na verdade, todos sabem que toda a aventura da saga se passa dentro na cabeça do jovem Link bem louco de maconha, e os Koroks são o resultado de toda essa erva queimada ouvindo um bom reggae. Você pode comprar um Korok em qualquer favela do bananal por apenas 10 reais e o negócio vai fazer a sua mente durante a semana toda. É fumar um e pensar que é um elfo canhoto tentando salvar uma princesa a cada video-game novo que a Nintendo lança. Estudos dizem que são uma evolução dos Kokiri, o que não posso dar ceteza afinal eu nunca fumei o Link. Já um Korok...

Vida das ervinhas[editar]

Por muito tempo, os Koroks foram confundidos com pokemons, o que levou a muitas pancadas de pokébolas que fizeram nascer galhos em seus pequenos corpos, demonstrando o sofrimento que as criaturas mágicas passam nas terras de Hyrule. Na verdade, além de darem um bom baseado, os Koroks também servem para serem fervidos com água e assim fazer um delicioso chá, um chá leve daqueles que lhe fazem ver o Batman com um Lightsaber montado em cima de um castor gigante combatendo nazistas com super poderes, perfeito para tomar numa segunda antes de ir para o trabalho. Na primeira vez que o Link provou um chá de Korok, ele passou o incício inteiro de Ocarina of Time falando com uma árvore gigante e achando que virou adulto.

Trabalho[editar]

Os Koroks tem, como objetivo principal, viajar pelas ilhas do mundo inundado em que vivem espalhando sementes da Árvore Deku (sim esse é o nome, não estamos mandando você ir praticar o ato de fornecer aquela coisa pro motumbo) para que o mundo possa voltar a ser verde e feliz. Ou seja, querem transformar Hyrule numa Colômbia habitada por Telletubies.

Os Koroks não são apenas apreciados por Link e sua turma, na verdade todos os personagens da Nintendo são conhecidos por serem adictos a algum tipo de entorpecente ilícito, como o Mario (aquele que... deixa) é viciado em cogumelos alucinógenos e o Kirby que ja é uma droga por si só.

Mesmo não tendo pelos, os Koroks são também admirados e adorados por muitos furyes (gordos virgens que se masturbam para animais de mentirinha) que infestam a internet, mas nunca vão deixar mesmo é de ser a melhor maconha do mundo virtual.